RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


David Ellefson: "o Metallica derrubou muitas barreiras"

Por João Vitor H. Mendonça
Fonte: Rust In Page
Postado em 23 de fevereiro de 2009

David Ellefson concedeu uma entrevista exclusiva ao site brasileiro Rust In Page (Megadeth Brasil) em fevereiro de 2009. Na entrevista Ellefson fala sobre seu início como músico e os anos de trabalho ao lado de Dave Mustaine e seus projetos atuais.

Megadeth - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RIP: Seu primeiro encontro com o Mustaine foi um tanto quanto diferente, com ele jogando um vaso no seu ar-condicionado. Você tinha alguma idéia de quem ele era naquela época?

Ellefson: "Não tinha a mínima idéia. O Metallica estava começando a cultivar uma boa base de fãs ao redor do mundo, mas eles ainda eram uma banda de metal independente, e ainda não havia chegado nada deles em Minnesota, que é de onde eu tinha vindo".

RIP: Vocês tiveram muitos altos e baixos durante a carreira de vocês. Como vocês lidaram com tudo?

Ellefson: "Bem, no começo eu usava muita droga então isso ajudava um pouco!! Depois disso, quando fiquei limpo, foi uma questão de amadurecer, e isso ajudou muito também".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RIP: Quando o Marty se juntou a banda, o álbum "Rust In Peace" estava praticamente finalizado, mas você acha que ele influenciou algumas partes com o lado melódico que ele possui?

Ellefson: "Todas as músicas estavam escritas, mas apenas em três partes. Então, sim, a influência que ele trouxe com o solos dele ficam evidentes na versões finais das músicas. A presença dele também como um guitarrista de metal que tinha habilidades muito além de um músico de metal foi algo que teve uma influência súbita e poderosa em todos nós. Acho que as influências dele começaram a aparecer quando começamos a escrever o álbum que eventualmente seria o 'Countdown', dois anos mais tarde. Realmente gostei das influências dele, o que ajudou a banda a crescer além do Thrash Metal porque o mundo estava mudando e continuávamos a crescer com ele. Se não tivéssemos essa influência talvez nem estaríamos conversando agora".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RIP: Você acha que a formação do RIP foi a melhor que o Megadeth já teve?

Ellefson: "Sim, criativamente sem dúvida alguma. Eu acho que ao vivo a formação do 'Rude Awakening' era a mais sólida, mas isso provavelmente se deve ao fato do amadurecimento de todos durante os anos".

RIP: Depois disso vocês gravaram o "Youthanasia" e o "Cryptic Writtings", o que para mim foi uma progressão natural do que estavam fazendo. Mas você acha que o "Risk" foi natural como eles ou uma tentativa de deixar a banda mais comercial?

Ellefson: "Para mim o 'Risk' era algo que a banda tinha que fazer e um momento que tinha que passar".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RIP: Apesar de todo o sucesso e tudo o mais às vezes o Mustaine ainda se comparava ao Metallica. Isso era frustrante pra vocês como era para ele?

Ellefson: "Eu não tive nenhuma conexão ou nada com o Metallica, então estava sempre focado no NOSSO sucesso, não no deles. Além disso, era grato ao Metallica, porque sem eles nossa carreira não teria se iniciado, e eles certamente derrubaram algumas barreiras para todos nós que fazemos parte do mundo metal no mundo todo".

RIP: Depois que o Megadeth deu um tempo você surgiu com o F5, que é uma banda ótima mas com uma abordagem diferente do que os fãs estavam acostumados. Como foi para você começar tudo de novo?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ellefson: "Não tinha nenhuma intenção de montar uma banda quando o Megadeth acabou. Pus tudo de mim, o meu melhor ali, e parecia fútil começar algo de novo. Parecia que tinha tomado um chute no estomago e ficado sem ar. Bem, mas a vida segue, e depois de trabalhar duro em alguns projetos, escrevendo e produzindo, o F5 acabou nascendo no quintal de casa aqui em Phoenix, Arizona. Aquela banda foi a primeira em muitos anos onde mal podia esperar para ir na casa do nosso guitarrista, Steven Conley, para poder escrever e gravar músicas toda semana. Estava claro para mim que o F5 não seria uma banda de thrash mas a vibe da banda era ótima, a música poderosa, então apenas tentei capturar a essência que o grupo estava formando do que tentar seguir a trilha da minha antiga banda".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RIP: Você ouviu os álbuns do Megadeth que foram lançados depois da sua saída?

Ellefson: "Eu ouvi eles, e só. Não os dissequei. É uma banda diferente agora, então não escuto como escutaria se fosse um álbum que tivesse gravado".

RIP: Vocês vieram ao Chile para tocar com uma banda tributo chamada Hail? Quem teve a idéia de formar a banda?

Ellefson: "Bom, a idéia original surgiu do meu empresário aqui nos E.U.A. Daí, ele e eu falamos da formação e começamos a elaborar o set list que seria uma forma de mostrar nossos legados e também fazer um tributo as bandas com as quais crescemos ouvindo. O Hail! foi criado para os fãs de metal, por nós músicos que também somos fãs de metal. E aparentemente todos adoraram".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Metallica x Dave Mustaine

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Uma versão do Metallica com Mustaine e David Ellefson?


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS