Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemAC/DC: Angus Young conta como é para ele o antes, o durante e o depois de um show

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemRush: Geddy Lee comenta as dificuldades da gravação de "Hemispheres"

imagemBenny Anderson toca música do Foo Fighters por ter visto Dave Grohl homenageando Abba


Stamp

Johnny Cash foi o primeiro norte-americano a saber que Josef Stalin havia morrido

Por Bruce William
Em 12/03/22

Em 1950, Johnny Cash estava com 18 anos de idade. Assim como muitos jovens norte-americanos da época, ele se alistou nas forças armadas do seu país, mais precisamente na Força Aérea, tendo sido designado para a base militar Lackland Air Force de San Antonio, no Texas. Nessa época ele conheceu a moça que seria sua primeira esposa, Vivian Liberto, em uma pista de patinação. Foi paixão à primeira vista, mas ainda levaria quatro anos para eles se casarem, já que três semanas mais tarde Cash foi enviado para uma base em Landsberg, na Alemanha Ocidental.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foto: Jim Marshall, site oficial
Foto: Jim Marshall, site oficial

Já promovido a Sargento e lá longe em outro país onde passaria os próximos três anos, Cash cumpria uma função bastante solitária e entediante, pois ele era operador de código morse e passava longas noites interceptando e decodificando mensagens dos russos - a Guerra Fria estava de vento em popa, e os EUA vigiavam a Rússia bem de perto, assim como eram vigiados pela Rússia. Nesta época ele formou sua primeira banda, "The Landsberg Barbarians'', para se divertir um pouco nos períodos de folga. As músicas que eles tocavam, juntamente com as cartas de amor que ele enviava para Vivian, eram a única fuga de Cash de sua vida isolada, inclusive acredita-se que uma de suas músicas mais famosas, "Folsom Prison Blues", tenha sido inspirada nesta época, já que ele chegou a relatar para pessoas próximas que se sentia meio que "um prisioneiro" pois devido à natureza de sua atividade ele não tinha permissão de comentar com absolutamente ninguém o que fazia, nem mesmo com a Vivian.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E numa dessas noites Cash obteve uma informação importantíssima. Era dia 5 de março de 1953, o Sargento Cash estava em seu posto quando interceptou um comunicado urgente dos Russos. Nela se dizia que Joseph Stalin, o então poderoso líder soviético, estava com sérios problemas de saúde. Cash ficou ainda mais atento e continuou trabalhando, até que horas mais tarde veio a notícia que Stalin havia sido declarado morto. Atordoado com o que ouvira, Cash, o primeiro norte-americano a saber sobre a morte de Joseph Stalin, rapidamente informou seus superiores que fizeram a informação chegar até o Presidente Eisenhower. A partir daí, uma nova era da Guerra Fria se iniciava.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cash serviu até 3 de julho de 1954, quando deu baixa e voltou para o Texas. No mês seguinte ele e Vivian se casaram. Pouco tempo depois, ele seguiu carreira como músico.

FONTE: Far Out Magazine
https://faroutmagazine.co.uk/johnny-cash-first-american-joseph-stalins-death/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.