Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemÁlbum histórico do Iron Maiden estampa capa da revista Metal Hammer

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemMetallica divulga vídeo de "Dirty Window" ao vivo em São Paulo

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte


Van Halen: o dia em que a banda abriu para o Bon Jovi

Por Artur de Figueiredo
Fonte: Youtube
Em 04/07/15

A manchete pode soar até como certa piada, mesmo se tratando de uma grande banda do outro lado que é o BON JOVI. Porém, não se pode deixar de falar que o VAN HALEN foi e é a base, referência do gênero, dentre 9 de 10 bandas, na década de 80, até hoje.

Quando? 1995. Anos que as duas bandas lançaram bons álbuns. A apresentação foi no Coliseu do Rock ‘n Roll, o estádio Wembley, Inglaterra, na capital Londrina.

BON JOVI vinha com o premiado "These Days", que foi indicado inclusive para o Grammy daquele ano, para ‘melhor álbum de Rock’. O álbum recebeu boa resposta da crítica, além de singles estourados pelo o mundo afora, como: a faixa que leva o nome do álbum, "These Days", as baladas "This ain’ t love song", "Lie to me", o petardo "Hey God". O play continha a leveza das baladas, aliada a musicalidade do guitarrista Richie Sambora, que mostrara todo o repertório de bons riffs, ótimos solos, com a base conhecida do músico, técnica, feeling, tudo na medida certa, trazendo elementos como groove de funk, o ‘punch’ do Hard/blues. Completando a cozinha, as composições do "Hitmaker", Desmond Child, o teclado de David Bryan, sempre efetivo, dando o feeling para um álbum cheio de energia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tico Torres dá todo balanço, literalmente, as cartas, aliando peso, velocidade, suingue, uma musicalidade genuína. Jon Bom Jovi, completa com louvor, dando o toque de final de sensibilidade nos momentos de calmaria e raiva nas notas altas, rasgadas.

Do outro lado, VAN HALEN, lança o álbum "Balance" como intitulado, um play cheio de equilíbrio, que mostra o nível de excelência em composições com a pegada característica, "virtuose", "energia", cada canção, um petardo ‘Hardiosônico’.

Os singles "Can’ t stop Loving you", "Don tell me" e "Not Enough", alavancaram as vendas e coincidentemente, as baladas deram o tempero emocional que a banda tanto buscava. "Can’t Stop Loving you", virou até trilha de novela ‘teen’ brasileira, a tão hoje criticada, "Malhação". "Don’ t tell me" traz o riff seco e direto, característico de Edward Van Halen e a voz rasgada de Sammy Haagar, enchendo de ‘power’, uma música pra sair cantarolando, com rádios no último volume, literalmente, sem vergonha de pagar qualquer ‘mico’. "Seventh Seal" e "Amsterdam" colocaram a identidade, o selo de qualidade VAN HALEN, riffs matadores, ótimos Backing Vocals, com Michael Anthony, o baixista ‘pulsante’, que dá o som visceral, com as notas altas de seu baixo, seco, direto, aliada a sutileza e eficiência, fundamental nas linhas melódicas da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ambos os álbuns foram lançados numa época em que o Hard Rock estava em decadência em decorrência do crescimento do Grunge no MAINSTREAM americano, gênero esse que morreu, com a mesma velocidade que nasceu.

Apesar da hierarquia, "These Days" alçou voos mais altos que o "Balance" e a abertura do VAN HALEN para o BON JOVI, apesar de soar utópico, acabou se tornando uma espécie de sonho realizado para o BON JOVI, uma vez que a banda tem o VH como uma das principais influências em sua carreira.

Confiram alguns áudios e vídeos das apresentações


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Rock Till You Drop: Van Halen (vídeo)



Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Artur de Figueiredo

Meu nome é Artur de Figueiredo, músico, jornalista, sou apaixonado por hard rock, Heavy Metal, desde meados da década de 90. Desde a minha graduação em 2008 na área da comunicação, como jornalista, venho colaborando para o Whiplash com matérias do nosso Underground. Sou colaborador dos sites Stay Heavy, Solid Rock. Tive um sonho realizado, escrever para a Roadie Crew. Venho através do meu blog, atualizando todos headbangers, tudo sobre o nosso Metal Underground. Como influência, de Prog Metal, passando por AOR, Heavy, Hard, Thrash, sinfônico, entre outros.

Mais matérias de Artur de Figueiredo.