RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemA opinião de Slash sobre Dave Mustaine e "Rust In Peace", clássico do Megadeth

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemEx-guitarrista do Megadeth não liga para Mustaine e diz que está "fazendo dinheiro para ele"

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemMike Portnoy comprou "Piece Of Mind", do Maiden, em excursão escolar

imagemRolê aleatório: Geoff Tate e Rhapsody se divertem em aeroporto no aeroporto

imagemA medida extrema que Dio pensou em tomar por não curtir "Rainbow in the Dark"

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical


Appice: "Sinister" é uma colcha de retalhos de vários convidados

Resenha - Sinister - Appice

Por Ivison Poleto dos Santos
Postado em 12 de outubro de 2017

Quais expectativas temos de um álbum feito por duas das maiores lendas da bateria no hard rock/metal? E quando, ainda por cima, eles são irmãos e estão gravando pela primeira vez juntos?

Aí você olha para a lista de convidados: Paul Shortino e Craig Goldy, só para citar os mais famosos. Uau! As mais altas possíveis, não? Verdade, mas conselho, não vá com muita sede ao pote. Você poderá se decepcionar.

O que eu quero dizer é o seguinte: 'Sinister' não é um álbum que você gosta logo de cara. Ainda mais se você tem as mais altas expectativas. O grande problema, e maior vantagem no final das contas, é que 'Sinister' foi gravado com vários convidados do maior quilate. 'Sinister' é uma colcha de retalhos de vários convidados. Para o bem e para o mal. Só que todos eles pertencem, ou pertenceram ao chamado hair metal dos anos 1980. Portanto, não é nenhuma novidade que a maior parte das faixas tenha um forte gosto desse estilo. É claro que há algumas pitadas de modernidade, como na faixa de abertura 'Sinister'. Na minha opinião, 'Sinister' é muito mais um álbum do Carmine que do Vinnie, mas isso não é realmente um problema.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O que quero dizer é que expectativas altas demais podem estragar a degustação de 'Sinister'. 'Sinister' é um álbum que você tem que ouvir uma, duas, três ou mais vezes para que cada camada sonora colocada pelos talentosos músicos que o gravaram possam ser percebidas totalmente. Esta é a pegada de 'Sinister'. Degustar aos poucos. Serenamente.

Mas aí alguém pergunta: Pô, e as baterias? Afinal de contas é um álbum de bateristas. Sim, verdade. Eu não me esqueci disso, apenas deixei o melhor para o final. 'Sinister' é um álbum de bateristas, mas é um álbum. O que quero dizer é que ele foi feito para funcionar em uma banda, não é um álbum tributo à longa e maravilhosa carreira dos irmãos, mas sim um álbum com música feitas para a bateria brilhar. E como ela brilha! A experiência e talento dos caras podem ser percebidos em cada faixa de 'Sinister'.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como todos nós sabemos, o baterista é aquele cara que fica detrás de todo mundo da banda dando a pegada rítmica e segurando o tempo para todos os outros músicos. Enfim, ele não aparece muito. Porém, quando o cara é realmente bom, ele não precisa de solos individuais para mostrar tudo o que sabe. Ele coloca seu talento em cada virada, em cada batida, em cada contratempo bem colocado, a cada quebradeira. É isso que acontece em 'Sinister'. Dois maravilhosos bateristas que sabem o que fazer com as baquetas. Ouça "Drum Wars" e "Bros In Drums" e você vai sentir o que estou falando.

'Sinister' ganha o mundo em 27 de outubro de 2017 pela SteamHammer / SPV.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lista de músicas:
1. Sinister
2. Monsters And Heroes
3. Killing Floor
4. Danger
5. Drum Wars
6. Riot
7. Suddenly
8. In The Night
9. Future Past
10. You Got Me Running
11. Bros In Drums
12. War Cry
13. Sabbath Mash

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.
Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos.