Deadpan: Atmosférico e eletrizante!

Resenha - Deadpan - In Aliens We Trust

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gabriele Moura
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Eu tenho uma tendência a preferir álbuns conceituais, acredito que a mensagem que eles deixam é mais intensa e profunda que os demais, não é somente música, eles vão além. "In Aliens WeTrust", disco lançado em 2015 pelo Deadpan é conceitual, e que conceito que possui.

Iron Maiden: os álbuns da banda, do pior para o melhorMax Cavalera: "Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"


"Não estamos no futuro, não existem carros planando pelas ruas ou robôs tentando nos dominar. O ano é 2015. O fim está próximo e ajuda é necessária. Nenhuma espécie do planeta tem a capacidade de parar o ser humano de destruir a si mesmo e tudo ao meu redor. Mente, corpo, carne e alma estão apodrecendo. Decepção e tristeza se transformam em um único sentimento: raiva. Humanos se distanciando de seus semelhantes, perdendo o pensamento critico e competindo diariamente entre si. Intoxicados pelo ambiente em que vivem. Como resultado, transformam-se em seres apáticos, sem vontade de serem únicos."

E é assim que inicia o conceito, a partir daí, um alien vem à Terra para entender o comportamento humano, mas por final nada entende e acaba com sua saúde debilitada. Para mim é impossível eleger uma música como melhor se elas contam uma história, uma é complemento da outra e isso é fascinante. O clima atmosférico que possui o álbum torna tudo mais atraente, a bateria potente e presente, complementada por riffs secos e profundos que atingem a alma e levam. Gosto muito do Capitulo VI, o "Two Faces", é o ultimo capitulo da história e ao meu ver toca mais profundamente.

O trabalho do Deadpan só não é impecável pois acredito que deviam ter explorado mais o tema, ido mais fundo na ferida que mexeram. O tema abordo é de extrema importância, a humanidade trilha um caminho de vidro que pode quebrar a qualquer momento, e a banda soube explorar isso de modo lúdico sem grandes alegorias. É um trabalho onde a criatividade e visões de mundo gritam, e onde a técnica e talento exibem-se de modo sutil.

Track list

1 - A Mature Song
2 - Unmasked Living
3 - In Aliens We Trust
4 - Life Olympic Games
5 - Standard
6 - Two Faces

Line Up

Gustavo Novloski (Vocal e Guitara)
Anderson Biko (Baixo)
Igor Thiesen (Bateria)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deadpan"


Iron MaidenIron Maiden
Os álbuns da banda, do pior para o melhor

Max CavaleraMax Cavalera
"Deveríamos ter demitido os dois e mantido o nome"

Rock brasileiroRock brasileiro
Em 24 de outubro de 1955 a vida dos jovens mudou

Mulheres no Rock: as mais importantes segundo rádio inglesaHetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no MetallicaQ Magazine: Ozzy Osbourne entre os piores vocalistasMeshuggah: um cover impressionante feito por Leonardo DiCaprio

Sobre Gabriele Moura

Gabriele Moura, 17 anos, dona do site The Metal World e membro da equipe da Black Legion Produções!

Mais matérias de Gabriele Moura no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336