Sweet Destruction: Debut da banda de hard rock do interior de SP

Resenha - Sex, Love & Lies - Sweet Destruction

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Wellington Damázio
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10

Se há uma palavra certa para classificar a SWEET DESTRUCTION esta é: ousadia. Quatro garotos na faixa dos vinte e poucos anos de idade e com muito talento fizeram o que muitos "marmanjos" não conseguiram em termos de produção de rock autoral na região de Rio Claro-SP recentemente, considerando a grande quantidade de músicos experientes que existe nesse cenário.

Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave MustaineDuff McKagan: se arrependendo de Duff Beer dos Simpsons

Ao ouvir esse debut com cinco faixas composta pela banda, nota-se claramente a expressão de um trabalho sério, integrado, com foco e atitude. Isso pode até ser algo bastante óbvio, mas hoje em dia no cenário da música atual, isso é raro e extremamente importante para conseguir um resultado notável.

A sonoridade deste EP (extended play) expressa um hard rock da melhor qualidade, garantida pela grande habilidade técnica de seus músicos, remetendo o ouvinte aos anos 80 (com influências à la Motley Crüe, Guns & Roses, Skid Row, Ratt, entre outras bandas) com tema das letras envolvendo sexo, com ou sem amor e mentiras relacionadas, tal como o próprio título deste trabalho já se apresenta.

A faixa "Concrete Town" abre este mini-álbum de maneira pesada e agressiva, com a guitarra rasgando o silêncio, sendo somada posteriormente ao ritmo bastante cadenciado da bateria movida a dois bumbos e marcada junto com o baixo como se fosse um motor possante até a chegada do riff principal com a voz de natureza pecaminosa. A pegada do som é implacável do começo ao fim, com refrão e algumas variações interessantes, além de um solo de guitarra muito bem executado garantindo seu completo headbanging.

Em "Fake Peace Age" há um clima mais pesado que se abranda em algumas passagens, como se fosse aquela "relaxada" após o ritmo intenso do "amor". Uma mentira ou só uma pausa para um cigarro antes de tudo começar de novo? É a calmaria antes da confusão.

Na sequencia deste trabalho, novamente o peso e a pegada voltam de maneira brilhante através de "Rapid Fire". Uma composição cheia de riffs altamente energéticos como o próprio título já se apresenta, sendo dividida por um refrão possante entre os berros agressivos de seu vocalista e que segue "quente" até o seu final.

O tema "Night of the Damned" remete o ouvinte a uma viagem sonora através de uma balada muito bem executada com vocal profundo, cuja letra tenta por para fora toda mágoa provocada por desencontros, além da guitarra com solos harmoniosos sendo confortados pela base sólida e segura do baixo e da bateria. Uma composição que tem a assinatura similar às baladas de Scorpions e Judas Priest.

Para encerrar este trabalho, fazendo o ouvinte esquecer todas as mentiras e encontrar o verdadeiro "amor", somente mesmo uma faixa com letra e ritmo "sacaninha" de "Saint Obscene" para estimular a libido entre o Rock e o Roll e começar tudo novamente, sem parar. É o tema certo para deixar as veias cheias de intensidade e malícia pulsantes antes, durante e depois da balada.

O mini-álbum "Sex Love & Lies" é certamente um marco no cenário do rock autoral local e contribui para seu engrandecimento, ou ainda mais que isso, pois representa que nem tudo está perdido e traz a esperança de que o Rock 'n'Roll em Rio Claro continua e, quem sabe até pode se projetar para o resto do mundo, sendo que a SWEET DESTRUCTION tem claramente esse potencial.

Se você realmente gosta de ROCK 'N'ROLL, ouça este trabalho de excelente qualidade sonora em volume alto do início ao fim e sinta o quanto ele pode mexer de fato com você.

Track list: Concrete Town/ Fake Peace Age/ Rapid Fire/ Night of the Damned/ Saint Obscene

A SWEET DESTRUCTION é atualmente formada por: PET (Vocal), RAD (Guitarra/Back Vocal), ANDY (Baixo) e FIZZY (Bateria).
Contato: sweetdestruction01@gmail.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Sweet Destruction"


Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave MustaineElectra Mustaine
A linda filha do Sr. Dave Mustaine

Duff McKagan: se arrependendo de Duff Beer dos SimpsonsDuff McKagan
Se arrependendo de Duff Beer dos Simpsons


Sobre Wellington Damázio

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGooILQ