Sabbath Bloody Sabbath: a história da capa do clássico

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em 1973, forças estranhas invadiam o mundo midiático: inundados em sangue e vísceras, filmes como “O Exorcista” e “O Massacre da Serra Elétrica” mostravam a coincidência entre o auge da era gore e a força do terror psicológico de clássicos como “O Homem de Palha”. Assim como a temática do SABBATH, anos antes, havia se orientado pelo sinistro teor das letras e os trítonos ameaçadores, nesse mesmo ano, eles lançaram um clássico absoluto que, para “piorar” figurava com uma das melhores capas da história do metal.

Lançado em dezembro de 1973, o álbum se arriscou por uma seara mais experimentalista, misturando toques de progressivo à massa sonora metal, ungindo clássicos indiscutíveis como “Sabbra Cadabra”, “ A National Acrobat” e a própria faixa título. Na capa, a grande cereja do bolo: concebida por DREW STRUZAN – artista que dominou Hollywood nos anos 80 fazendo os cartazes de “Blade Runner”, ‘De Volta para o Futuro”, “Rambo” e mais um sem-número de clássicos- a representação do homem tendo pesadelos com alegorias satânicas, emoldurada pela representação do número da besta junto ao crânio e os braços estendidos no topo do leito. Um dado curioso - e improvável nessa época de downloads - é a concepção do verso da capa: nas primeiras edições, a imagem abaixo representa a visão oposta da cena, claramente simbolizando o dualismo entre luz e sombra.

Leia mais sobre a arte de Drew Struzan no link abaixo.
1929 acessosDrew Struzan: arte nas capas do Sabbath, Alice Cooper e outros

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 25 de abril de 2014
Post de 26 de abril de 2014

Black SabbathBlack Sabbath
"Podemos fazer alguns shows pontuais", diz Iommi

896 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo1894 acessosBlack Sabbath: veja unboxing da "The Ten Year War"1286 acessosDoom Metal: os 25 maiores álbuns do gênero0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
Os melhores e os piores discos da banda

DioDio
Os álbuns com o vocalista, do pior para o melhor

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
A morte anda assombrando o madman

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Heavy MetalHeavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo

Raul SeixasRaul Seixas
Por trás da letra de "Carimbador Maluco"

Dave MustaineDave Mustaine
A bizarra semelhança com um Cocker Spaniel

5000 acessosMúsica Brasileira: Quais os discos mais vendidos da história?5000 acessosPhil Anselmo: Vocalista explica e se retrata por episódio racista5000 acessosMotley Crue: Vince Neil detona Sharon Osbourne em biografia4595 acessosPassado rico & distante: Os 100 álbuns mais vendidos da história4002 acessosAnselmo: "se Dimebag fosse vivo, estaríamos tocando juntos"5000 acessosGene Simmons: "Quero saber a verdade sobre Michael Jackson"

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online