Caos no Deco: "Crossover, Hard Core Punk, anti-direita sempre"

Resenha - Caos no Deco - Vários Artistas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Willba Dissidente
Enviar correções  |  Ver Acessos

Um verdadeiro mural da cena do Hard Core paulista (não só paulistana) na segunda metade da década de 2010. Talvez uma capsula do tempo para os telespectadores do futuro sacarem como foi essa época para o HxCX. O que o DVD "Caos no Deco" mostra sendo rodado agora ou no futuro é um show que demorou três meses para produzido, totalmente no DO IT YOURSELF (faça você mesmo ou DxIxYx): cada membro da platéia pagou o quanto quis ou podia para curtir o som, ou nem pagou, e bandas verdadeiras que acreditam nesse som e se esforçaram ao máximo para que o mesmo acontecesse. O conteúdo mostra a crueza, a força do H.C, registrado por cinco câmeras com ótima qualidade de som, imagem e luz, em borduada contra a sociedade burguesa.

Bandas Iniciantes: 11 cagadas que vocês NAO podem cometerNicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Pequena casa de shows cheia em Guarulhos em que quatro bandas de HxCx se apresentaram. O recortado para integrar o DVD são quatro músicas de cada banda. Não o começo de cada show. Não o final. Algo do meio para mostrar o cerne, o miolo, o recheio de cada atuação. As vezes são quatro canções na sequência, por vezes há cortes, em noutras há discursos, mas sempre música rápida e pesada em voga.

O show já começa em meio a um discurso contra o então presidente Temer do MOLLOTOV ATTACK feito pelo guitarrista Cyco em que ele questiona o sofrimento do trabalhador (não do empregador como fez o presidente seguinte). Crítica essa abrangente que leva sempre a "Resistência, Ódio, Indignação". Na sequência vem "O Homem é o que o Homem Faz" (que sem a participação de Gepeto do AÇAO DIRETA / LETALL leva Bollaxa e Cyco a dividirem as vozes), "Guerra Santa" e "Já Basta" (em que o baixista e vocalista Bollaxa faz um discurso contra todos os políticos). Encerrado o show do power-trio antifascista de São Bernando do Campo que fez a abertura do evento, que na ocasião foi decidida de maneira aleatório pelos grupos.

Banda mais velha da copilação, o ESTADO ALTERADO está ativo desde 1995. Abrindo com "Resistir" se nota que o Deco Rock Bar está mais cheio e a galera participando mais; não só dos moshs, mas cantando também os temas (o vocalista chega a entregar o microfone para a galera). "Um grito de Revolta", "Domínio Público" e "Você não acreditou" (em que o vocal e o guitar dividem as vozes) encerram a participação dos idealizadores do DVD. É massa ver a galera do MOLLOTOV ATTACK, que haviam acabado de tocar, no mosh, assim como as meninas também estavam com tudo - e sendo respeitadas - nas rodas de pogo.

Se auto-declarando "o lado C do hardcore", o Cumbica Roots Treze, CR13, é um quarteto H.C. com vocais guturais que está desde 2011 soltando"fogo Cruzado", pra todo mundo, até pros "Mendigo". "Filhos da Escória" tem a maior roda filmada em todo o evento e a faixa "Never Rot" é a única em inglês da apresentação. Assim como os outros gruops as músicas até aqui tem menos de três minutos, sendo que alguns do shows não chegam a um sexto de hora.

Também de Guarulhos e de 2011, o GUETTO HxCx é a banda de cabeludos cujo som do HC/ Punk é com mais pitadas de Thrash Metal. Sem discurso e descendo a lenha, a laje e a porrada. Logo no tema de abertura há participação de Diego Neuro, vocal do AUDIOZUMB (ou, o menino de moletom cinza que estava curtindo todos os shows). Com mais solos, inclusive de baixo em "Válvula de Escape" e sons mais compridos que as outras bandas, o grupo vem com sangue nos olhos, só falando com a platéia para contar da importância do SK8 para os integrantes em alocução feito pelo vocal e baixista, que parece o cerimonialista do filme Mad Max Além da Cúpula do Trovão. "Violência Urbana" encerra o rolê, mas o DVD ainda tem mais a oferecer.

Além dos shows o DVD conta com bônus bem legais que são entrevistas das bandas com duração hard core também de 2 a 5 minutos. No geral, os grupos são filmados logo após de tocar em locais diferentes do Deco Rock bar: na mesa de sinuca, no bar, em frente ao grafite do Eddie do IRON MAIDEN, enquanto a bateria é montada ou desmontada com captação ambiente. Via de regra, as bandas contam sua própria história, como se formaram, o porquê de terem acabado e voltado (o MOLLOTOV ATTACK, por exemplo, conta da substituição do guitarrista Madruga por Cyco), mas todas concordam que o DIY funciona e o HC está ai vivo e forte.

Ainda assim, nem tudo são louros nessa histórica gravação da Insanidade Filmes e Porto Produções. O tracklist na contra-capa do DVD possui dois erros. O menu não possibilita selecionar os temas, somente os shows ou entrevistas de cada banda. Não obstante esses dois deslizes, que bem capaz nem farão diferença para VOCÊ, a capa é bem legal e a bandeja do estojo possuí uma colagem de fotos excelente que fará a cabeça dos que curtem as bandas ou o estilo HC como um todo.

Encerrando, "Caos do Deco" representa muitas coisas. É um documento da época que estamos vivendo (e todos sabemos que hoje muitos grupos descartam lançar DVD porque "todo mundo vê de graça no youtube e no NetFlix) de como são os rolês, os grupos tocando e o som sendo feito ali no calor do momento e entre moshs e stage divings. Inclusive, uma sugestão futura para a Insanidade Filmes é registrar também a platéia, falar com alguns, mostrar o lugar do rolê, o ambiente do lado de fora. Esse seria um bônus incrível. Ressaltamos que seria um extra ótimo, porque o DVD como está é ótimo para se curtir, agitar e relembrar nos dias que virão o som feito agora; sem frescura e porrada como o HxCx deve ser!

Caos no Deco
Ibotirama Records - Nacional - 2018 - 44 minutos - DVD-R com mídia impressa.

Direção: Marco Del Giorno.
Assistente de direção: Juliana Marotta.
Produção: Edson Igari, Juliano Santos e Insanidade Filmes.
Câmeras: Bruno Amorim, Felippe Nicholas, Juliana Marotta, Marco Del Giorno.
Iluminação: Felippe Nicholas e Marco Del Giorno.
Captação e mixagem de som: Anis Costa (Porto Produções).
Edição: Marco Del Giorno .
Assistentes de edição: Bruno Amorim e Felippe Nicholas .
Finalização e cor: Felippe Nicholas.

MOLLOTOV ATTACK:

01 - Resistencia
02 - O Homem é o que o Homem Faz
03 - Guerra Santa
04 - Já Basta

ESTADO ALTERADO:
05 - Resistir
06 - Um grito de Revolta
07 - Domínio Público
08 - Você Não Acreditou

C.R.13:

09 - Mendingo
10 - Filhos da Escória
11 - Never Rot
12 - Fogo Cruzado

GUETTO HARDCORE:

13 - Ruas e Guettos
14 - Skate nas Veias
15 - Válvula de Escape
16 - Violência Urbana

Sites:
https://www.facebook.com/bandamollotov.attack/?ref=br_rs
https://www.facebook.com/estadoalteradohardcore/?ref=br_rs
https://www.facebook.com/cr13hc/?ref=br_rs
https://www.facebook.com/guettohardcore/?ref=br_rs




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Mollotov Attack"Todas as matérias sobre "Estado Alterado"Todas as matérias sobre "CR13"Todas as matérias sobre "Guetto HxCx"


Bandas Iniciantes: 11 cagadas que vocês NAO podem cometerBandas Iniciantes
11 cagadas que vocês NAO podem cometer

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Iron Maiden: pastor evangélico tem 172 tatuagens da bandaIron Maiden
Pastor evangélico tem 172 tatuagens da banda

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuaisLGBT
Confira alguns músicos que não são heterossexuais

Regis Tadeu: Los Hermanos fez um tremendo mal ao rock brasileiroRegis Tadeu
Los Hermanos fez um tremendo mal ao rock brasileiro

Slayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxoSlayer
Quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo

Rock in Rio 1985: teve gente que largou o emprego para irRock in Rio 1985
Teve gente que largou o emprego para ir


Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336