Vigilante: mistura de progressivo/Thrash moderno, fresco e agradável

Resenha - Terminus of Thoughts - Vigilante

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Anderson Pulégio, Fonte: On The Road Magazine
Enviar correções  |  Ver Acessos

Depois do último review sobre esta banda japonesa eu fiquei curioso para saber como o novo álbum deles soaria, pois aquele álbum resenhado aqui era de 2008 (relançado em 2017 com faixas bônus) e depois de 10 anos sem lançar um álbum completo (antes desse eles lançaram dois EPs apenas) chegou a hora de conferir se houve alguma mudança no estilo da banda.

Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMetallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como comentei no último review o som era é algo entre Queensryche e Crimson Glory, inclusive os vocais soavam parecidos, mas para minha surpresa ao ouvir este novo cd é o fato da banda estar soando mais pesada, quase um misto entre as duas influências citadas e Nevermore, inclusive os vocais agora soam um pouco como Warrel Dane. Ouçam a segunda faixa "Your Perfect Denial" e vocês terão a certeza desta comparação, inclusive há também partes que o vocalista soa como Rob Halford.

Este álbum está bem variado comparando com o anterior, a próxima faixa "Hallucination Regime" é mais cadenciada com excelente solos de guitarra.

Em "Waking Your Spirits" a banda soa como o antigo material, enquanto a "Elapsed Time" é rápida e melódica.

As coisas voltam a ficar pesadas na "New World Disorder" com um feeling meio Doom metal e vocais mais rasgados, sim como eu disse o álbum está bem variado.

Voltando ao lado mais "Thrash metal" da banda em "The Ravenous Eyes" e também na quase estilo do Coroner em "Disciple of the Damned".

Sem dúvida o melhor álbum da banda na minha opinião, essa mistura de progressivo/Thrash/moderno ficou bem legal e acabou soando bem fresco e agradável. Álbum recomendado e parabéns a banda.

Hideaki Niwa - Vocals
Hiroshi Omoto - Guitars
Kazuaki Horie - Guitars
Makoto Unno - Bass, Keyboards
Shunji Fujino - Drums




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Vigilant"


Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield choraremMetallica
A letra que fez Hammett e Hetfield chorarem


Sobre Anderson Pulégio

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336