Motorhead: Ace of Spades e a "mão do homem morto"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 


WILD BILL HICKOK é uma daquelas figuras às quais realidade e ficção são plasmadas a tal ponto em que fica difícil saber: trata-se de uma figura histórica ou uma personagem da filmografia de JOHN FORD? O homem não só existiu como, além de ter convivido com BUFFALO BILL e CALAMITY JANE (pois é, eles também foram vultos históricos), lutou na Guerra Civil Americana, foi condutor de diligências, xerife e, nas horas vagas, jogador de pôquer. Foi assim que, em 2 de agosto de 1876, no Saloon Nuttal & Mann's #10 de Deadwood, WILD BILL foi assassinado com um tiro na nuca, disparado por JACK McCALL (que posteriormente foi condenado à forca pelo fato), quando estava sentado de costas para a porta.
5000 acessosBill Ward: os dez discos de metal favoritos do baterista5000 acessosQuiet Riot: quebrando disco de banda brasileira em 1985

Roteiro de filme? Para aumentar a dramaticidade da trama, consta que o xerife caiu segurando a "mão" com dois ases de espada e dois oitos - por motivos óbvios, essa é conhecida como “a mão do homem morto”. De acordo com as representações da figura de WILD, o mesmo era alto, cara de poucos amigos, famoso por seu bigode e, claro, sempre trajado de botas e chapéu.

Em sua lápide está escrito: "Aumentando a aposta, eu sei que você tem que pagar pra ver. Leia-as e chore, a mão do homem morto novamente" - não, essa parte é brincadeira! Trata-se do trecho de uma canção que deu fama a um outro sujeito alto, bigodudo e enfezado.

“Ace of Spades" é aparentemente imbatível no gosto do público, mas eu sempre soube que não era uma boa canção. Escrevê-la foi apenas um jogo de palavras - um clichê. Fico feliz que tenha nos tornado famosos; mas eu cantei 'O Oito de Espadas' (nota: “The Eight of Spades”, do original) por dois anos, e ninguém reparou”, afirmou LEMMY KILMISTER, fã de CLINT EASTWOOD e também colecionador de artefatos da Guerra Civil, para a Revista Mojo em 2011. Traçando uma analogia entre os jogos e os riscos da vida, “Ace of Spades” (a faixa) tornou-se o maior clássico do MOTORHEAD em um disco homônimo que, a propósito, alguém se lembra da capa?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 25 de abril de 2014

Bill WardBill Ward
Os dez discos de metal favoritos do baterista

1640 acessosMotorhead: biografia mostra o quão Lemmy era único1446 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's445 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta309 acessosMetal Maya: Homenagem a Lemmy e Burton no Dia dos Mortos no México1363 acessosPhil Campbell: solo terá Dee Snider e Matt Sorum, além de Halford0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

EuropeEurope
Toco de Lemmy, pito de Freddie, mijada com Axl Rose

Guitar WorldGuitar World
10 Álbuns clássicos essenciais do Metal

Lemmy no GrammyLemmy no Grammy
Um tributo digno com Alice Cooper, Johnny Depp e Duff McKagan

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Quiet RiotQuiet Riot
Quebrando disco de banda brasileira em 1985

David BowieDavid Bowie
Muito mais assustador do que Michael Jackson

SlipknotSlipknot
Banda trolla repórter da Multishow antes de show no RIR

5000 acessosQueen: ouça a voz isolada de Freddie Mercury em clássicos5000 acessosIron Maiden: O que a equipe consome quando vai a um pub?5000 acessosSlipknot: Demissão de Joey Jordison foi a decisão mais difícil da carreira5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19895000 acessosIron Maiden: poster de Eddie está assustando criancinhas alemãs3325 acessosAvenged Sevenfold: baterista de 10 anos detonando "Nightmare"

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online