Van Halen: o dia em que a banda abriu para o Bon Jovi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Artur de Figueiredo, Fonte: Youtube
Enviar Correções  

A manchete pode soar até como certa piada, mesmo se tratando de uma grande banda do outro lado que é o BON JOVI. Porém, não se pode deixar de falar que o VAN HALEN foi e é a base, referência do gênero, dentre 9 de 10 bandas, na década de 80, até hoje.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando? 1995. Anos que as duas bandas lançaram bons álbuns. A apresentação foi no Coliseu do Rock ‘n Roll, o estádio Wembley, Inglaterra, na capital Londrina.

BON JOVI vinha com o premiado "These Days", que foi indicado inclusive para o Grammy daquele ano, para ‘melhor álbum de Rock’. O álbum recebeu boa resposta da crítica, além de singles estourados pelo o mundo afora, como: a faixa que leva o nome do álbum, "These Days", as baladas "This ain’ t love song", "Lie to me", o petardo "Hey God". O play continha a leveza das baladas, aliada a musicalidade do guitarrista Richie Sambora, que mostrara todo o repertório de bons riffs, ótimos solos, com a base conhecida do músico, técnica, feeling, tudo na medida certa, trazendo elementos como groove de funk, o ‘punch’ do Hard/blues. Completando a cozinha, as composições do "Hitmaker", Desmond Child, o teclado de David Bryan, sempre efetivo, dando o feeling para um álbum cheio de energia.

Tico Torres dá todo balanço, literalmente, as cartas, aliando peso, velocidade, suingue, uma musicalidade genuína. Jon Bom Jovi, completa com louvor, dando o toque de final de sensibilidade nos momentos de calmaria e raiva nas notas altas, rasgadas.

Do outro lado, VAN HALEN, lança o álbum "Balance" como intitulado, um play cheio de equilíbrio, que mostra o nível de excelência em composições com a pegada característica, "virtuose", "energia", cada canção, um petardo ‘Hardiosônico’.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os singles "Can’ t stop Loving you", "Don tell me" e "Not Enough", alavancaram as vendas e coincidentemente, as baladas deram o tempero emocional que a banda tanto buscava. "Can’t Stop Loving you", virou até trilha de novela ‘teen’ brasileira, a tão hoje criticada, "Malhação". "Don’ t tell me" traz o riff seco e direto, característico de Edward Van Halen e a voz rasgada de Sammy Haagar, enchendo de ‘power’, uma música pra sair cantarolando, com rádios no último volume, literalmente, sem vergonha de pagar qualquer ‘mico’. "Seventh Seal" e "Amsterdam" colocaram a identidade, o selo de qualidade VAN HALEN, riffs matadores, ótimos Backing Vocals, com Michael Anthony, o baixista ‘pulsante’, que dá o som visceral, com as notas altas de seu baixo, seco, direto, aliada a sutileza e eficiência, fundamental nas linhas melódicas da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ambos os álbuns foram lançados numa época em que o Hard Rock estava em decadência em decorrência do crescimento do Grunge no MAINSTREAM americano, gênero esse que morreu, com a mesma velocidade que nasceu.

Apesar da hierarquia, "These Days" alçou voos mais altos que o "Balance" e a abertura do VAN HALEN para o BON JOVI, apesar de soar utópico, acabou se tornando uma espécie de sonho realizado para o BON JOVI, uma vez que a banda tem o VH como uma das principais influências em sua carreira.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confiram alguns áudios e vídeos das apresentações

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Capas de álbuns: algumas curiosidades e históriasCapas de álbuns
Algumas curiosidades e histórias

Sepultura: Derrick Green elege seus 10 vocalistas preferidos do heavy metalSepultura
Derrick Green elege seus 10 vocalistas preferidos do heavy metal


Sobre Artur de Figueiredo

Meu nome é Artur de Figueiredo, músico, jornalista, sou apaixonado por hard rock, Heavy Metal, desde meados da década de 90. Desde a minha graduação em 2008 na área da comunicação, como jornalista, venho colaborando para o Whiplash com matérias do nosso Underground. Sou colaborador dos sites Stay Heavy, Solid Rock. Tive um sonho realizado, escrever para a Roadie Crew. Venho através do meu blog, atualizando todos headbangers, tudo sobre o nosso Metal Underground. Como influência, de Prog Metal, passando por AOR, Heavy, Hard, Thrash, sinfônico, entre outros.

Mais matérias de Artur de Figueiredo no Whiplash.Net.

Cli336 GooInArt Goo336 Cli336 Goo336 Goo336 CliIL Goo336