Torture Squad: um banho de agressividade

Resenha - Far Beyond Existence - Torture Squad

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo M. Brauna
Enviar Correções  

9

O EP "Return of Evil" (2016) deu início à nova fase do TORTURE SQUAD com formação definida em Mayara "Undead" Puertas (vocal), Rene Simionato (guitarra) e os veteranos Castor (baixo) e Amílcar Christófaro (bateria). O quarteto acrescentou em estúdio e nos palcos uma nova força à sua já conhecida energia que, em 2017, se completa com este "Far Beyond Existence".

Torture Squad: lançado mini documentário sobre o DVD Coup d'État Live

Guitarristas: 15 músicos que provavelmente você não conhece

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O primeiro 'full length' dessa formação além de apresentar doze faixas, incluindo três bônus, ainda traz convidados especialíssimos como David Ingram (Benediction, Bolt Thrower, Hail Of Bullets) nos vocais de "Hate", Edu Lane (Nervochaos) numa narrativa em "Cursed by Disease", Luiz Carlos Louzada (Vulcano, Chamical Disaster) nos vocais de "You Must Proclaim", Alex Camargo (Krisiun) puxando o cover de "Just Got Paid" do ZZ Top e Marcello Schevano (Golpe De Estado, Carro Bomba, Casa Das Máquinas) tocando órgão Hammond na instrumental "Torture in Progress".

Mas todo esse estrelato só serviu para embelezar o poder de fogo do álbum que orquestra em canções como "Don't Cross My Path" uma sinfonia de caos, dor e ódio. Nunca o Death/Thrash Metal ganhou incursões tão velozes como nos riffs e andamentos de "No Fate", mas a banda que também é conhecida pela ótima coordenação sonora, mostra todo peso e cadência em músicas como "Blood Sacrifice" e "Steady Hands".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum possui várias sessões boas para o "mosh" como em "Hero For the Ages", que não poupa a sua cervical. Essa intercalação de peso e velocidade continua por vários momentos, como se confere na faixa título que é um dos destaques do CD.

O que também é destaque e só contemplará quem obtiver o produto físico em mãos, é a embalagem com dois encartes onde o primeiro, em formato de livreto, traz as músicas no idioma inglês e outro, em formato pôster, traz fotos da banda e todas as letras traduzidas para o português, sem falar que a caixa acrílica é engavetada por uma capa dura onde expõe a arte do disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum que teve capa desenhada por Rafael Tavares (Chaos Synopsis, Coldblood, Queiron e outros) foi produzido pela dupla Wagner Mineirinho e Tiago Assolini e pela própria banda. A sonoridade um pouco crua não prejudica os predicados dos músicos e ainda mostra com simplicidade a violência dos riffs e pancadaria, diminuindo sons abafados e revelando limpidez no resultado final.

Este é mais um dever cumprido desta banda que, apesar de mudanças sofridas em seu 'lineup' conseguiu se manter firme e competente no que faz, sendo uma das principais representantes do metal brasileiro. "Far Beyond Existence", o álbum, é uma das maravilhas acontecidas em 2017 e que, com certeza, é apenas o primeiro fruto dessa nova fase.

Formação:

Mayara "Undead" Puertas – Vocais
Rene Simionato – Guitarras
Castor – Baixo
Amilcar Christófaro – Bateria

Tracklist:
1. Don't Cross My Path
2. No Fate
3. Blood Sacrifice
4. Steady Hands
5. Hate
6. Hero for the Ages
7. Far Beyond Existence
8. Cursed by Desease
9. You Must Proclaim
Bônus:

10. Just Got Paid (ZZ Top cover)
11. Torture in Progress
12. Unknow Abyss




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Torture Squad: lançado mini documentário sobre o DVD Coup d'État Live

Metal Days: Torture Squad, os guerreiros do Metal Brasileiro (vídeo)


Metal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o SepulturaMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura

Death Metal: mais cinco álbuns nacionais que você deve escutarDeath Metal
Mais cinco álbuns nacionais que você deve escutar


Guitarristas: 15 músicos que provavelmente você não conheceGuitarristas
15 músicos que provavelmente você não conhece

Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep


Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280