Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Crowbar: Mantendo-se firme no trono do Sludge Metal

Resenha - Serpent Only Lies - Crowbar

Por Bruno Rocha
Postado em 17 de janeiro de 2017

Nota: 8

Os norte-americanos do CROWBAR retornaram recentemente às notícias com seu 11º álbum de estúdio, "The Serpent Only Lies", pela gravadora Steamhammer. Considerados os pioneiros do Sludge Metal, a interação do Doom Metal com algumas características do Hardcore, a banda de Kirk Windstein (vocais, guitarra, ex-DOWN) se mantém relevante no seu gênero com o novo trabalho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Durante a estadia de Kirk no DOWN, banda de Phil Anselmo e de outros nomes importantes da cena Stoner/Sludge, sua dedicação ao CROWBAR se manteve sempre em segundo plano. Com sua decisão de deixar o DOWN em 2013, o vocalista e guitarrista passou a se dedicar exclusivamente à banda que capitaneia desde 1988. Uma ótima e sábia decisão, por sinal. Com o lançamento de "Symmetry In Black", em 2014, o CROWBAR voltava em definitivo ao seu lugar de destaque na cena Doom, e "The Serpent Only Lies" é uma continuação natural do álbum de 2014.

Pesadíssimo, o novo trabalho não reinventa a roda e nem surpreende. Se o leitor conhece o CROWBAR, já sabe o que vai encontrar aqui. É o Sludge Metal em sua essência, com o peso absurdo dos riffs, os vocais berrados de Kirk e os andamentos que alternam entre a marcha lenta do Doom e o ritmo frenético do Hardcore. A faixa "Falling While Rising" abre os trabalhos com um riff Doom de tremer a terra, tendência seguida na faixa seguinte, "Plasmic And Pure", que nos faz lembrar dos primeiros álbuns da banda de New Orleans.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Durante a progressão do álbum, alternam-se momentos mais rápidos, encontrados em "I Am The Enemy" e na faixa-título, e fases mais lentas, como em "Surviving The Abyss", "The Enemy Beside You" (esta com forte influência do BLACK SABBATH) e "Song Of The Dunes", esta com um pé no Gótico. Outro destaque é "On Holy Ground" com seu clima soturno e o criativo trabalho de guitarras.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

A ótima decisão de Kirk de deixar o DOWN tem sido bastante proveitosa e de muito deleite para os fãs do CROWBAR. Vale a pena correr atrás deste álbum e atestar o porquê deste grupo se manter no trono do Sludge Metal.

The Serpent Only Lies - Crowbar (2016, Steamhammer)

Tracklist:

01. Falling While Rising
02. Plasmic And Pure
03. I Am The Storm
04. Surviving The Abyss
05. The Serpent Only Lies
06. The Enemy Beside You
07. Embrace The Light
08. On Holy Ground
09. Song Of The Dunes
10. As I Heal

Line-up:

Kirk Windstein - vocais, guitarra
Matthew Brunson - guitarra
Todd "Sexy T." Strange - baixo
Tommy Buckley - bateria

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Perc3ption: a arte levada ao extremo

Resenha do Álbum do Insânia ao vivo no Underground Nativa III

Sentença de Morte: Death Metal para quem curte Death Metal bem executado

Triumph Of Death, projeto de Tom Warrior, resgata ao vivo parte do passado do Hellhammer

Spiritual Cramp acerta a fórmula, mas álbum satura em 26 minutos

Estreia do Superbloom traz de volta o grunge protagonista dos anos 1990

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Osbourne: pesado, mas antes de tudo moderno

Resenha - Dark Side of The Moon - Pink Floyd

Resenha - Vovin - Therion

Resenha - P.U.L.S.E. - Pink Floyd


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Bruno Rocha

Cearense de Caucaia, professor e estudante de Matemática, torcedor do Ferroviário e cafélotra. Entrou pelas veredas do Heavy Metal na adolescência e hoje é um aficionado e pesquisador de todos os gêneros mais tradicionais desta arte e de suas épocas. Tem como forte o Doom Metal, não obstante o sol de sua terra-natal.
Mais matérias de Bruno Rocha.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS