Bumblefoot: "Axl Rose está melhor do que nunca!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Rangel, Fonte: Journal News
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matt Sartwell do The Journal News recentemente entrevistou o guitarrista do GUNS N’ ROSES, Ron “Bumblefoot” Thal. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

2600 acessosMetal e Hard: os álbuns mais vendidos nos EUA no 1º semestre5000 acessosThe Doors: A mais famosa foto do fantasma de Jim Morrison

Vamos falar logo sobre isso, como está Axl e como a banda está se sentindo após a turnê européia?

“Todos estão ótimos, a turnê européia foi uma ótima maneira de juntar toda a banda. Eu tinha tocado com eles apenas uma semana antes do início da turnê. Os fãs foram bastante calorosos e recebemos muito carinho... Tivemos a chance de sentir várias músicas... Axl está ótimo, está melhor do que nunca, todos que estiveram nos shows irão concordar”.

Nascido e criado na área de Nova York, como você se sente tocando na região de sua casa – como parte de uma das bandas mais famosas de todos os tempos?

“É um sonho se tornando realidade. Quando eu tinha 5 anos comprei o álbum do KISS, ‘Alive’, e isso foi o que me fez querer ser um músico. Foi o que me fez querer fazer isso. Então, o primeiro show que eu vi foi quando eu tinha 9 anos, era um show do KISS no Madison Square Garden. E o meu objetivo era algum dia tocar no Madison Square Garden do mesmo jeito – com todas as explosões e pirotecnia. E agora, estamos tocando na Continental e no MSG. Então, depois de 30 anos trabalhando duro, e não desistindo, eu estou finalmente aqui.”

Qual a sua filosofia ao ensinar música?

“Aprenda o máximo que puder e então esqueça tudo que aprendeu. Siga o seu coração e seu espírito. Deixe todas as coisas que aprendeu na parte de trás da sua mente e tenha muita confiança em si. É pra ser algo natural... Conheça as regras para não ter que tocar por elas.”

Existe alguma coisa que você sente falta em relação a ensinar, quando está em turnê?

“Sim, eu sinto falta de estar numa sala com um monte de mentes famintas, onde compartilhamos idéias e experimentamos um monte de coisas... alcançando novas fronteiras, mesmo sendo sentado em frente ao computador, mostrando a eles uma nova técnica para fazer a caixa de uma bateria soar mais consistente e forte.”

Li em alguns lugares que você ganhou o apelido de ‘Bumblefoot’ quando estava ajudando a sua namorada para exames de veterinária. É verdade? E porque ele acabou pegando?

“Sim. E hoje, ela é minha esposa há 10 anos. Ela deve ter ido bem nos exames. Foi uma daquelas noites em claro e ela tinha que memorizar milhares de páginas. Uma das doenças que estava no seu livro era Bumblefoot e eu, achando que soava como um nome idiota, acabei compondo uma música sobre um super-herói que se chamava ‘Bumblefoot’. Em seguida, acabou virando o nome da minha banda e depois, finalmente, virou o meu apelido. Hoje em dia, eu adoro ele.”

O nome Bumblefoot é melhor do que Buckethead (antigo guitarrista do GNR), mas ainda não é arrebatador como Slash. Você não acha que teria que melhorá-lo um pouco mais?

“Eu conversei com os caras antes de me juntar à banda. Foi tipo, ‘O nome Bumblefoot combina com a grandiosidade do GUNS N’ ROSES?’ Se fosse o PRIMUS, MR. BUNGLE ou outra banda desse tipo, acho que funcionaria. Mas eles falaram ‘Não cara, isso é você. Mantenha o nome.’ Isso não sou eu, é uma parte minha. É um Ziggy Stardust, não o David Bowie.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Metal e HardMetal e Hard
Os álbuns mais vendidos nos EUA no 1º semestre

1318 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's1488 acessosFabio Lima: 13 músicas pelo Guns N' Roses1682 acessosGuns N' Roses: turnê com rappers N.W.A. quase rolou; Axl era fã1297 acessosWeezer: River Cuomo incorpora Axl Rose em festival0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Axl RoseAxl Rose
Escritor fala sobre a ansiedade e paranoia que ele sofre

Axl RoseAxl Rose
Ele não se considera o dono da melhor voz do mundo

Guns N RosesGuns N' Roses
A trágica história do baixista fundador que morreu afogado

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

The DoorsThe Doors
A mais famosa foto do fantasma de Jim Morrison

O Clube dos 27O Clube dos 27
17 roqueiros que sucumbiram à idade fatídica

Raul SeixasRaul Seixas
O alerta sobre as drogas em carta psicografada?

5000 acessosKerrang!: os 100 melhores álbuns de Rock em lista da revista5000 acessosNirvana: Krist Novoselic comenta o suicídio de Cobain5000 acessosCradle Of Filth: Dani Filth explica seu conceito de religião5000 acessosOzzy Osbourne: Um tocante tributo a Lemmy na Rolling Stone5000 acessosOriginalidade: 10 Bandas ou Projetos Inusitados5000 acessosFotos de banda: você acha aquela clássica do Manowar esquisita?

Sobre Vitor Rangel

Um carioca apaixonado pela boa música que no momento está cursando o 5º período de Publicidade na PUC-Rio. Teve seu primeiro contato com o rock ainda na infância, quando sua irmã colocava os discos de Iron Maiden e Pantera no toca-fitas de sua casa. Nos últimos anos, tem se dedicado inteiramente à música e à guitarra. Sua banda favorita é Metallica e também é fã incondicional de Zakk Wylde, Steve Vai e John Petrucci. Escuta de tudo um pouco, desde Madonna até Sepultura. Espera que um dia o Metallica ainda venha fazer um show no Brasil e não tem vergonha em dizer que chorou no show do Black Sabbath, em 2004, no Ozzfest.

Mais matérias de Vitor Rangel no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online