Iommi fala sobre Heaven & Hell, internet e Tom Jones

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Monica Fontes, Fonte: Sam Ash Music, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Tony Iommi foi entrevistado pelo site Sam Ash Music, e na ocasião, o guitarrista do BLACK SABBATH e HEAVEN AND HELL falou sobre seu passado, presente e futuro.

1915 acessosAses das seis cordas: Guitarristas e suas assinaturas5000 acessosSlash: falando sobre Adele, Guns N' Roses, filhos e mais

Sam Ash Music: Você costumava compor da mesma forma com o Ozzy ou com o Dio no passado?

Iommi: "De uma certa forma, sim. No passado a gente se reunia e tocava alto (risos). Agora, ficamos em uma sala de estúdio na minha casa na Inglaterra ou na de Ronnie. No momento, estamos na casa do Ronnie em Los Angeles, sentados na sala de estúdio juntando as idéias. É um pouco diferente. É melhor assim, você pode aprimorar o que estiver fazendo. Conseguimos produzir mais assim".

Sam Ash Music: Soube que vocês improvisam muito mais com o HEAVEN AND HELL do que com o Ozzy. O que você diz sobre isso?

Iommi: "É verdade e tem sido ótimo. Pra mim, é isso que fazemos. Nós costumávamos fazer isso com o Sabbath original nos velhos tempos. A gente simplesmente tocava. Mas infelizmente, nas últimas turnês, tudo ficou mais rígido com os Ozzfests e tudo o mais. Você não podia improvisar muito, tinha que ser tudo correto, uma música logo seguida de outra, por causa do tempo. Com o HEAVEN AND HELL podemos ir mais devagar. Você pode tocar e experimentar novas idéias, melhorar alguma coisa, o que eu acho ótimo e gosto disso. Te mantém estimulado".

Sam Ash Music: Quem tem sido o seu colaborador favorito por todos esses anos?

Iommi: "O Geezer é muito bom de se trabalhar, assim como o Ronnie sempre foi também. É muito bom trocar idéias com eles. O Geezer pode falar 'Eu gosto disso' ou o Ronnie 'Eu gosto daquilo'... Mas você precisa disso, senão você ficaria na sua casa pensando: 'Será que isso é legal? Será que vão gostar?' É bom você ter a resposta de alguém. A química entre mim, Ronnie e Geezer é ótima. Começamos na minha casa na Inglaterra, Ronnie levou algumas idéias e escrevemos algumas coisas, o que foi muito bom. Agora estamos na casa de Ronnie e tem sido ótimo. Geezer também está participando. Estou muito feliz com o trabalho que estamos desenvolvendo".

Sam Ash Music: Qual é a data prevista para ouvir o novo trabalho do HEAVEN AND HELL?

Iommi: "Não temos uma data. Vamos sair em turnê em agosto e estamos ansiosos por isso. Vai ser legal porque vamos tocar junto com o JUDAS PRIEST, que são nossos velhos amigos, e com o MOTORHEAD. Depois da turnê, provavelmente, entraremos em estúdio".

Sam Ash Music: Se você pudesse formar uma banda com quaisquer artistas (vivos ou não), quem estaria no seu super grupo?

Iommi: "Sempre gostei e não sei o porquê, mas sempre quis fazer alguma coisa com o Tom Jones (risos). Gosto da voz dele, é uma grande voz. Mas acho que toquei em todas as bandas que sonhei. Toquei com as pessoas que queria. Até o meu álbum solo foi bom porque reuni vários vocalistas e músicos. Foi interessante trabalhar com tantas pessoas diferentes e foi muito divertido".

Sam Ash Music: Depois que o Ozzy seguiu carreira solo, ele teve vários guitarristas. Você lembra da primeira vez em que ouviu Randy Rhoads, Jake E. Lee ou Zakk Wylde tocando suas músicas e solos com seus estilos próprios?

Iommi: "Lembro de ter ouvido um pouco… Mas, para ser franco, não consigo lembrar agora. Não os ouço há muitos anos. Mas não me importava que eles tocassem. Fiquei sabendo de algumas coisas que eles não tocavam direito. Acho que lembro de um agora, Brad Gillis, tocando o riff errado (risos)… Mas deixa pra lá... (risos)"

Sam Ash Music: Vocês vêm se mantendo fortes por 40 anos. Qual é o segredo para ficar juntos por tanto tempo?

Iommi: "É acreditar, querer fazer, e gostar. Acho que na hora em que eu não gostar mais, eu não vou fazer. No momento, estou gostando muito, é realmente muito bom e não quero que acabe. Foi ótimo tocar com a formação do Ozzy e tem sido também com o Dio. Sou feliz por ter participado das duas, que foram incríveis".

Sam Ash Music: Quais foram as maiores mudanças na indústria da música em todos esses anos?

Iommi: "Acho que foi a era da informática... Usar Pro Tools tem ajudado muito, mas por outro lado, você sente falta do antigo método de gravação. Eu gosto da tecnologia e poder usá-la é muito útil. A mudança é na rapidez em conseguir as coisas e ter tudo disponível. Se você quisesse fazer um som no passado, você tinha que criar e agora ele está no computador. O que eu achei estranho é que nós fomos procurar uma loja de discos em Los Angeles e não encontramos. A Tower Records fechou, a Virgin Megastore, idem. Para onde foram? No fim, fomos à Borders para achar um DVD. É muito estranho. Eu simplesmente não sabia aonde ir. É muito triste e tem sido chocante ver que muitas lojas estão saindo do mercado. Toda a indústria vem mudando e isso atinge as gravadoras também. Quem iria imaginar, há alguns anos atrás, que as gravadoras estariam saindo do mercado?"

Leia a entrevista completa (em inglês) em: www.samashmusic.com.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Seis cordasSeis cordas
Guitarristas e suas assinaturas

2302 acessosJimmy Copley: baterista morre aos 64 anos de idade692 acessosHeavy Lero: Black Sabbath com Ozzy, a terceira parte423 acessosSamantha Fish: guitarrista blueseira faz cover de "War Pigs"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

MetallicaMetallica
Hetfield ficou triste em ver Sabbath separado em 2006

DúvidaDúvida
O que é hard rock e o que é heavy metal quando falamos dos anos 1970?

Black SabbathBlack Sabbath
Fim da banda deve ser celebrado como uma festa

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"

SlashSlash
Falando sobre Adele, Guns N' Roses, filhos e mais

MegadethMegadeth
Mustaine coloca Kiko acima dos outros guitarristas

BehemothBehemoth
Banda cristã comenta proximidade com Nergal

5000 acessosCééééérebros: e se os rockstars virassem zumbis?5000 acessosTom Araya: "Não sou ateu; acredito em Deus!"5000 acessosDarkthrone: Fenriz fala sobre Sepultura, Sarcófago, Gal Costa e Caetano Veloso5000 acessosBlack Sabbath: "Nos separamos por causa do Live Evil"5000 acessosLinkin Park: Mike Shinoda opina sobre comentários de Chester Bennington5000 acessosOzzy Osbourne: "Eu detesto a expressão Heavy Metal!"

Sobre Monica Fontes

Mônica Fontes - Carioca, nascida em 1968, vive no Rio de Janeiro e é tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por música, leitura e cinema, começou a ouvir rock aos 13 anos, já tendo presenciado grandes shows e eventos desse gênero. Além do rock, também se interessa por outros estilos, como o Pop e MPB. Led Zeppelin, Deep Purple, Black Sabbath, Pink Floyd, U2 e Guns N'Roses são algumas de suas bandas preferidas, sem deixar de prestigiar as excelentes bandas e artistas nacionais. Acessa o Whiplash há alguns anos e começou a colaborar por gostar de traduzir os diversos assuntos relacionados no site.

Mais matérias de Monica Fontes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online