The Wasted: Debut chega cheio de peso e maturidade

Resenha - Rotten Society - Wasted

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

A banda paulista THE WASTED chega com os dois pés na porta nesse seu debut, “Rotten Society”, um álbum pesado e agressivo, com forte crítica social.

5000 acessosPink Floyd - Perguntas e Respostas5000 acessosHit Parader: Os maiores vocais do Heavy Metal segundo a revista

O som da banda é um heavy /thrash intenso e agressivo, com algumas pitadas de hardcore, com ótimo trabalho de guitarras, cozinha precisa, variando entre andamentos mais velozes e outros mais arrastados, mas sempre com muito peso, mas sem abrir mão de melodias, que tornam o som mais palatável.

Não há muito exibicionismo técnico por aqui, pois embora a sonoridade da banda seja bem construída, é bem simples e direta, o que não lhe retira as qualidades.

As letras também são bem ácidas e com alto teor de crítica social, como nas pedradas “Genocide”, “Preachers of Hate”, e “Cannibals”, todas excelentes, e que mostram o poder de fogo da banda, com muita maturidade, ainda mais por se tratar de seu primeiro registro completo.

A produção de Rodrigo Mariano, baterista da banda, é um pouco suja demais, mas nada que comprometa.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Rotten Society – The Wasted
(2016 –)

1. Genocide
2. Everything is Under Control
3. Preachers of Hate
4. Heritage
5. Cannibals
6. Heart Attack
7. Hate Mankind Hate
8. Rational Madness

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "The Wasted"

Pink FloydPink Floyd
Perguntas e respostas e curiosidades

Hit ParaderHit Parader
Os maiores vocais do Heavy Metal segundo a revista

Guitar HeroGuitar Hero
Veja como o jogo desgraçou uma geração inteira

5000 acessosPink Floyd - Perguntas e Respostas5000 acessosHit Parader: Os maiores vocais do Heavy Metal segundo a revista5000 acessosGuitar Hero: veja como o jogo desgraçou uma geração inteira5000 acessosJohn Lennon: 10 coisas que você não sabia sobre o Beatle4433 acessosScorpions: visão do mundo em "Wind of Change"4180 acessosThrash Metal: quando a música pesada encontra os comerciais

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online