Matérias Mais Lidas

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden está ensaiando para turnê que passa pelo Brasil

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemJames LaBrie fala sobre a possibilidade de trabalhar novamente com Mike Portnoy

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemO segredo da longevidade do baixista do Guns N' Roses tem inspiração nos Stones

imagemMalmsteen ameaça cancelar show por que vocalista Jeff Scott Soto estava no local

imagemVangelis, compositor de cinema e lenda do prog rock grego, morre aos 79 anos

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemQuando Pete Townshend faltou a um show do The Who pra ir assistir o Pink Floyd

imagemLes Claypool, do Primus, explica por que não se tornou baixista do Metallica

imagemTico Santta Cruz sai em defesa de Juliette na polêmica com Samantha Schmutz


Stamp

Megh Stock: explorando ambientes jazzísticos em "Da Minha Vida Cuido Eu"

Resenha - Da Minha Vida Cuido Eu - Megh Stock

Por Jorge Felipe Coelho
Em 15/05/20

A primeira vez que vi Megh Stock foi em fevereiro de 2006 de forma impactante. Em uma promoção de jornal havia ganhado CD e ingressos para curtir a badalada turnê MTV Ao Vivo do Barão Vermelho que passaria pela Fundição Progresso, no Rio. Todos estavam ansiosos pela entrada do Barão, mas antes teríamos uma banda de abertura ainda pouco conhecida, chamada "Luxúria".

Foram cerca de quarenta minutos de apresentação em que, desde a entrada de Megh até a sua saída, eu e meus amigos presentes não conseguimos tirar a atenção daquele som de personalidade forte e da presença de palco da cantora de voz rasgada. Foi uma noite de um aguardado show onde a abertura foi ainda mais surpreendente. Depois disso, para conhecer melhor, comprei o ótimo disco do Luxúria e fui em shows da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O grupo conseguiu um sucesso nacional colocando clipes na MTV, emplacando trilha sonora na novela Malhação e abrindo shows do Evanescence no Brasil em 2007. Contudo, fui pego de surpresa em 2009 com o rompimento da banda que sempre vi com grande potencial. Felizmente Megh Stock mostrou que haveria uma continuação com seu nome e uma abordagem sonora que fundia rock com jazz e blues.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lançado em 2009, Da Minha Vida Cuido Eu é o primeiro álbum que leva o nome da cantora e compositora. Gravado pelos músicos que já estavam na antiga banda, das 12 faixas, 8 são assinadas exclusivamente pela vocalista e 4 por ela e seus parceiros. O disco investe na dinâmica musical pretendida por Megh e, diferente do tempo de Luxúria, traz muito sopro, cordas e piano. O naipe de metal dá as caras na faixa título, um bom jazz rock. "O Filme" e "Contra o Sol" são lindas baladas cantadas de forma suave por Megh e embelezadas por arranjos de cordas.

A nuance jazzística é ainda mais forte na música "Inveja" e sua sucessora e melhor faixa do álbum "Ele Se Sente Só". Aqui, a introdução lembra um clima meio "Clube de Cassino" e os ataques dos instrumentos de sopro e a linha de baixo são a alma da canção. Um rock direto é ouvido em "Personagens", momento do trabalho em que as guitarras falam mais alto e mostram de onde Megh veio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Megh ainda lançou um outro trabalho com seu nome em 2011 e hoje tem se dedicado à sua família e fé religiosa em São José dos Campos, sua cidade natal. Eu curto o som pesado do Luxúria, mas gosto ainda mais desse trabalho que leva o nome da sua vocalista. O álbum deixa claro a personalidade multifacetada de uma compositora de alma e atitude rock n’ roll perseguindo tons mais swingados para seu quadro sonoro.

Faixas:

1."Da Minha Vida Cuido Eu"
2."Sofá Emprestado"
3."Mãos que Consertam"
4."O Filme"
5."Inveja"
6."Ele se Sente Só"
7."Lisos Abraços"
8."A Porta"
9."Contra o Sol"
10."Caderno de Riscos"
11."Personagens"
12."Feita de Papel (Faixa Bônus)"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia mais no Boletim do JF, disponível no link abaixo:
https://radiocatedraldorock.com/?p=553

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Jorge Felipe Coelho

Quando criança, lia as letras dos encartes e ouvia discos de vinil na saleta de casa antes e depois de ir pra escola. Aos 9 anos de idade já tinha ido ao seu primeiro show guitarreiro. Hoje, administrador de formação, colaborou com a Rádio Cult FM, faz o Boletim do JF na Rádio Catedral do Rock e o Podcast Faixa a Faixa do Rock, continuando a ouvir, falar e escrever sobre a sua paixão: o rock n' roll.

Mais matérias de Jorge Felipe Coelho.