Alexandre de Orio: guitarrista apresenta peça erudita contemporânea com a OSESP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Batalha, Fonte: ASE Music, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Conhecido por sua estrada no heavy metal ao lado do Claustrofobia, onde esteve por quase 20 anos, Alexandre de Orio, que também integra o Quarteto De Guitarras Kroma e o projeto solo de Sérgio Britto (Titãs), apresentará uma erudita contemporânea ao lado do conceituado Djalma Lima e da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. A peça, intitulada "Ó", é baseada no livro de Nuno Ramos e encomendada pela OSESP. A obra, do compositor Felipe Lara, que vem se destacando no cenário internacional de música contemporânea, será regida pelo inglês Neil Thomson, maestro e que atualmente é o diretor artístico da Filarmônica de Goiânia. Os concertos ocorrem nos dias 13 e 14 de setembro na Sala São Paulo. Haverá ainda um ensaio geral aberto ao público na quinta-feira (12), das 10:00 às 13h.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bacharel em guitarra pela FAAM (Faculdade de Artes Alcântara Machado, do grupo FMU) e pós-graduado em "Estruturação e Linguagem Musical" pela Faculdade de Música Carlos Gomes e "Docência Superior em Música" pela FAAM, ele encara o convite de Djalma Lima como um desafio e a realização de um sonho. "Recebi uma mensagem do Djalma Lima, um dos grandes guitarristas brasileiros, me convidando para estrear com ele uma peça erudita contemporânea junto com a OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) na Sala São Paulo. A ficha não caiu na hora, mas aceitei de imediato", disse. "Depois veio uma sensação de medo porque é uma baita encrenca e grande responsabilidade, ao mesmo tempo em êxtase, que de certa forma é realização de um sonho. Adoro desafios e esse é um dos grandes. Será incrível!", acrescentou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Professor do curso de pós-graduação "Rock: Teoria, História e Prática" na Faculdade Santa Marcelina e atualmente lecionando na Play Music School e na School of Rock (Unidades Anália Franco e Brooklin/Campo Belo), De Orio é o idealizador do projeto Metal Brasileiro e autor do livro "Metal Brasileiro: Ritmos Brasileiros Aplicados na Guitarra Metal - Novos Caminhos para Riffs de Guitarra - Volume 1 – Samba Metal", no qual explica, de forma mais científica, a fusão do heavy metal com ritmos brasileiros. Além disso, foi professor na Yamaha Music School, primeira escola da Yamaha no Brasil, onde foi responsável pelo curso de cordas.

publicidade

Serviço - Osesp 60: Thomson e Coro:
Local: Sala São Paulo
Endereço: Praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos, São Paulo/SP
Iformações e ingressos em
http://www.salasaopaulo.art.br/concertoseingressos/programacao.aspx

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Seguidores do Demônio: as 10 bandas mais perigosas do mundoSeguidores do Demônio
As 10 bandas mais perigosas do mundo

Sepultura: Gloria Cavalera xinga e rebate Derrick Green após entrevistaSepultura
Gloria Cavalera xinga e rebate Derrick Green após entrevista


Sobre Ricardo Batalha

RICARDO BATALHA tem uma trajetória que se confunde com a própria história do heavy metal no Brasil. Trabalha na revista Roadie Crew desde 1996 e é um dos diretores da ASE Press/Music. Além do trabalho de consultoria e assessoria, vem colaborando para diversos veículos de mídia ligados ao heavy/rock desde os anos 1980. Também é apresentador do programa RMH e redator na Panorama Audiovisual Brasil.

Mais matérias de Ricardo Batalha no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 WhiFin Cli336