Supersonic Brewer: encarando as dificuldades da cena underground

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

Depois de lançarem o debut "Broken Bones", os gaúchos do SUPERSONIC BREWER conseguiram chamar a atenção no underground da música pesada nacional. E agora, com o segundo álbum, o ótimo "Overthrow the Bastards" (cuja resenha pode ser conferida no link ao final), os caras buscam galgar degraus ainda mais elevados em sua carreira. Conversamos com o baixista/vocalista Vinícius Durli, que nos fala sobre essa nova fase da banda, os planos para o futuro, bem como outros assuntos. Confiram:

Quais foram as principais conquistas da banda após o lançamento do debut "Broken Bones"?

Vinícius: Com o lançamento do "Broken Bones", digamos assim que, tiramos um fardo de cima de nos, porque fazia já alguns anos que queríamos lançar esse cd e sempre no meio do processo acontecia imprevistos. Com esse disco botamos nossa cara na cena metal no qual muita gente não nos conhecia e quem nos conhecia já estava pedindo esse disco a tempos. Umas das principais conquistas que tivemos com esse álbum foi o aprendizado como músicos e pessoas, pois nós mesmos nos produzimos, nós mesmos nos gravamos, nós mesmos nos mixamos e nós mesmos nos lançamos ao mercado totalmente independentes!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E como tem sido a repercussão do novo álbum, "Overthrow the Bastard"? Está dentro do que vocês esperavam?

Vinícius: Está sendo muito boa tanto das mídias especializadas como estamos também recebendo um feedback muito positivo direto das pessoas que adquiriram nosso cd.

Se tivesse que classificar o som da banda dentro de um estilo, ocê acha que o SSB se encaixa mais no stoner ou no thrash metal?
Vinícius: Acho que nos encaixamos melhor como uma banda de heavy metal. Dentro das nossas músicas tem influencias dos mais diversos gêneros do metal, cada integrante da banda tem um estilo musical próprio muito distinto um do outro, acho que esse é o principal ponto que faz com que não nos limitemos a um único subgênero na hora de compor.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Qual foi a importância do produtor Ernani Savaris para o resultado final do novo trabalho?

Vinícius: Muito grande, nunca tínhamos trabalhado com alguém de fora, ele fez os ajustes necessários para que o disco saísse como ele esta agora, se nós tivéssemos feito tudo sozinho novamente o disco sairia um pouco diferente de como ele ficou, além disso, foi ótimo trabalhar com Ernani, principalmente na parte vocal, ele é uma pessoa que entende bastante de música e produção, ele é guitarrista e já teve varias bandas, então ele sabe exatamente o que uma banda precisa na hora certo e no momento exato e além de ele produzir nosso disco ele produziu nosso primeiro clipe para a música "End Times", uma pessoa muito bacana e que já é velho conhecido da galera da região.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para você, quais as principais diferenças entre o novo álbum e o debut do SSB?

Vinícius: A qualidade da gravação e o estilo em que as músicas ficaram, você pode ver que um disco não tem nada haver com o outro, mas a essência do estilo da banda que tem no "Broken Bonés" ainda existe no "Overthrow The Bastard", pouca coisa mas ainda você pode ouvir ali.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E como anda a cena underground metálica do Rio Grande do Sul?

Vinícius: Crescendo cada vez mais e isso só tende a aumentar, mas claro que ainda falta muito coisa a ser ajeita, mas todos nós estamos indo para o caminho certo.

Quais os planos da banda para o futuro? Vocês planejam alguma tour pelo Brasil e exterior? Já há algo concreto?

Vinícius: Por incrível que pareça, não temos nenhuma tour marcada, fizemos apenas dois shows por enquanto na divulgação do novo disco e entramos em contato com o pessoal para ver de shows mas não obtivemos retorno ainda, então em vez de ficarmos parados esperando, resolvemos gravar um EP regravando as principais músicas do "Broken Bones" e adicionar um cover e uma música inédita, todas as músicas que regravaremos do primeiro disco ficarão com a roupagem do "Overthrow The Bastard", principalmente na parte vocal e será lançado inicio de 2015 pela MS Metal Records, e já estamos trabalhando em algumas músicas para o terceiro disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Obrigado pela entrevista. O espaço é seu para suas considerações finais.

Vinícius: Eu que agradeço a oportunidade! Não deixem de conferirem nosso vídeo clip para a música End Times no nosso canal do you tube (www.youtube.com/supersonicbrewer) e se liguem também na nossa pagina do facebook (www.facebook.com/supersonicbrewer) para ficar dentro das novidades, se alguém tiver interesse em adquirir nosso material entre em contato através do e-mail [email protected] ou pelo facebook da banda. Continuem apoiando o metal nacional porque ele tem muita banda boa a oferecer!

https://whiplash.net/materias/cds/199134-supersonicbrewer.htm...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a LoudwireIron Maiden
As dez melhores músicas, segundo a Loudwire

Separados no nascimento: Lady Gaga e EddieSeparados no nascimento
Lady Gaga e Eddie


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 Goo728 Cli336 Goo336