Matérias Mais Lidas

James Hetfield: com Di'Anno e sem Dickinson, os 20 maiores vocalistas na opinião deleJames Hetfield
Com Di'Anno e sem Dickinson, os 20 maiores vocalistas na opinião dele

Led Zeppelin: Jimmy Page elege seu melhor solo - e não é Stairway to HeavenLed Zeppelin
Jimmy Page elege seu melhor solo - e não é "Stairway to Heaven"

Dream Theater: 15 músicas perfeitas para mostrar a banda para um inicianteDream Theater
15 músicas perfeitas para mostrar a banda para um iniciante

Iron Maiden: as 43 músicas de seus álbuns que eles nunca tocaram nos showsIron Maiden
As 43 músicas de seus álbuns que eles nunca tocaram nos shows

Slash: Como ele largou os vícios em drogas, álcool e cigarro?Slash
Como ele largou os vícios em drogas, álcool e cigarro?

Accept: Udo ainda tem raiva de Wolf Hoffmann por roubar nome da bandaAccept
Udo ainda tem raiva de Wolf Hoffmann por roubar nome da banda

Surpreendentes: do hard ao black metal, covers improváveis que superaram expectativasSurpreendentes
Do hard ao black metal, covers improváveis que superaram expectativas

Ozzy Osbourne: os 20 maiores cantores de todos os tempos, na opinião deleOzzy Osbourne
Os 20 maiores cantores de todos os tempos, na opinião dele

Whitesnake: nas redes, David Coverdale compartilha fotos tiradas em ManausWhitesnake
Nas redes, David Coverdale compartilha fotos tiradas em Manaus

Joey Ramone: há 20 anos, morria uma das maiores lendas da história do rockJoey Ramone
Há 20 anos, morria uma das maiores lendas da história do rock

Greta Van Fleet: o que Liam Gallagher pensa sobre a bandaGreta Van Fleet
O que Liam Gallagher pensa sobre a banda

Eddie Van Halen: por que Wolfgang não quis homenagear o pai com Eruption no GrammyEddie Van Halen
Por que Wolfgang não quis homenagear o pai com "Eruption" no Grammy

Joey Ramone: Netflix está produzindo biografia; Pete Davidson é escolhido para o papelJoey Ramone
Netflix está produzindo biografia; Pete Davidson é escolhido para o papel

Gojira: como a música Amazonia se tornou um tributo ao Sepultura, segundo vocalGojira
Como a música "Amazonia" se tornou um tributo ao Sepultura, segundo vocal

Loudwire: 15 músicas dos anos 1970 que você consegue reconhecer instantaneamenteLoudwire
15 músicas dos anos 1970 que você consegue reconhecer instantaneamente


Stamp

Rush: como Neil Peart se tornou o responsável pelas letras da banda

Por Igor Miranda
Em 02/02/21

Não é comum que um baterista assuma a responsabilidade de criar as letras para as músicas de uma banda. Apesar disso, o saudoso Neil Peart, que nos deixou em 2020, era "o cara" da composição lírica do Rush. Como isso aconteceu?

Em entrevista à Rolling Stone, o vocalista e baixista Geddy Lee contou como essa função caiu nas mãos de Neil Peart. Lee, inclusive, era o autor das letras nos primeiros anos, já que Peart não fazia parte do Rush desde o início - o baterista entrou em 1974, após o lançamento do álbum de estreia, autointitulado, ocupando a vaga de John Rutsey.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"No início, foi um voto de confiança termos aceitado que ele fizesse as letras. Não era a ideia dele. Alex (Lifeson, guitarrista) e eu meio que falamos: 'vamos fazê-lo assumir isso, pois ele lê um monte de livros'", afirmou o músico.

Geddy contou que a primeira letra feita por Neil para o Rush foi "Beneath, Between and Behind", presente no segundo álbum da banda, "Fly By Night" (1975). "E então, quando ele fez 'Anthem', as letras estavam um pouco mais intensas e sobre coisas que não eram bem uma segunda natureza para nosso pensamento - ao menos da forma como era expresso ali. Alex e eu não pensamos em fazer daquele jeito, nem combinamos nada", disse.

A sensação inicial foi de estranheza, já que as letras de Neil Peart eram bem mais sofisticadas que as de Geddy Lee. Eram diferentes, até mesmo, do padrão do rock naquela época, pois adotavam uma abordagem mais culta e elaborada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Conforme o trio se conhecia um pouco melhor, tudo ficava mais natural. "Quando caímos na estrada e pudemos nos conhecer mais, além de trocarmos materiais de leitura, acho que pudemos entender melhor Neil e ele conseguiu nos entender melhor também. Ele sempre nos inspirava a ler algo fora de nossa zona de conforto e isso nos fez criar uma aceitação àquele estilo de letras", declarou Lee.

Apesar disso, as reações iniciais de parte do público às letras de Neil Peart não foram das melhores. "Muitas pessoas adoraram, mas outras se sentiram perturbadas por aquilo, pois não era o Rush no qual eles haviam 'investido' no álbum anterior. Era, definitivamente, uma banda nova", afirmou.

Manuscritos medievais

Brian Hiatt, jornalista que conduziu a entrevista à Rolling Stone, contou a Geddy Lee que Matt Scannell, vocalista do Vertical Horizon que compôs com Neil Peart, revelou a ele que o baterista apresentava suas letras em um estilo manuscrito, quase medieval. Lee confirmou que Peart também mostrava suas composições aos colegas de Rush da mesma forma.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"As letras eram todas escritas à mão e tinham desenhos no topo. Ele adorava desenhos que descreviam a música. Os títulos eram sempre ornamentados. Era como começava. Mesmo que ele precisasse refazer a letra umas quatro ou cinco vezes, elas sempre eram apresentadas da forma devida. Ele quase nunca fazia algo em máquina de escrever ou coisa do tipo", afirmou.

Mesmo na "era dos computadores", Neil Peart caprichava na apresentação de suas letras aos colegas. "Ele conseguiu achar uma maneira de tornar suas apresentações o mais engenhosas possíveis. Era uma grande fonte de orgulho para ele. No início, quando compúnhamos na estrada, ele colocava os nomes das cidades onde estávamos, para servir como um pequeno diário de viagens", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mudanças nos anos 80

A sonoridade do Rush passou por grandes mudanças na década de 1980, ganhando contornos um pouco mais pop, devido ao uso de sintetizadores e outros elementos daqueles tempos. As letras também passaram por essa alteração na proposta, ficando mais "terrenas", conforme descrito por Brian Hiatt.

Geddy Lee pontuou: "As letras focaram mais sobre a condição humana. Você poderia dizer se ele estava falando sobre uma ou outra parte da condição humana, ou até mesmo usando a ficção científica como ferramenta, mas começou a ter um estilo mais aberto e tradicional. Gravitei muito nisso, pois me ajudou como compositor e em termos da direção que eu queria seguir".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários


Rock Decor 2
publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Gabriel Wintter: Clássico do Rush em versão acústica

Aquiles Priester: versão só com baixo e bateria de Everyday Glory, do RushAquiles Priester
Versão só com baixo e bateria de "Everyday Glory", do Rush

Neil Peart: Seus 7 melhores livros, segundo a LoudersoundNeil Peart
Seus 7 melhores livros, segundo a Loudersound

Rush: A História da canção Countdown (vídeo)Rush
A História da canção "Countdown" (vídeo)

Rush: em vídeo, análise faixa a faixa do Moving PicturesRush
Em vídeo, análise faixa a faixa do "Moving Pictures"

Regis Tadeu: os 40 anos de Moving Pictures, do RushRegis Tadeu
Os 40 anos de "Moving Pictures", do Rush

Mike Portnoy: Led e Queen perderam integrantes, um parou e outro prosseguiu...Mike Portnoy
Led e Queen perderam integrantes, um parou e outro prosseguiu...

Neil Peart: por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike PortnoyNeil Peart
Por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike Portnoy

Neil Peart: Mike Portnoy conta como se tornou amigo da lendaNeil Peart
Mike Portnoy conta como se tornou amigo da lenda

Rush: o aspecto deles que o Dream Theater sempre quis ter, segundo PortnoyRush
O aspecto deles que o Dream Theater sempre quis ter, segundo Portnoy

Rush: em vídeo legendado, Geddy Lee explica a música Red BarchettaRush
Em vídeo legendado, Geddy Lee explica a música "Red Barchetta"

Rush: qual é o melhor álbum da banda, na opinião de Alex LifesonRush
Qual é o melhor álbum da banda, na opinião de Alex Lifeson

Rush: Alex Lifeson tem certeza que ele e Geddy Lee escreverão novas músicas no futuroRush
Alex Lifeson tem certeza que ele e Geddy Lee escreverão novas músicas no futuro

Rush: como Neil Peart se tornou o responsável pelas letras da bandaRush
Como Neil Peart se tornou o responsável pelas letras da banda


Joan Jett: relembrando brigas com Rush, Scorpions e outrosJoan Jett
Relembrando brigas com Rush, Scorpions e outros

Rush: o aspecto deles que o Dream Theater sempre quis ter, segundo PortnoyRush
O aspecto deles que o Dream Theater sempre quis ter, segundo Portnoy

Rush: em vídeo de 2002, fazendo propaganda para as Lojas AmericanasRush
Em vídeo de 2002, fazendo propaganda para as Lojas Americanas


Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Slipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?

Steven Tyler: primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeasSteven Tyler
Primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeas


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.