Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemIggor Cavalera manda ver em "Dead Embryonic Cells" ao vivo; confira drumcam

imagemDavid Coverdale diz que hit "Is This Love" seria gravada por Tina Turner

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemMichael Anthony diz que "Van Halen III" foi "a coisa mais louca que a banda já fez"

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemNovo álbum do Krisiun será lançado em julho; veja capa e tracklist


Stamp

Bon Jovi: A grande diferença entre eles e o Guns N' Roses, segundo Jon Bon Jovi

Por Igor Miranda
Em 17/10/20

Bon Jovi e Guns N' Roses foram duas das maiores bandas de hard rock da década de 1980, além de estarem entre os poucos nomes daquele período a seguirem fazendo sucesso nos anos 1990. Porém, de acordo com o vocalista Jon Bon Jovi, existe uma diferença notável entre os dois grupos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O assunto foi abordado em entrevista de Jon à "GQ". Ao ser perguntado sobre como se mantém são e com os pés no chão mesmo após ter feito tanto sucesso, o vocalista destacou que nunca deixou suas origens de lado.

"Lembro de quando éramos jovens e o álbum 'Slippery When Wet' (1986) era como nosso 'Thriller' (Michael Jackson) ou nosso 'Like a Virgin' (Madonna). Lembro de dizermos que não mudamos. Só que todos em nosso entorno mudaram. Até nossos pais olhavam para nós em busca de respostas, pois tínhamos nos tornado famosos e era muito estranho", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O vocalista, então, refletiu sobre o cansaço do Bon Jovi após o sucesso do álbum "New Jersey" (1988), que veio após "Slippery When Wet". "O que nos desgastou foram esses álbuns enormes em sequência e fazer turnês de 240 shows. Não culpo os empresários, agentes e advogados que nos mantiveram trabalhando, pois toda grande banda passa por isso. Ou você cai para trás e acaba a banda, ou segue em frente. Tivemos ajuda após 'New Jersey' e levamos alguns anos para notar que aquilo (sucesso) não era nós, aquilo era aquilo", declarou.

Foi aí que Jon Bon Jovi apontou a diferença de sua banda em comparação ao Guns N' Roses. O contraste também foi feito em relação a outros artistas que, na visão dele, são dominados pela fama.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A gente se reagrupou após 'New Jersey'. Fizemos 'Keep the Faith' (1992) e seguimos. O Guns N' Roses levou 25 anos para fazer um novo álbum, certo? Eles caíram no precipício. Nós seguimos adiante", disse.

Jon cita uma situação específica onde percebeu que não conseguiria viver como muitos de seus colegas famosos. "Quando cogitei ter uma casa em Malibu, na Califórnia, logo pensei: 'não dá, isso não é para mim'. Essas pessoas estavam ao meu redor e, hoje, estão mortas, divorciadas, viciadas em drogas ou internadas em instituições mentais, entre outras coisas. Isso não é para mim", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Rockstars: os piores empregos antes da fama

Stryper: É do Bon Jovi a maior canção sobre fé já feita



Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.