Sabbath Bloody Sabbath: a história da capa do clássico

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em 1973, forças estranhas invadiam o mundo midiático: inundados em sangue e vísceras, filmes como “O Exorcista” e “O Massacre da Serra Elétrica” mostravam a coincidência entre o auge da era gore e a força do terror psicológico de clássicos como “O Homem de Palha”. Assim como a temática do SABBATH, anos antes, havia se orientado pelo sinistro teor das letras e os trítonos ameaçadores, nesse mesmo ano, eles lançaram um clássico absoluto que, para “piorar” figurava com uma das melhores capas da história do metal.

Lançado em dezembro de 1973, o álbum se arriscou por uma seara mais experimentalista, misturando toques de progressivo à massa sonora metal, ungindo clássicos indiscutíveis como “Sabbra Cadabra”, “ A National Acrobat” e a própria faixa título. Na capa, a grande cereja do bolo: concebida por DREW STRUZAN – artista que dominou Hollywood nos anos 80 fazendo os cartazes de “Blade Runner”, ‘De Volta para o Futuro”, “Rambo” e mais um sem-número de clássicos- a representação do homem tendo pesadelos com alegorias satânicas, emoldurada pela representação do número da besta junto ao crânio e os braços estendidos no topo do leito. Um dado curioso - e improvável nessa época de downloads - é a concepção do verso da capa: nas primeiras edições, a imagem abaixo representa a visão oposta da cena, claramente simbolizando o dualismo entre luz e sombra.

Leia mais sobre a arte de Drew Struzan no link abaixo.
1905 acessosDrew Struzan: arte nas capas do Sabbath, Alice Cooper e outros

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 25 de abril de 2014
Post de 26 de abril de 2014

KrisiunKrisiun
Banda agradece e Bill Ward conta como conheceu os brasileiros

770 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?153 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa1429 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
Os DEZ vocalistas que passaram pela banda

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
"Eu detesto a expressão Heavy Metal!"

Black SabbathBlack Sabbath
Imagens inéditas de 1970 surgem no Youtube

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

SlayerSlayer
Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

Cristina ScabbiaCristina Scabbia
Cantora fala sobre seus seios e Playboy

Fascínio pelo terrorFascínio pelo terror
Cinco bandas que dão medo

5000 acessosCristina Scabbia: cantora fala sobre seus seios e Playboy5000 acessosOzzy Osbourne: comendo oferenda de macumba no Rock in Rio5000 acessosBlack Metal: o cotidiano fascinante dos fãs adolescentes5000 acessosGaleria - Musas do Metal5000 acessosEm vídeo: Seguidores do Demônio, as 10 bandas mais perigosas segundo pastor americano5000 acessosKiss: filho de Gene Simmons desmistifica pai

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online