Freddie Mercury: Memórias do Homem que o Conhecia Melhor

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Alexandre Portela, Fonte: Queen Net
Enviar correções  |  Comentários  | 


De nomes famosos - incluindo Elton John, Kenny Everett, Elizabeth Taylor e Rod Stewart - ao vago exército de amantes, mediadores e interesseiros, Peter Freestone viu todos eles fazerem parte da tragicomédia que foi a vida fora do comum de Freddie Mercury. Peter Freestone, autor desta obra, foi o assistente pessoal de Freddie Mercury nos últimos 12 anos de sua vida. Viveu com Mercury em Londres, Munique e Nova York e esteve com o cantor quando ele morreu.

5000 acessosMetal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 215000 acessosSeparados no nascimento: Cazuza e Lauro Corona

"Fui faz-tudo, garçom, mordomo, criado pessoal, secretário, camareiro... e conselheiro sentimental de Freddie. Eu viajava pelo mundo com ele, estive presente nos altos e baixos. Agi como seu guarda-costas quando foi necessário e, no final, é claro, fui um de seus enfermeiros," diz Freestone. Aqui está o relato mais íntimo da vida de Mercury já escrito e a verdade por trás dos boatos sobre a sua vida.

Faroukh Bommi Bulsara (este é o nome verdadeiro de Freddie Mercury) nasceu em Stone Town, na ilha Zanzibar, em 5 de setembro de 1946. Ele foi educado na St. Peter Boarding School, uma escola inglesa perto de Mumbai, na Índia, onde deu seus primeiros passos musicais, ao ter aulas de piano. Foi na escola que ele começou a ser chamado de Freddie, e, com o tempo, até os seus pais passaram a chamá-lo assim. Em 1964, mudou-se com a família para a Inglaterra. Lá, graduou-se em Design Gráfico e Artístico na Ealing Art College. Esse conhecimento mostrar-se-ia útil depois, ao Freddie projetar o famoso símbolo da banda. Na faculdade, ele conheceu o baixista Tim Staffell, que tinha uma banda na faculdade chamada Smile, com Brian May como guitarrista e Roger Taylor como baterista, e levou Freddie para participar dos ensaios. Em abril de 1970, Tim deixa o grupo, e Freddie acaba ficando como vocalista da banda, que passa a se chamar Queen. Freddie decide mudar o seu nome para Mercury. Ainda em 1970, ele conheceu Mary Austin, com quem viveu por cinco anos. Foi com ela que assumiu sua orientação sexual (Freddie era bissexual), e os dois mantiveram forte amizade até o fim de sua vida. Mary inspirou Freddie na música Love of My Life. Ele é considerado pelos críticos e por diversas votações populares um dos melhores cantores de todos os tempos e uma das vozes mais conhecidas do mundo. Freddie Mercury faleceu em 24 de novembro de 1991, em sua própria casa, chamada de Garden Lodge.

Maiores detalhes:
http://www.madras.com.br
http://www.queennet.com.br

Título: Freddie Mercury - Memórias do Homem que o Conhecia Melhor
Autor(es): | Peter Freestone e David Evans
Tradução: Ana Death
Editora: Madras
Páginas: 272
Preço: R$ 39,90

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Morte de Freddie Mercury

5000 acessosEm 24/11/1991: Morre Freddie Mercury, aos 45 anos de idade5000 acessosJohn Bonham e Freddie Mercury: favoritos a ressurreição2980 acessosNME: depoimentos de artistas em homenagem a Freddie Mercury5000 acessosFreddie Mercury: a descoberta do vírus em 19875000 acessosFreddie Mercury: veja notícia da morte no Jornal Nacional5000 acessosQueen: fãs afirmam ter descoberto túmulo de Freddie Mercury5000 acessosQueen: desaparece placa de suposto túmulo de Freddie Mercury5000 acessosQueen: 22 anos sem Freddie Mercury0 acessosTodas as matérias sobre "Morte de Freddie Mercury"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Livros0 acessosTodas as matérias sobre "Morte de Freddie Mercury"0 acessosTodas as matérias sobre "Queen"


Metal SucksMetal Sucks
Os 522 melhores álbuns de metal do século 21

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Cazuza e Lauro Corona

Em 08/03/1995Em 08/03/1995
Ingo, baterista do Helloween, comete suicídio

5000 acessosGuitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocar5000 acessosAC/DC: "aquela coisa Glam foi idéia do Malcolm"5000 acessosFotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss5000 acessosPiano: covers viscerais de Motorhead, Nirvana, Guns e mais2196 acessosBruce Springsteen: Amadou Diallo, assassinado pela polícia5000 acessosProto-Metal: 10 das canções mais pesadas feitas nos anos sessenta

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Alexandre Portela

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online