Cromathia: Viaje no tempo com o trabalho de estreia da banda

Resenha - Another Day Of Torment - Cromathia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fabio Pitombeira
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Simplesmente, um dos melhores discos do Metal Extremo brasileiro em 2016! O CROMATHIA nos traz neste excelente “Another Day Of Torment” um Death Metal trampado, repleto do requinte da escola da década de noventa da Flórida, Estados Unidos. Então, meu amigo, se você viveu esta época prolífica do Metal mundial, se prepare para viajar no tempo com este álbum.

5000 acessosSeparados no nascimento: James Hetfield e Mano Menezes5000 acessosPunk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGN

Contando com um excelente trabalho do vocalista Maxwell Alves, que explora com muita personalidade músicas pesadas, ora extremamente rápidas, ora cadenciadas, desta forma todas elas acabam servindo como convite para o headbanging, principalmente pela participação do já citado cantor. E que puta trabalho de cordas! Os guitarristas Osmar Ferreira e Marco Bueno destilam sem dó, uma avalanche de riffs e bases que ficam grudadas na cabeça, tamanha a desenvoltura destes caras. Sem soar pejorativo para nossos músicos brasileiros, mas a coisa aqui é tão séria, que se me falassem que essa dupla se tratava de experientes músicos americanos, eu prontamente aceitaria como verdade! Para àqueles que gostam de músicas referenciais, podem conferir sem medo “Rise Of A New Age”, “Burning Like 1000 Suns” e “Noble Thief”.

“Another Day Of Torment” é um trabalho que já nasceu clássico, e merecia toda esta puta estrutura que vem recebendo em seu suporte de divulgação. Excelente estreia e que a evolução destes caras, possa nos trazer novos discos tão bons quanto este.

Eternal Hatred Records - 2016

Track List:
01. Another Day Of Torment
02. Rise Of A New Age
03. Burning Like 1000 Suns
04. Noble Thief
05. Strong Empire
06. Souls Of Purgatory
07. Supremacy Never Dies
08. Obscure Desire
09. Convincing Pain
10. Burning Like 1000 Suns (bônus)

Formação/Formation:
Maxwell Alves: vocalista/singer
Osmar Adriano Ferreira: guitarrista /guitarist
Marco Bueno: guitarrista/guitarist
João Vitor Peres: baixista/bass player
Thiago Mussi: baterista/drummer

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Cromathia"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
James Hetfield e Mano Menezes

Punk RockPunk Rock
Site lista os discos mais representativos da história do estilo

Rede GloboRede Globo
Em 1985, explicando o que são os metaleiros

5000 acessosWest Ham: o time do coração de Steve Harris5000 acessosBlind Faith: uma das capas mais polêmicas da história5000 acessosMetallica: sobre o que fala "For Whom The Bell Tolls"5000 acessosUltimate Classic Rock: As 10 melhores músicas do Scorpions5000 acessosChorão: Médium teria psicografado poesia do vocalista?1515 acessosMetalSucks: Músicos grisalhos que continuam trues

Sobre Fabio Pitombeira

Trabalha desde 2002 com produção de shows em Teresina. Teve a oportunidade de trabalhar com grandes nomes do Heavy Metal e Rock and Roll como Paul Di Anno, Ira!, Hangar, Angra, Shaman, Andralls, Drowned, Clamus, Dark Season, Megahertz, Anno Zero Empty Grace, Mordydia, Káfila, entre outros.

Mais matérias de Fabio Pitombeira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online