Mattilha: confira participação no Pegadas de Andreas Kisser

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Batalha, Fonte: ASE Music, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A Mattilha esteve no último domingo (30/10) no programa "Pegadas de Andreas Kisser", na 89 FM, onde Gabriel Martins (vocal), Victor Guilherme (guitarra), Andrews "Andy" Einech (baixo) e Ian Bueno (bateria) concederam uma entrevista. No papo com Andreas e Yohan Kisser, o grupo falou do recente single, "Depois das 3 (Rua Augusta)", da participação de Luiz Carlini na versão acústica de "Sem hora marcada", que conta com mais de 1 milhão e setecentos mil plays no Spotify. Além disso, a banda adiantou os planos para o lançamento do novo EP em mais uma edição de seu festival, "Canil Fest".

Luis Mariutti: Andreas Kisser e convidados em clássicos do metal com violõesSuzi Quatro: a importância da linda baixista para o rock

Site:
www.mattilha.com.br



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Mattilha"Todas as matérias sobre "Andreas Kisser"


Luis Mariutti: Andreas Kisser e convidados em clássicos do metal com violões

Sepultura: novo álbum Quadra é conceitual e Andreas Kisser explica ideiaSepultura
Novo álbum Quadra é conceitual e Andreas Kisser explica ideia

Andreas: Sem o Slayer, o Sepultura não teria sido possívelAndreas
"Sem o Slayer, o Sepultura não teria sido possível"

Max sobre reunião: Falei pro Andreas 'vamos fazer esta porra, cara'Max sobre reunião
"Falei pro Andreas 'vamos fazer esta porra, cara'"


Suzi Quatro: a importância da linda baixista para o rockSuzi Quatro
A importância da linda baixista para o rock

Emos: 23 músicas que já estiveram na sua playlistEmos
23 músicas que já estiveram na sua playlist


Sobre Ricardo Batalha

Ricardo Batalha, formado em Direito pela FMU, é um dos diretores da empresa ASE Press, integra o conselho editorial do Jornal Momento Notícias e vem trabalhando de forma fixa na Revista Roadie Crew desde 1996. Começou editando os fanzines Deathcore e Silent Rage e se tornou uma biblioteca do Metal brasileiro, colaborando para diversos veículos de mídia ligados ao Heavy/Rock desde os anos 1980. Suas bandas preferidas são Black Sabbath, Judas Priest e Accept, mas nunca escondeu a predileção pelo Hard Rock dos anos 80, especialmente o Ratt.

Mais matérias de Ricardo Batalha no Whiplash.Net.