Michael Kiske: "Sempre amei o Heavy Metal"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Renato Rossini, Fonte: San Antonio Metal Music, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Jay Nanda, do San Antonio Metal Music Examiner, conduziu recentemente uma entrevista com o ex-vocalista do HELLOWEEN e atual vocalista do UNISONIC, Michael Kiske. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

671 acessosMasterplan: ouça recriação de "Escalation 666" do Helloween5000 acessosAs regras do Thrash Metal

San Antonio Metal Music Examiner: Como tem sido para você voltar aos palcos novamente após quase duas décadas?

Kiske: No começo havia muita pressão. Eu não sabia se seria capaz de fazer isso ou como os fãs reagiriam. E nós começamos com um festival em frente de 30.000 pessoas! Claro, nós fizemos dois ou três shows de aquecimento, mas o primeiro show que fizemos pra valer foi no Sweden Rock. E tenho que dizer, foi realmente ótimo. O público foi excelente, e eu estava extasiado com o calor do público. Após o show, nós fizemos uma sessão de autógrafos, e as pessoas estavam numa enorme fila pelo caminho. Eles tinham todos os tipos de CD que eu fiz. Agora, me sinto muito confortável no palco. É como andar de bicicleta quando criança. Você volta após 20 anos, e nunca se esquece de como fazer isso.

San Antonio Metal Music Examiner: Qual é seu momento mais memorável junto ao HELLOWEEN?

Kiske: As primeiras turnês que fizemos. Keeper 1, Keeper 2. As pessoas devem achar que digo isso porque estou de volta com o Kai [Kai Hansen, ex HELLOWEEN e atualmente guitarrista do UNISONIC], mas isto é fato. Quando ele esteve na banda, a banda funcionava de verdade. Quando ele não estava mais, parou de funcionar, e virou um pesadelo, especialmente para mim. Houve uma coisa em especial, na França, numa pequena cidade na época do “Keeper 1”. Fazíamos muito sucesso na França, e fomos lá fazer um show. Mas o produtor que contratou o show não fez propaganda, então as pessoas não sabiam que estávamos lá. Tocamos para aproximadamente 80 pessoas. Mas foi o mais divertido que já tivemos. Foi mais como Monty Python (N. do T.: Programa de comédia britânico) do que um concerto.

San Antonio Metal Music Examiner: Sempre foi dito que você e o HELLOWEEN se separaram porque a mídia dizia que você odiava Heavy Metal.

Kiske: Isso é mentira.

San Antonio Metal Music Examiner: Na América (N. do T.: Estados Unidos), nós imaginávamos mais do que qualquer outro fã o que teria acontecido com você após o HELLOWEEN, por que faz muito tempo que vimos você ou a formação atual do HELLOWEEN tocando ao vivo neste país. Com UNISONIC, está claro que você não odeia metal ou hard rock. Você poderia explicar o que aconteceu após isso e porque você desapareceu por tantos anos?

Kiske: Não teve nada a ver com a música. Cresci com essa música. Havia muita raiva em mim com a cena metal, especialmente na Alemanha. Mas sempre amei meus álbuns do MAIDEN e JUDAS PRIEST. Vou ser honesto com você agora, OK? Michael Weikath (guitarrista do HELLOWEEN) era muito ciumento com o pessoal da banda. Ele estava trabalhando contra mim quando Kai deixou a banda, e fez isso pelas minhas costas. Ele estava tentando trazer o Andi Deris para a banda, e depois de um tempo, cansei disso. Eu disse depois para Roland Grapow (que substituiu Kai), “estou pensando em deixar a banda”. Os fãs ficaram desapontados. Eles (mídia) tentaram jogar que “Michael odeia metal”. Mas sempre amei o metal. Mas eu estava chateado, e ouvindo um monte de besteiras quando gravava. Se não soasse como HELLOWEEN, era o suficiente (para a crítica) destruir.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 05 de julho de 2012

MasterplanMasterplan
Lyric video de "The Chance", do Helloween

671 acessosMasterplan: ouça recriação de "Escalation 666" do Helloween1177 acessosHelloween: banda russa com nome esquisito faz cover em russo1524 acessosHansen & Friends: veja vídeo com cover de "Save Us", do Helloween1090 acessosUnisonic: CD e DVD "Live in Wacken" sai em julho805 acessosEm 29/05/2015: Helloween lança o álbum My God-Given Right0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Helloween"

Mascotes do MetalMascotes do Metal
Os dez maiores segundo The Gauntlet

HelloweenHelloween
Três lendas que passaram pela banda juntas em foto

Michael KiskeMichael Kiske
"Eu nunca fui chamado para o Iron Maiden!"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Michael Kiske"0 acessosTodas as matérias sobre "Helloween"0 acessosTodas as matérias sobre "Unisonic"

HumorHumor
Não basta ouvir Master Of Puppets para ser Thrash

Fotos de infânciaFotos de infância
Angela Gossow, do Arch Enemy, muito antes da fama

VH1VH1
As 100 melhores músicas de hard rock

5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond5000 acessosVelocidade: Top 10 de músicas de Metal para ser multado5000 acessosMegadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo5000 acessosLemmy: "as pessoas se tornam melhores quando morrem"5000 acessosAxl Rose: em vídeo, a mudança no vocal de 1985 a 20165000 acessosThe Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos

Sobre Renato Rossini

Renato Rossini, nascido em 27/09/1984 em São Caetano do Sul. Formado em Relações Internacionais, mas trabalha com informática (?!?!). Ouve heavy metal desde os 8 ou 9 anos. Começou com os clássicos, Metallica, Iron Maiden, Black Sabbath, mas hoje em dia ouve de tudo quando o assunto é metal. Pra variar tem uma banda, onde toca bateria.

Mais matérias de Renato Rossini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online