RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemRodinha de mosh gigantesca em show do System of a Down viraliza e impressiona

imagemQuem ganhou e quem devia ter ganhado o Grammy de metal desde 1989, segundo Loudwire

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de "Gita"

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemVeja o que esperar da turnê do Mayhem no Brasil

imagemRússia pede para que Roger Waters fale com a ONU sobre a situação da Ucrânia

imagemAs 20 melhores músicas do Nightwish, em lista da Metal Hammer

imagemO maior disco de heavy metal da história, na opinião de Doro Pesch

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemTommy Lee posta (mais um) nude em suas redes sociais

imagemBruce Dickinson explica como cuida de sua voz

imagemComo o maior riff da história do Rock foi roubado do Brasil

imagemIron Maiden está atrás de George Michael e Cyndi Lauper em votação do Rock Hall Of Fame

imagemRoger Waters ataca a Ucrânia e é ofendido por esposa de David Gilmour


Def Leppard Motley Crue 2

Beto Bruno: em bela estreia solo, a vida pós-Cachorro Grande

Resenha - Depois do Fim - Beto Bruno

Por Ricardo Seelig
Postado em 22 de agosto de 2019

Beto Bruno liderou a Cachorro Grande por vinte anos. A parceria com o guitarrista Marcelo Gross transformou a banda gaúcha em um dos últimos ícones do rock brasileiro, com discos que marcaram época. Nessas duas décadas ouvimos as explosões de fúria e espontaneidade da auto intitulada estréia (2001) e "As Próximas Horas Serão Muito Boas" (2004), a nítida evolução e o refinamento melódico apresentado em "Pista Livre" (2005), a maturidade de "Todos os Tempos" (2007), a solidez de "Cinema" (2009) e "Baixo Augusta" (2011), a criatividade e o experimentalismo de "Costa do Marfim" (2015) e o confuso flerte com a eletrônica em "Electromod" (2016).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma história repleta de excessos, refletidos na mudança física percebida claramente em todos os integrantes, e que também deixou faixas que se transformaram em clássicos como "Lunático", "Sexperienced", "Debaixo do Chapéu", "Hey, Amigo!", "Você Não Sabe o Que Perdeu", "Bem Brasileiro" (minha música favorita em toda a história da banda), "Sinceramente", "Roda-Gigante", "Na Sua Solidão" e muitas outras. Ou seja, valeu a pena.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assim como sua cara metade – Marcelo Gross saiu da banda em 2018 devido a problemas pessoais e já lançou dois discos, "Use o Assento para Flutuar" (2013) e o ótimo duplo "Chumbo & Pluma" (2017) -, Beto Bruno agora experimenta a vida pós-Cachorro Grande com "Depois do Fim", seu primeiro álbum solo, e vai surpreender os fãs.

Beto montou uma nova banda com parceiros das antigas e novos brothers. Gustavo X, substituto de Gross na Cachorro, e Pedro Pelotas, tecladista e pianista da banda, fazem parte do novo combo. Henrique Cabreira e Rodrigo Tavares vêm nas guitarras, Sebastião Reis (filho de Nando Reis, ex-Titãs) assume os violões e mandolin e Eduardo Schuler senta na bateria. Cabreira e Schuler vem direto da Doris Encrenqueira, uma das revelações do rock gaúcho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O resultado é um disco que trilha por sonoridades bastante distintas. "Depois do Fim" apresenta dez faixas e transita pelas diferentes influências que Beto explorou ao longo de sua carreira, algumas de maneira mais clara e outras de forma mais sutil. Há os rocks ferozes e com pegada clássica de "Por Isso Meu Samba é Diferente", "Não é Todo Mundo Que Tá de Boa Contigo" (cuja letra parece soltar umas alfinetadas em Gross) e "Digby, O Maior Cão do Mundo", mas também o lado mais psicodélico e lisérgico de Bruno. "Porque Eu Te Amo Muito e Há Tanto Tempo" une The Byrds a Júpiter Maçã, e a música que batiza o disco é a mais pop do trabalho, com um certo tempero do Skank de "Cosmotron" (2003). "Porco Garrafa" revisita o universo de "Electromod", porém com resultados muito superiores, enquanto "A Mais Linda do Verão" é uma balada agreste e bucólica.

No meio disso tudo, a chapada "Marlon Brando, Beatles e Pelé" mostra a banda brincando com sonoridades vindas diretamente da San Francisco do final dos anos 1960 e início dos 1970, em uma canção que só não é instrumental porque o vocalista fala o título da faixa em seu final. A abertura e o encerramento com as vinhetas siamesas e psicodélicas "A Ruptura da Linearidade do Tempo" e "... Ou Provavelmente Estarei Dormindo" intensificam o sentimento de mudança, afastando o disco de tudo que a Cachorro Grande fez antes.

"Depois do Fim" mostra, ao mesmo tempo, aspectos familiares da personalidade musical de Beto Bruno e outros nem tanto. E essa pluralidade funciona muito bem, pois revela que o vocalista, já com duas décadas de estrada nas costas, ainda tem cartas na manga para entregar boas canções e surpresas agradáveis pelo caminho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O resultado é um belo disco e um ótimo recomeço para uma das vozes mais marcantes do rock brasieiro.

"Depois do Fim" será lançado em CD, LP e nos formatos digitais pelo 180 Selo Fonográfico nesta sexta, 23 de agosto.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.
Mais matérias de Ricardo Seelig.