Bruce Dickinson: sua primeira gravação e sua vida antes do Samson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Adriano Ribeiro, Fonte: Wikipedia, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Aos 19 anos, em 1977, o hoje vocalista do IRON MAIDEN, BRUCE DICKINSON, conheceu Paul Dickinson "Noddy" White, um multi-instrumentista que era dono de um PA e outros equipamentos, com quem Dickinson, juntamente com o baterista Steve Jones, formaria uma banda chamada SPEED. De acordo com Dickinson, a banda chamava-se Speed por causa da maneira veloz com que tocavam. No Speed, Dickinson começou a escrever seu próprio material, após White lhe ensinar a tocar três acordes na guitarra.

Tarja: agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000Deep Purple: o riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar do Speed ter realizado diversas apresentações no pub "Green Man", em Plumstead, a banda não durou muito tempo, mas Dickinson sentiu-se incentivado para continuar a trabalhar para tornar-se um músico. Ele viu um anúncio no Melody Maker: "Procura-se cantor para projeto de gravação", e respondeu imediatamente. Ele gravou uma fita demo e enviou-a com uma nota que dizia: "A propósito, se você achar meu canto uma porcaria, há algumas coisas de John Cleese gravadas no outro lado da fita que você pode achar divertido". A banda, SHOTS, formada por dois irmãos, Phil e Doug Siviter, gostou do que ouviu e convidou Dickinson ao estúdio para fazer "Dracula", a primeira canção que ele gravaria em sua carreira. Esta música, mais tarde, foi lançada no segundo disco da coletânea "The Best of Bruce Dickinson". Os irmãos ficaram impressionados com as habilidades vocais de Dickinson e o convidaram para se juntar à banda.

Dickinson tocou com o SHOTS em bares que tinham estrutura para pequenos públicos. Em determinada noite, Dickinson parou de repente no meio de uma música e começou a entrevistar um homem na platéia, que aparentava não prestar atenção suficiente. A reação do público foi tão boa que, então, passou a fazer isso todas as noites, até que isso se tornasse uma rotina usada para atrair a atenção. Dickinson afirma que foi esta experiência que lhe ensinou a ser um frontman.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O próximo passo na carreira de Dickinson foi dado em um pub chamado "Prince of Wales", em Gravesend, Kent, onde o SHOTS tocava frequentemente, quando Barry Graham ("Thunderstick") e Paul Samson assitiram a uma dessas apresentações. Impressionados com sua performance, eles conversaram com Dickinson e depois o convidaram para ser seu novo vocalista. Dickinson concordou e foi assim que ingressou ao SAMSON.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Bruce Dickinson"Todas as matérias sobre "Iron Maiden"Todas as matérias sobre "Samson"


Iron Maiden, o original: Harris sabia de nossa existênciaIron Maiden, o original
"Harris sabia de nossa existência"

Heavy Metal: 25 bandas que fizeram o gênero ser o que éHeavy Metal
25 bandas que fizeram o gênero ser o que é


Tarja: agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000Tarja
Agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000

Deep Purple: o riff de Smoke on the Water foi criado por Tom Jobim?Deep Purple
O riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?


Sobre Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é fã xiita do Iron Maiden, daqueles que não perdoa até hoje Bruce e Adrian por terem saído da banda - e não importa se voltaram. Nas horas vagas, tem como hobby conhecer seus ídolos na música, conseguindo com eles fotos e autógrafos.

Mais matérias de Adriano Ribeiro no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280