Resenha - We Are Chaos - Marilyn Manson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gabriel Albuquerque
Enviar Correções  

MARILYN MANSON escreveu seu 11º álbum de estúdio antes do início da pandemia. No entanto, captura a essência desta era turbulenta. Com "We Are Chaos", o artista percorre a trajetória que sua carreira musical vem percorrendo e continua o bom trabalho do disco "Heaven Upside Down" de 2017.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum em geral pode ser classificado como um misto de hard rock, new wave e glam metal além de apresentar influências claras de DAVID BOWIE, THE BEATLES E DEPECHE MODE.

"Red, Black and Blue" abre o álbum com um monólogo sinistro e logo se desenvolve para um glam metal com riffs agressivos e um refrão enérgico. Destaque também para os sintetizadores que são utilizados em alguns momentos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"We Are Chaos", a faixa título e primeiro single liberado, apresenta bastante influência de DAVIDE BOWIE e THE BEATLES, a faixa segue quase acústica e tem um refrão bem memorável.

"Don’t Chase The Dead" pode ser defindida como um stoner rock, com clara influência dos anos 70, o teclado nessa faixa é bem presente e dá um andamento interessante para o refrão da música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Paint You With My Love" é a grande balada do álbum, e possivelmente uma das melhores que o cantor já compôs. O piano é o destaque aqui. Além disso, a música se transforma a partir da sua segunda metade e se torna mais enérgica.

"Half-Way & One Step Forward" é guiada por um teclado que nos remete a bandas de new wave dos anos 80. DEPECHE MODE parece ter sido uma grande influência. A faixa tem uma atmosfera um pouco sombria, e se mantém sem grandes alterações.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Infinite Darkness" inicia a segunda metade do álbum. É uma faixa bastante industrial e uma das mais agressivas do álbum. O baixo antes do refrão é o destaque por dar uma atmosfera sombria quase cinematográfica.

"Perfume" é um glam metal em sua essência. Tudo em sua composição é "chiclete", mas não de uma forma ruim. Lembra bastante os primeiros álbuns do artista.

"Keep My Head Together" abre com os vocais de Manson de maneira sombria, lembrando o álbum "EAT ME, DRINK ME". Mas os destaques da faixa são as linhas de baixo e seu solo de guitarra além da frase "I fuckin’ love you I love fuckin’ you".

"Solve Coagula" apresenta uma atmosfera de despedida, poderia ser facilmente colocada como a última faixa do álbum. É uma faixa que remete bastante o "Mechanical Animals".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Broken Needle" é a balada que fecha o álbum. Quase acústica, aqui o sentimento que predomina é de desolação e tristeza. Durante a faixa há pitadas de piano que a tornam mais rica musicalmente o que faz com que seja uma boa maneira de encerrar o álbum.

No mais, "We Are Chaos" é um álbum que cumpre sua função. Há músicas mais enérgicas, como também há aquelas mais contemplativas. Não se trata da grande obra-prima do artista, mas com certeza não está entre os álbuns mais fracos.

publicidade


Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 GooAdHor Cli336 WhiFin