RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemCinco curiosidades sobre "72 Seasons", o novo álbum do Metallica

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemRingo Starr recorda assédio a Yoko Ono após assassinato de John Lennon

imagemLed Zeppelin e a fala que Robert Plant tem vergonha mas não tem como apagar da história

imagemO dia que Ozzy Osbourne perguntou se Rafael Bittencourt estava chapado

imagemMetallica: "A gente achava que essa coisa iria vazar. Não vazou, porra!"

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemRafael Bittencourt revela qual será temática principal das letras do novo álbum do Angra

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemMetallica anuncia novo álbum, "72 Seasons", nova turnê e libera uma música nova

imagemDe passagem por BH, David Vincent mostra seu reconhecimento pela Cogumelo Records

imagemMetallica anuncia turnê mundial com Pantera, Architects, Five Finger Death Punch e outros

imagemOzzy Osbourne: a chocante e nojenta cena mostrada no filme do Motley Crue


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Black Sabbath: como um riff "diabólico" mudou a história da música

Por Bruce William
Postado em 25 de maio de 2021

[an error occurred while processing this directive]

A canção "Black Sabbath", que abre o primeiro álbum da banda de mesmo nome, se inicia com um dos sons mais diabólicos da música - um trítono, também conhecido como "o intervalo do demônio", e Tony Iommi relembrou durante o podcast "Backstaged: The Devil in Metal", conduzido por Jon Wiederhorn, como foi a criação da lendária música, considerada por muitos o marco zero do heavy metal.

O wikipedia define Trítono como sendo um intervalo entre alturas de duas notas musicais que possua exatamente três tons inteiros. O efeito denominado tritono consiste uma das mais complexas dissonâncias possiveis na música ocidental. E embora a sequencia de três notas tenha sido considerada "sinistra", ela nunca foi oficialmente banida pela Igreja conforme dizem os boatos, relata Wiederhorn. Inclusive compositores eruditos famosos como Beethoven e Gustav Holst fizeram uso dela, e em uma obra deste último, The Planets", mais precisamente no primeiro movimento da suíte, que leva o nome "Mars, the Bringer of War", é que se encontra a fonte de inspiração do riff de "Black Sabbath", conforme revelou o baixista Geezer Butler. "Eu estava particularmente interessado nesta obra de Gustav Holst", relembrou Geezer. "Há meio que um trítono ali e eu sempre toquei aquilo no baixo de forma descontraída bem antes de começarmos a compor, e acho que inconscientemente acabou influenciando Tony".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar de ter sido usada em outras músicas lançadas anteriormente, tal como "Purple Haze" de Jimi Hendrix e "In-A-Gadda-Da-Vida" do Iron Butterfly, o trítono não chamou tanto a atenção como aconteceu com "Black Sabbath", a canção. "Um dia eu estava na sala de ensaios e comecei a tocar algumas ideias e este riff surgiu, pensei 'Meu Deus!' Gostei muito dele e os outros caras na hora disseram 'Isto é muito bom, ostamos muito disso. Então eu ajustei um pouco e ali surgia 'Black Sabbath'".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Iommi conta ainda que desde o começo eles souberam que ali estava a direção que deveriam seguir, a partir daquele primeiro riff, e relata que se lembra claramente como se sentiu quando tocou aquele riff pela primeira vez. "Eu lembro que quando toquei aquele riff pela primeira vez, todos os pelos do meu braço se arrepiaram e eu percebi que era aquilo ali. Era como ouvir 'Isso é o que você está fazendo e é para este lado que você deve seguir'".

O guitarrista do Anthrax, Scott Ian, também comentou sobre o quão revolucionárias essas três notas acabaram sendo em relação ao distanciamento do Black Sabbath do blues rock enquanto buscavam um som inteiramente novo e fresco. "Se o diabo tivesse um som, era isso que Tony estava tocando com uma música como 'Black Sabbath' ou mesmo 'The Wizard'... As pessoas ainda não tinham feito isso, não era blues. Ele tocava combinações de acordes que seus antecessores e contemporâneos não usavam. Quase tudo que era feito naquela época, fosse Led Zeppelin, Jimi Hendrix ou Cream ou qualquer outro, ainda era muito baseado no blues".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

FONTE: Loudwire
https://loudwire.com/tony-iommi-first-time-play-black-sabbath-tritone/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ozzy Osbourne em cenas inéditas no vídeo de "War Pigs" do "Survivor Series WarGames"

Ozzy Osbourne explica porque o Black Sabbath não pode mais voltar

Ian Gillan diz que ficou desapontado com "Born Again" e jogou álbum pela janela do carro

Tony Martin diz que discos do Black Sabbath gravados por ele serão relançados em 2023

Nem Vanusa, nem John Entwistle: a possível verdadeira origem de "Sabbath Bloody Sabbath"

O curioso álbum de covers do Black Sabbath elogiado por Tony Iommi

Geezer Butler: "Minha impressão inicial de Ozzy foi que ele não batia bem da caixola"

Tony Iommi sobre ele e Ozzy: "Quase não nos falamos porque somos inúteis no celular"

Black Sabbath lança versão deluxe de "Mob Rules", com faixas bônus

Ronnie James Dio agora também tem seu boneco Funko Pop

Quarentões: 10 discos de heavy metal que completarão 40 anos em 2023

A fofa reação da filhinha de Marcelo D2 ao ouvir "Sweet Leaf", do Black Sabbath, pela 1ª vez

Dez músicas para apresentar sua banda favorita para quem não manja de metal

Cinco palavras que sempre aparecem em títulos de músicas de bandas de metal

Cinco músicas lançadas há mais de 50 anos que continuam fazendo sucesso

Butcher Babies: ex-coelhinhas da Playboy se inspiram em Sabbath e Slipknot

Classic Rock: Os "100 ícones do Rock" em lista da revista

Black Sabbath: o que Geezer Butler pensa sobre o fim da banda

Ozzy Osbourne: Sharon conta como o Madman tentou assassiná-la

Fotos de Infância: Evanescence


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.