Pastore: Vocalista apresenta sua Fênix

Resenha - Phoenix Rising - Pastore

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nelson de Souza Lima
Enviar Correções  

O novo álbum de Mário Pastore, "Phoenix Rising", Independente, traz uma interessante simbologia. Não por acaso o título em português quer dizer "ascensão da fênix" remetendo à ave mitológica que renasce das próprias cinzas. Nesta analogia podemos dizer que Pastore, considerado um dos maiores vocalistas do metal brasileiro, fez um retorno avassalador. "Phoenix Rising" sucede "The End Of Our Flames" (2012) e "The Price For The Human Sins" (2010) e assim como seus antecessores mostra o poder vocal de Pastore indo do agudo ao gutural facilmente. Figurando de boa entre os gigantes do Heavy brasuca o vocalista está na estrada há mais de 20 anos. E não são poucas as bandas pelas quais empunhou o mic: Titânio, Acid Storm (um dos primeiros grupos do prog metal tupiniquim), Opera's Noise, Tailgunners, Sacred Sinner, Projeto Hamlet, Delpht e SoulSpeel. Desde 2007 o cara lidera a banda que leva seu nome. Em recente entrevista a Bruno Sutter, na Rádio Kiss FM, Pastore disse que o grupo estava em hiato desde o lançamento de "The End Of Our Flames" e que o grande incentivador para volta foi Márcio Eidt, que além de tocar boa parte das guitarras, também mixou e produziu o disco. Além disso, Eidt colaborou com Pastore nas letras. O resultado são 11 porradas nervosas, riffs cabulosos, solos endiabrados, bateria bate-estaca e baixo preciso. Á frente do cataclismo sonoro Pastore que canta com as entranhas mesmo. Interessante é que o cara quando tá falando ou dando entrevista tem uma voz tranquila e serena. Enfim, "Phoenix Rising" contou com a participação de um time de respeito. Estão lá Ricardo Baptista (guitarra), Johnny Moraes (guitarra), Marcelo Paiva (bateria), Vito Montanaro (bateria), Rafael Dyszy (bateria) Fábio Carito (baixo), Renato Caetano (baixo) e Edu Ardanuy (guitarra). Um dos destaques é "Symphony Of Fear" com clipe no Youtube. Também são legais "Holy War", "I need More", "Fire and Ice" e "Salvation Paradise". Curtam.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Artista: Pastore
Álbum: Phoenix Rising
Lançamento: Independente

TRACKLIST
1- Phoenix Rising
2- Dawn Proud
3- Symphony Of Fear
4- March Of War
5- No More Lies
6- Salvation Paradise
7- I Need More
8- Holy War
9- Time Goes By
10- Get Outta My Way
11- Fire and Ice
12- Lightning Strikes Again (Dokken Cover) (Bonus Track Japan)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Fotos de Infância: Steven Tyler, do AerosmithFotos de Infância
Steven Tyler, do Aerosmith

História do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatosHistória do rock
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos


Sobre Nelson de Souza Lima

Jornalista, repórter, resenhista, colunista musical. Assim é Nelson de Souza Lima. Mas acima de tudo um amante do rock, classic, hard e metal. Entre minhas entrevistas estão as feitas com Angra, André Mattos, Royal Hunt, Blind Guardian, entre muitas outras. Além disso sou baixista da banda de Classic Rock e metal The Green Pigs.

Mais matérias de Nelson de Souza Lima no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336