Matérias Mais Lidas

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemJoão Gordo relembra proposta de fazer propaganda de calmante com Dado Dolabella

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemRegis Tadeu expõe como Spotify e YouTube fazem falcatrua para fraudar views

imagemJoão Guilherme, filho do Faustão, critica atual falta de interesse dos jovens pelo rock

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemMichael Sweet posta nude cristão para satirizar foto de Tommy Lee com a baqueta de fora

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemVídeo de clássico do Kiss é disponibilizado no canal oficial da banda

imagemPrika diz que fez "tudo errado" na primeira turnê da Nervosa, mas aprendeu lição


Stamp

Elizabethan Walpurga: fúria black metal com elementos melódicos

Resenha - Walpurgisnacht - Elizabethan Walpurga

Por Junior Frascá
Em 31/05/17

Nota: 8

A banda recifense Elizabethan Walpurga já está na estrada há mais de duas décadas, e apenas agora, após muita luga, conseguem colocar no mercado o seu debut, via Shinigami Records, mostrando uma qualidade muito acima da média, e um estilo todo próprio.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O som da banda pode ser caracterizado como black metal, porém, mais pelas linhas vocais soturnas e rasgadas, já que o instrumental remete ao metal tradicional e até o power metal.

Assim, temos aqui elementos do chamado "Black'n'Roll", remetendo a nomes como BARATHRUM,mas também passagens mais melódicas e épicas, sendo que inclusive em alguns momentos instrumentais parece que estamos ouvindo (pasmem) RHAPSODY e outras bandas do gênero.

Porém, no geral, os elementos mais agressivos prevalecem, em faixas como as obscuras "Transylvanian Cry" e "Walpurgisnacht". as duas melhores do trabalho.

O trabalho de guitarras também merece ser citado, pois é realmente ótimo, com riffs muito bem construídos, e passagens melódicas encaixadas de forma bem orgânica.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A produção é um pouco crua e abafada demais, mas nada que comprometa.

Portanto, a luta valeu a pena, e a banda conseguiu colocar no mercado um ótimo registro, mostrando que tem todos os requisitos para se firmar na cena.

WALPURGISNACHT - ELIZABETHAN WALPURGA
(Shinigami Records - 2017)

1. Exordium
2. Vampyre
3. Clamitat Vox Sanguinis
4. Infernorium
5. The Serpent’s Eyes and the Horns of Crown
6. The Elizabethan Dark Moon
7. The Canine Enchantment by the Phlebotomy (In the Julgular Streams)
8. Transylvanian Cry
9. Walpurgisnacht


Outras resenhas de Walpurgisnacht - Elizabethan Walpurga

Resenha - Walpurgisnacht - Elizabethan Walpurga

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá.