Matérias Mais Lidas

Guns N' Roses: Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagemGuns N' Roses
Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagem

Van Halen: a diferença entre David Lee Roth e Sammy Hagar, segundo Alex Van HalenVan Halen
A diferença entre David Lee Roth e Sammy Hagar, segundo Alex Van Halen

AC/DC: por que Bon Scott não era só um bêbado lunático, segundo ex-baixistaAC/DC
Por que Bon Scott não era só um "bêbado lunático", segundo ex-baixista

Nirvana: músico canadense muito parecido com Kurt Cobain faz sucesso no TikTokNirvana
Músico canadense muito parecido com Kurt Cobain faz sucesso no TikTok

Black Sabbath: avó de Iommi era brasileira e pais eram católicosBlack Sabbath
Avó de Iommi era brasileira e pais eram católicos

Smith/Kotzen: primeiro álbum da dupla será lançado em março; confira capa e tracklistSmith/Kotzen
Primeiro álbum da dupla será lançado em março; confira capa e tracklist

Mamonas Assassinas: a história por trás do enigmático CreuzebekMamonas Assassinas
A história por trás do enigmático "Creuzebek"

Iced Earth: Schaffer será extraditado para Washington; não há decisão sobre fiançaIced Earth
Schaffer será extraditado para Washington; não há decisão sobre fiança

Robert Fripp: veja cover de Welcome to the Jungle com esposa segurando halteresRobert Fripp
Veja cover de "Welcome to the Jungle" com esposa segurando halteres

Megadeth: quando a MTV ferrou a banda ao rejeitar clipe de A Tout Le MondeMegadeth
Quando a MTV ferrou a banda ao rejeitar clipe de "A Tout Le Monde"

Slayer: Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperavaSlayer
Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperava

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Metallica: todas as faixas do polêmico Load, da pior para a melhorMetallica
Todas as faixas do polêmico "Load", da pior para a melhor

Guns N' Roses: por que Bumblefoot errou Welcome to the Jungle no Rock in Rio 2011Guns N' Roses
Por que Bumblefoot errou "Welcome to the Jungle" no Rock in Rio 2011

Dream Theater: bateria do próximo álbum já está gravada, segundo Mike ManginiDream Theater
Bateria do próximo álbum já está gravada, segundo Mike Mangini


Matérias Recomendadas

Morbid Angel: banda satânica, eu jamais voltaria, diz SandovalMorbid Angel
"banda satânica, eu jamais voltaria", diz Sandoval

Mustaine: Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!Mustaine
"Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"

Vocalistas: Os 10 melhores da história do rockVocalistas
Os 10 melhores da história do rock

Guitarpedia: Os 10 riffs de guitarra mais complicados da históriaGuitarpedia
Os 10 riffs de guitarra mais complicados da história

Joey Ramone: em 1989 falando de Metallica, AC/DC e Guns N' RosesJoey Ramone
Em 1989 falando de Metallica, AC/DC e Guns N' Roses

Tunecore
Malvada

Rush: Geddy Lee escolhe os 10 melhores álbuns da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Classic Rock / Louder
Enviar Correções  

O vocalista e baixista Geddy Lee, do Rush, escolheu os 10 álbuns mais importantes da banda, na avaliação dele, em entrevista à Classic Rock. Cada disco foi comentado pelo músico, que tentou abranger todas as fases do grupo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Veja, abaixo, os 10 álbuns escolhidos, com um trecho do comentário sobre cada um deles.

"Rush" (1974)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Geddy Lee: "Éramos nós tentando encontrar um som, pensando que queríamos ser uma banda de hard rock e emular as bandas que achávamos legais. Ouço Led Zeppelin ali, um pouco de Humble Pie. John Rutsey (baterista) era muito como Simon Kirke (Free, Bad Company), segurando a batida traseira e mandando ver."

"Fly By Night" (1975):

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Geddy Lee: "Tínhamos uma música feita antes de (Peart, baterista) entrar - 'Anthem'. Era mais aventureira, em um tempo estranho. Foi o que convenceu John que, talvez, não seria para ele. Por isso, foi um ponto de mudança. Não era ideia de Neil escrever as letras. Éramos sempre Alex (Lifeson, guitarrista) e eu o incentivando a tentar, porque não queríamos fazer isso, mas funcionou bem."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"2112" (1976)

Geddy Lee: "Nosso terceiro disco, 'Caress Of Steel' (1975), não se conectou às pessoas. Foi muito experimental. [...] A última coisa que esperávamos é que '2112' teria boa recepção, pois a faixa título também era longa, mas havia algo no som de '2112' que era mais definitivo e nos consolidava."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A Farewell To Kings" (1977)

Geddy Lee: "Foi um sonho gravar na Grã-Bretanha. Muitas músicas que nos influenciaram são do blues rock e prog rock britânico. [...] Foi uma grande aventura."

"Permanent Waves" (1980)

Geddy Lee: "Estávamos no sentindo muito 'formuláticos' em 'Hemispheres' e isso nos assustou. [...] Com 'Permanent Waves', queríamos mais imediatismo na música, um nível diferente de energia. Tínhamos faixas longas, como 'Natural Science', que é uma das minhas favoritas de toda a nossa história, mas o álbum é sobre condensar nossa música e evoluir como compositores."

"Moving Pictures" (1981)

Geddy Lee: "Um disco grande para nós. Nosso nível de sucesso não era nada parecido com o de antes, mas tivemos muitos 'momentos' com esse álbum, pois foi complicado de concluir. Duas músicas vieram rapidamente: 'Limelight' e 'Red Barchetta'. 'Tom Sawyer' foi o oposto. Os solos foram complicados, assim como balancear o encerramento, mas depois de tanto sofrer, conseguimos mandar bem e ficou muito poderosa."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Power Windows" (1985)

Geddy Lee: "Tivemos a era dos teclados nos anos 80, de 1982 a 1987. Acho que 'Power Windows' foi o melhor desse período. Adoro a qualidade do som, mas foi frustrante para Alex. E eu não sabia disso até o álbum ter sido concluído. [...] Ele não pirou, não é o estilo dele, pois é um cara de equipe. Ele só expressou frustração quando acabamos de gravar."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Roll The Bones" (1991)

"Havia boas músicas em 'Presto' (1989), como 'The Pass', mas a composição estava mais forte em 'Roll The Bones'. É um disco mais orientado pelas guitarras. Recuamos um pouco com os teclados. Ainda estão ali, mas não tanto como os anteriores."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Vapor Trails" (2002)

Geddy Lee: "O mais difícil que já fizemos. Nunca achei que voltaríamos para gravar outro álbum. Foi difícil, muito emotivo. Tivemos que redescobrir como trabalhar juntos e considerar a situação de Neil (nota do editor: o baterista perdeu a filha em um acidente de carro e a esposa, vítima de câncer, tendo pedido uma pausa para viajar 88 mil km de moto e refletir sobre a vida). Sua confiança tinha de voltar lentamente. Tivemos que dar espaço para ele, mas, ao mesmo tempo, encorajá-lo. O processo de composição foi muito inseguro e as letras de Neil eram muito sensíveis. 'Ghost Rider' e a faixa título são muito pessoais para ele."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Clockwork Angels" (2012)

Geddy Lee: "Nunca pensamos que seria nosso último álbum. Só estávamos empolgados por fazer um disco conceitual novamente. Porém, com cuidado para não ficar prog demais. Queríamos soar modernos, diversos, cheios de melodias fortes, mas ainda bem roqueiro. A história de Neil para 'Clockwork Angels' é incrível. [...] Não queríamos, porém, que a música fosse escrava da história. Queríamos conexão entre elas, mas cada música tendo vida fora do conceito. Foi o mais difícil, mas conseguimos, pois é um de nossos melhores trabalhos."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Dead Daisies
Stamp
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Neil Peart: o emocionante momento em que ele revelou câncer aos colegas de RushNeil Peart
O emocionante momento em que ele revelou câncer aos colegas de Rush

Neil Peart: Ele era um cara durão, inabalável, e aceitou seu destino, diz Geddy LeeNeil Peart
"Ele era um cara durão, inabalável, e aceitou seu destino", diz Geddy Lee

Rush: de voluntariado à discrição, como foram os últimos anos de Neil PeartRush
De voluntariado à discrição, como foram os últimos anos de Neil Peart

Kiss: a discreta homenagem de Eric Singer a Neil Peart na livestream de DubaiKiss
A discreta homenagem de Eric Singer a Neil Peart na livestream de Dubai

RIP: Relembre cinco grandes nomes do rock e metal que partiram em 2020RIP
Relembre cinco grandes nomes do rock e metal que partiram em 2020

Rush: bateria lendária de Neil Peart é vendida por fortuna astronômicaRush
Bateria lendária de Neil Peart é vendida por fortuna astronômica

Geddy Lee: Meus 10 baixistas favoritosGeddy Lee
"Meus 10 baixistas favoritos"

Lista: 10 discos ao vivo dos anos 1970 pra matar seu vizinho que ouve pop sertanejoLista
10 discos ao vivo dos anos 1970 pra matar seu vizinho que ouve pop sertanejo

Bateria: Neil Peart derrota John Bonham em lista dos melhores de todos os temposBateria
Neil Peart derrota John Bonham em lista dos melhores de todos os tempos

Rush: Ouça o baixo isolado de Geddy Lee no clássico Tom SawyerRush
Ouça o baixo isolado de Geddy Lee no clássico "Tom Sawyer"


Faixas Instrumentais: VH1 elege as 20 melhores do Hard e MetalFaixas Instrumentais
VH1 elege as 20 melhores do Hard e Metal

Rush: A banda em 20 músicas definitivas segundo o site uDiscover MusicRush
A banda em 20 músicas definitivas segundo o site uDiscover Music


Rolling Stone: os 100 melhores álbuns dos anos 90Rolling Stone
Os 100 melhores álbuns dos anos 90

Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.