Airged L'amh: Ode To Salvation é uma autêntica ode ao Metal épico

Resenha - Ode To Salvation - Airged L'amh

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcondes Pereira
Enviar Correções  

10

A arte do CD não deixa dúvidas do conteúdo a ser encontrado em "Ode To Salvation" (2008). Tem-se aqui um Metal épico, cru, com temática lírica bélica e belas citações de arranjos Folk O Airged L’amh acerta em cheio ao continuar a fazer um som direto e sem experimentações fora de contexto.

Slash: guitarrista enumera seus 10 riffs favoritosBullet For My Valentine: Baterista conta o inferno que é abrir para o Iron Maiden

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com uma produção ainda mais caprichada do que antes, o registro destaca muito bem a crueza e o peso constante do som do conjunto, além de usar as orquestrações como um recurso extra, mas nunca mais importante do que a mistura de Metal Tradicional, Folk Metal, Trash e Power, que é a essência da sonoridade dos gregos.

Aliás, os momentos pomposos são usados de forma bem econômica, o que reforça a aura de aventura épica feita pelo Airged L’amh, que conta grandes histórias sobre heróis e povos bárbaros de uma maneira divertida e passional.

"Ode To Salvation" é um álbum bem executado, cativante e indispensável para os fãs de músicas grandiosas, intensas e com um charme próprio.

Airged L’amh — Ode To Salvation
Eat Metal Records/ 2008

Faixas:

1) Midlothian (Instrumental)
2) The Hunter's Path
3) Ode to Salvation
4) Eternal Eyes
5) Dine in Hades
6) Pages of Essence
7) The Ritual Lair
8) Mo Cuishle
9) Glide on the Wings




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slash: guitarrista enumera seus 10 riffs favoritosSlash
Guitarrista enumera seus 10 riffs favoritos

Bullet For My Valentine: Baterista conta o inferno que é abrir para o Iron MaidenBullet For My Valentine
Baterista conta o inferno que é abrir para o Iron Maiden


Sobre Marcondes Pereira

Marcondes Pereira, paulista, poeta, escritor e tradutor em início de carreira. Gosta de escutar e estudar todos os sub-estilos de Heavy Metal, também faz algumas palestras para difundir o fascinante universo do Metal e tem fascínio pelos discos conceituais.

Mais matérias de Marcondes Pereira no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL