Elephant Casino: Apostando todas as fichas!

Resenha - Believe - Elephant Casino

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Sobreira
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Os mineiros da banda Elephant Casino apresentam em seu EP de estréia ‘Believe’, um Hard Rock trabalhado, com algumas pitadas de Prog e muito ‘feeling’, onde a audição passa voando devido a curta duração e principalmente, pela qualidade de todas as suas quatro composições.

5000 acessosHeavy Metal Fail: os Trues também saem mal na foto5000 acessosDuff McKagan: "Nikki Sixx, do Motley Crue, é um gênio!"

É impressionante notar a excelente qualidade de todo o material, tanto físico e visualmente – com uma arte gráfica caprichada, um logo/”brasão” bem legal, que mostra uma ficha de cassino estilizada com a cabeça de um elefante e encarte com letras das músicas (mas sem informações técnicas), quanto em relação aos processos de gravação e produção, que deixaram o som bem cristalino e agradável.

Curiosamente, o vocal de Fabricio, por vários momentos me remeteu um pouco aos de Paul Stanley (Kiss) e Fish (ex-Marillion), mas é claro, que é apenas uma lembrança e não estou dizendo se tratar de uma “cópia”, pois ele realmente canta muito bem. O som, é pesado na medida certa, sem mais nem menos e com muito groove, demonstrando a habilidade dos instrumentistas, que transmitem em um todo, influências de Mr. Big, The Winery Dogs e Rush, pelo lado mais refinado, além de discretas referencias ao som dos anos 70 e 90, mas sempre atual.

A faixa que intitula o EP, “Believe”, apresenta muita energia e um refrão diferenciado, e é seguida pela razoavelmente mais Progressiva “Stardust”, que aposta mais na “viagem espacial”, proporcionada pelo estilo. Enquanto isso, “Return” exibe mais variação, começando mais grooveada, sendo que em seus momentos finais, dá uma leve acelerada, abrindo caminho para o encerramento com “The Haze”, trazendo de volta o agito e espantando a “neblina”.

Como observações pessoais, imagino que os músicos poderiam ter distribuído melhor as faixas, pois o trabalho começa e termina mais enérgico, porém, seu miolo é mais “acessível”. Também, senti falta de uma música, inteira, um pouco mais acelerada, para dar um ar de maior diversidade – detalhes estes, que tenho certeza de que serão acertados em seu vindouro lançamento.

Temos aqui então, uma ótima estréia e uma amostra do que está por vir, de uma banda promissora que pode (e vai) nos oferecer muito mais, e acrescentar positivamente a cena da Música Pesada nacional, e quiçá, internacional!

Formação:
Fabricio Araujo (vocal)
Rafael Fajardo (guitarra e vocal)
Vinicius Silveira (baixo)
Diego Sans (bateria)

Faixas:
01 – Believe
02 – Stardust
03 – Return
04 – The Haze

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Believe - Elephant Casino

143 acessosElephant Casino: Vintage e moderno456 acessosElephant Casino: Estreia soberba com o melhor do Hard n' Heavy

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Elephant Casino"

Heavy Metal FailHeavy Metal Fail
Os Trues também saem mal na foto

Motley CrueMotley Crue
Como a banda aperfeiçoou a arte de beber e se drogar

Legião UrbanaLegião Urbana
O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre

5000 acessosGosto Musical: artistas falam do que devia ser banido para sempre5000 acessosFotos de Infância: Lemmy Kilmister, do Motorhead5000 acessosOs dez maiores picaretas da música internacional5000 acessosCradle Of Filth: "relação de amor-ódio com muitos"5000 acessosJani Lane: envenenamento por álcool foi a causa da morte5000 acessosChristopher Lee: aos 92 anos é o ator mais metaleiro do mundo!

Sobre Vitor Sobreira

Moro no interior de Minas Gerais e curto de tudo um pouco dentro do maravilhoso mundo da música pesada, além de não dispensar também uma boa leitura, filmes e algumas séries. Mesmo não sendo um profissional da escrita, tenho como objetivos produzir textos simples e honestos, principalmente na forma de resenhas, apresentando e relembrando aos ouvintes, bandas e discos de várias ramificações do Metal/Heavy Rock, muitos dos quais, esquecidos e obscuros.

Mais matérias de Vitor Sobreira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online