RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Em 07/07/1992: Dream Theater lançava "Images And Words", álbum que mudou sua história

Por Mateus Ribeiro
Postado em 07 de julho de 2022

O Dream Theater é o maior nome da história do metal progressivo, um dos estilos mais complexos e técnicos da música pesada. Formado nos anos 1980, o quinteto lançou grandes trabalhos durante a sua extensa e respeitável carreira. Um desses discos é o magnífico "Images And Words", que foi lançado dia 7 de julho de 1992.

Dream Theater - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Gravado por James LaBrie (vocal), John Petrucci (guitarra), John Myung (baixo), Mike Portnoy (bateria) e Kevin Moore (teclado), "Images And Words" é considerado (com razão) o melhor álbum do Dream Theater. O segundo trabalho do conjunto mescla técnica, melodia, feeling e muita competência, mostrando que o prog metal não é apenas "música feita para músicos", como costumam falar alguns detratores.

"Images And Words" mudou para sempre a história não apenas do Dream Theater, mas também do metal progressivo, que se tornou um gênero popular. Músicas como "Pull Me Under", "Another Day" e "Metropolis - Part I: The Miracle And The Sleeper" fizeram o mundo conhecer uma das bandas mais talentosas de todos os tempos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Veja abaixo outros fatos sobre esse registro magnífico, que até hoje faz a alegria de quem gosta de música de qualidade.

A troca de vocalista

"Images And Words" marca a estreia do vocalista canadense James LaBrie, que venceu cerca de 200 concorrentes e foi o escolhido para substituir Charlie Dominici, cantor do debut "When Dream And Day Unite", lançado em 1989.

Dono de uma voz potente e marcante, LaBrie ajudou a elevar o nível do Dream Theater. O frontman continua no posto até hoje.

A Guerra do Golfo quase atrapalhou os planos da banda

Antes de "Images And Words" ser lançado, as coisas não estavam muito legais pelos lados do Dream Theater. "Lembro-me que depois do nosso primeiro álbum, não tínhamos um cantor, não tínhamos contrato, nada estava dando certo", afirmou o guitarrista John Petrucci, durante entrevista concedida à revista Classic Rock.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como se não bastasse a falta de contrato e de um vocalista, existia outro problema: a Guerra do Golfo, conflito que aconteceu no Oriente Médio e contou com a "participação" dos Estados Unidos da América. "Então, a guerra estava acontecendo no Iraque, e não sabíamos se seríamos convocados".

Para a sorte dos integrantes da banda e dos fãs, nenhum músico foi convocado e o Dream Theater seguiu seu brilhante caminho.

Foi o disco que colocou a banda no mapa

O trabalho desempenhado pelo baterista (e membro fundador) Mike Portnoy é um dos destaques de "Images And Words". O batera, que saiu da banda em 2010, tem ótimas lembranças do álbum, como é possível ver a seguir.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Foi aqui que tudo decolou. O que posso dizer sobre ‘Images and Words’ que você ainda não sabe e não me ouviu dizer um milhão de vezes? Quero dizer, [o disco] mudou nossas vidas, nos colocou no mapa. Quando foi lançado, já éramos uma banda há sete anos, lutando, esperando, tentando, erro após erro, continuamos avançando e nos afastando, e continuamos firmes", disse Portnoy, em vídeo disponibilizado no seu canal do Youtube.

Apesar de ser o disco mais conhecido do Dream Theater, "Images And Words" não alcançou o sucesso do dia para a noite, como Mike revelou no mesmo vídeo acima citado. "Demorou alguns meses antes que algo acontecesse, nós nem começamos a turnê até o mês de setembro e não aconteceu nada até que [o álbum] começou a ganhar tração nas rádios e tocar na MTV por volta de setembro-outubro-novembro (...). E foi nosso primeiro álbum com James [LaBrie] na banda, e olhe para nós - este foi o auge do grunge, e de alguma forma nós sobrevivemos. Acho que talvez porque éramos muito diferentes disso, nos destacamos, e graças a Deus isso aconteceu porque aqui estou eu, ainda capaz de falar com vocês sobre isso depois de todos esses anos".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"The Greatest Hit"

A faixa de abertura de "Images And Words" é "Pull Me Under", música mais famosa do Dream Theater, que conseguiu uma façanha: emplacar nas estações de rádio, algo nada comum para uma banda de prog metal, ainda mais na época que o grunge estava na crista da onda. "O período do grunge, para nós, foi realmente ótimo. Foi exatamente quando ‘Images And Words’ foi lançado, e de alguma forma tivemos um hit radiofônico com ‘Pull Me Under’, que afetou todo o sistema", declarou Petrucci.

O fato de "Pull Me Under" ser o único hit da banda foi retratado no título da coletânea "Greatest Hit (...And 21 Other Pretty Cool Songs)", título que em português significa "O Maior Hit (... e Outras 21 Músicas Bem Legais)".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Another Day" e "Surrounded"

A segunda música do álbum é a magnífica balada "Another Day", que arranca lágrimas até mesmo do headbanger mais casca grossa. "Surrounded", a quarta faixa, também é muito tocante.

Os samplers em "Take The Time"

Com 8 minutos e 20 segundos de duração, "Take The Time" é uma das músicas mais legais de "Images And Words". No início da faixa, é possível ouvir as frases das músicas "Christmas Rappin'’, "Dancin' Fool" e "Power To The People", gravadas respectivamente por Kurtis Blow, Franz Zappa e Public Enemy.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A primeira parte de uma obra que se tornou um disco

A excelente "Metropolis - Part I: The Miracle And The Sleeper" é um dos maiores momentos da carreira do Dream Theater. A segunda parte da música foi lançada sete anos depois, mas como um disco, o magnífico "Metropolis, Pt.2: Scenes From A Memory".

O solo de guitarra em "Under A Glass Moon"

Qualquer pessoa que conheça o mínimo de música, sabe que John Petrucci é um exímio guitarrista. O talento e a técnica do músico podem ser notados em "Under A Glass Moon", que apresenta um solo de guitarra sensacional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |

Acredite se quiser: o Dream Theater tem uma música que dura 2 minutos e meio

O Dream Theater é conhecido por escrever músicas gigantescas, porém, no meio de longas canções, existe uma com 150 segundos de duração. A bela "Wait For Sleep" é um dueto que mostra os talentos de Kevin Moore e James LaBrie.

Encerramento com chave de ouro

"Learning To Live" encerra "Images And Words" com chave de ouro. Apesar de ter quase 12 minutos, a última faixa (que tem muitas mudanças de andamento) não enjoa em nenhum momento e é uma aula de metal progressivo.

Agora que você sabe um pouco mais sobre o disco mais emblemático do Dream Theater, que tal ouvir "Images And Words"? Aperte o play e boa viagem!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Álbum: "Images And Words"
Banda: Dream Theater
Data de lançamento: 7 de julho de 1992

"Pull Me Under"
"Another Day"
"Take The Time"
"Surrounded"
"Metropolis - Part I: The Miracle And The Sleeper"
"Under A Glass Moon"
"Wait For Sleep"
"Learning To Live"

James LaBrie: vocal
John Petrucci: guitarra
John Myung: baixo
Mike Portnoy: bateria
Kevin Moore: teclado

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Em 04/04/1995: Blind Guardian lançava o clássico Imaginations From The Other Side

Em 17/06/1997: Megadeth lançava o álbum Cryptic Writings


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS