Appice: "Sinister" é uma colcha de retalhos de vários convidados

Resenha - Sinister - Appice

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ivison Poleto dos Santos
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Quais expectativas temos de um álbum feito por duas das maiores lendas da bateria no hard rock/metal? E quando, ainda por cima, eles são irmãos e estão gravando pela primeira vez juntos?

5000 acessosGorgoroth: As orientações sexuais e políticas de Gaahl5000 acessosVanusa e Black Sabbath: a notável coincidência nos riffs

Aí você olha para a lista de convidados: Paul Shortino e Craig Goldy, só para citar os mais famosos. Uau! As mais altas possíveis, não? Verdade, mas conselho, não vá com muita sede ao pote. Você poderá se decepcionar.

O que eu quero dizer é o seguinte: 'Sinister' não é um álbum que você gosta logo de cara. Ainda mais se você tem as mais altas expectativas. O grande problema, e maior vantagem no final das contas, é que 'Sinister' foi gravado com vários convidados do maior quilate. 'Sinister' é uma colcha de retalhos de vários convidados. Para o bem e para o mal. Só que todos eles pertencem, ou pertenceram ao chamado hair metal dos anos 1980. Portanto, não é nenhuma novidade que a maior parte das faixas tenha um forte gosto desse estilo. É claro que há algumas pitadas de modernidade, como na faixa de abertura 'Sinister'. Na minha opinião, 'Sinister' é muito mais um álbum do Carmine que do Vinnie, mas isso não é realmente um problema.

O que quero dizer é que expectativas altas demais podem estragar a degustação de 'Sinister'. 'Sinister' é um álbum que você tem que ouvir uma, duas, três ou mais vezes para que cada camada sonora colocada pelos talentosos músicos que o gravaram possam ser percebidas totalmente. Esta é a pegada de 'Sinister'. Degustar aos poucos. Serenamente.

Mas aí alguém pergunta: Pô, e as baterias? Afinal de contas é um álbum de bateristas. Sim, verdade. Eu não me esqueci disso, apenas deixei o melhor para o final. 'Sinister' é um álbum de bateristas, mas é um álbum. O que quero dizer é que ele foi feito para funcionar em uma banda, não é um álbum tributo à longa e maravilhosa carreira dos irmãos, mas sim um álbum com música feitas para a bateria brilhar. E como ela brilha! A experiência e talento dos caras podem ser percebidos em cada faixa de 'Sinister'.

Como todos nós sabemos, o baterista é aquele cara que fica detrás de todo mundo da banda dando a pegada rítmica e segurando o tempo para todos os outros músicos. Enfim, ele não aparece muito. Porém, quando o cara é realmente bom, ele não precisa de solos individuais para mostrar tudo o que sabe. Ele coloca seu talento em cada virada, em cada batida, em cada contratempo bem colocado, a cada quebradeira. É isso que acontece em 'Sinister'. Dois maravilhosos bateristas que sabem o que fazer com as baquetas. Ouça “Drum Wars” e “Bros In Drums” e você vai sentir o que estou falando.

'Sinister' ganha o mundo em 27 de outubro de 2017 pela SteamHammer / SPV.

Lista de músicas:
1. Sinister
2. Monsters And Heroes
3. Killing Floor
4. Danger
5. Drum Wars
6. Riot
7. Suddenly
8. In The Night
9. Future Past
10. You Got Me Running
11. Bros In Drums
12. War Cry
13. Sabbath Mash

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Appice"


GorgorothGorgoroth
As orientações sexuais e políticas de Gaahl

Vanusa e Black SabbathVanusa e Black Sabbath
A notável coincidência nos riffs

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Jon Bon Jovi muito antes da fama

5000 acessosSexo Anal: saiba onde encontrar esse prazer no cenário Rock5000 acessosMetal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o Sepultura5000 acessosMotley Crue: Atriz pornô comenta sua relação com Tommy Lee2804 acessosWatchmojo: as 10 músicas mais difíceis de se tocar na guitarra5000 acessosMetromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rock5000 acessosBruce Dickinson: a manutenção e o progresso de sua voz

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online