Bittencourt Project: entrevista no site do Roça 'N' Roll

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo de Paiva Barbieri, Fonte: Roça 'N' Roll, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

Ivanei Salgado entrevistou Rafael Bittencourt, guitarrista do ANGRA, que se apresentará com seu projeto solo BITTENCOURT PROJECT, na 12ª edição do festival ROÇA 'N' ROLL, dia 12 de junho na Fazenda Estrela em Varginha/MG.

1278 acessosHeavy Talk: Edu Falaschi fala sobre Deus5000 acessosO tempo não para: fotos do antes e depois de alguns rockstars

Confira trecho da entrevista:

Ser membro de uma banda famosa e reconhecida na cena metálica não é garantia de sucesso em projetos pessoais. Mas esse não é o caso do guitarrista Rafael Bittencourt, mesmo sendo conhecido pelo trabalho desenvolvido no ANGRA, alcança grande repercussão com o BITTENCOURT PROJECT. Trilhando um caminho diferente de sua banda principal, o músico mostrou ao mundo sua ousadia e criatividade musical no álbum “Brainworms I”.

A qualidade de seu trabalho é absolutamente incontestável no ANGRA. E agora você está à frente de um projeto ousado. Qual sua perspectiva de carreira em relação ao BITTENCOURT PROJECT?

"O meu projeto nasceu de maneira despretensiosa. Não tenho um objetivo de sucesso comercial, a minha meta é com relação à imagem que as pessoas têm de mim. Sempre fui visto como o Rafael do Angra, como que se meu talento estivesse conectado com a banda e não se excedesse a isto. Bom, eu fiz um som sem bumbos rápidos, sem agudos e sem solos muito virtuose para provar que uma música pode ser boa sem estes elementos e para que os fãs conheçam um lado mais pessoal meu".

Durante suas composições, você já se esbarrou numa espécie de “nó criativo” com dúvidas sobre para qual banda a música em si é mais adequada?

"Não, por que quando estou compondo, simplesmente trabalho dentro do que a idéia me pede e direciono o som para o meu gosto pessoal também. O meu projeto é recente e antes disto eu não tinha os dois para 'concorrer' pelas idéias. Mas, constantemente o pessoal do Angra recusa trabalhar musicas minhas por que acham muito diferentes e podem assustar o público. Então a prioridade fica sendo o Angra, mas se eles não gostam de algo que faço, agora posso gravar no meu projeto. Este foi o caso de Nacib Veio e outras que acharam 'arriscado' trabalhar. Eu tenho prazer em arriscar e assustar o público às vezes".

Leia a entrevista completa no site oficial do Roça 'n' Roll através deste link.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Heavy TalkHeavy Talk
Edu Falaschi fala sobre Deus

683 acessosEdu Falaschi: Show em comemoração ao Dia dos Namorados1297 acessosAngra: novas músicas a caminho0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

IdiomaIdioma
Bandas que já cantaram em sua língua natal

MegadethMegadeth
Kiko conta como foi primeiro encontro com Mustaine

AngraAngra
Letras e comentários sobre "Temple Of Shadows"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Rafael Bittencourt"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

O tempo não paraO tempo não para
Fotos do antes e depois de alguns rockstars

SemelhançasSemelhanças
Sou só eu, ou ele parece a Fernanda Lima?

Guns N RosesGuns N' Roses
A trágica história do baixista fundador que morreu afogado

5000 acessosUruca: Os 9 mais azarados da história do Rock5000 acessosButcher Babies: Conheça o Porn Metal de ex-coelhinhas da Playboy5000 acessosEpica: belas fotos da bela vocalista Simone Simons5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond5000 acessosSabaton: Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca3531 acessosO Metaleiro: a versão Metal do Funk do Zap Zap

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Rodrigo de Paiva Barbieri

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online