Matérias Mais Lidas

Titãs: o clipe censurado de Pelados em Santos, com topless de Bárbara PazTitãs
O clipe censurado de "Pelados em Santos", com topless de Bárbara Paz

Joe Biden: evento de posse terá Foo Fighters, Jon Bon Jovi, Springsteen e maisJoe Biden
Evento de posse terá Foo Fighters, Jon Bon Jovi, Springsteen e mais

Dave Grohl: ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojentoDave Grohl
Ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojento

Jon Schaffer: nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadoraJon Schaffer
Nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadora

Kiss: Gene Simmons diz que a falta de dinheiro é a raiz de todo o malKiss
Gene Simmons diz que a falta de dinheiro é a raiz de todo o mal

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Calendário do Rock: de Ramones até Kreator, 10 grandes álbuns lançados em janeiroCalendário do Rock
De Ramones até Kreator, 10 grandes álbuns lançados em janeiro

Eloy Casagrande: O dia em que ele teve que ir ao banheiro no meio de um show (vídeo)Eloy Casagrande
O dia em que ele teve que ir ao banheiro no meio de um show (vídeo)

Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debateDedo x Palheta
Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate

Eddie Van Halen: por que ele foi obrigado a buscar por inovações na guitarraEddie Van Halen
Por que ele foi "obrigado" a buscar por inovações na guitarra

Rock in Rio 2001: 5 shows históricos do festival, realizado há 20 anosRock in Rio 2001
5 shows históricos do festival, realizado há 20 anos

Metallica: veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da bandaMetallica
Veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da banda

Megadeth: Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia darMegadeth
Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia dar

Nervosa: Banda lança videoclipe de Under RuinsNervosa
Banda lança videoclipe de "Under Ruins"


Matérias Recomendadas

Fotos de Infância: Ozzy OsbourneFotos de Infância
Ozzy Osbourne

Axl no AC/DC: O fiasco que se transformou numa surpreendente uniãoAxl no AC/DC
O fiasco que se transformou numa surpreendente união

Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloMetal Progressivo
Os dez melhores álbuns do estilo

Separados no nascimento: Andre Matos e Steve PerrySeparados no nascimento
Andre Matos e Steve Perry

História do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatosHistória do rock
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

Tunecore
Malvada

Aeon Prime: Mais um nome promissor que desponta na cena nacional

Resenha - Future Into Dust - Aeon Prime

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fabio Reis
Enviar Correções  

Em 2008, na cidade de Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, os guitarristas Felipe Mozini e Yuri Simões, formavam a Aeon Prime. O grupo que antes se chamou Scarioth, passou por diversas mudanças em sua formação até se estabilizar e entrar em estúdio para a gravação do seu primeiro EP. "The Poet And The Wind" (2010).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O EP recebeu boas críticas por parte da mídia especializada, porém como toda banda do underground, seguiram enfrentando diversas dificuldades e por isso, apenas em 2015 lançaram seu primeiro disco de estúdio, "Future Into Dust". Tanto o álbum como o EP, foram produzidos pelo experiente guitarrista Pedro Esteves, da veterana banda de Heavy Metal, Liar Symphony.

Após diversas audições, fica evidente que a Aeon Prime possui originalidade de sobra e é tecnicamente impecável. Desde a construção das faixas até a variação rítmica imposta, demonstram um padrão musical elevado e muita versatilidade, todos os instrumentos se destacam individualmente, porém é nos vocais de Michel de Lima, que a banda conquista o ouvinte.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O disco abre com a faixa "Coliseum", que inicia com uma breve introdução acústica para depois apresentar uma sonoridade totalmente calcada no Heavy Metal mais tradicional. A canção possui um riff bem marcante e um refrão grudento, daqueles de fácil assimilação, capaz de fixar-se no subconsciente do ouvinte.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É somente quando chegamos na quarta faixa que fica evidenciado a real proposta da banda, já que nenhuma das canções seguem algum tipo de fórmula e se "Future Into Dust" é marcada pela alternância de ritmos, "Revolving Melody" é uma viagem de quase 7 minutos, iniciando despretensiosa e evoluindo até atingir seu ápice, transformando-se em uma das melhores composições do álbum e ainda servindo de ponte para a totalmente Hard Rock, "Ghost".

Esta sequência inicial funciona quase como um cartão de visitas, mas também deixa claro que o registro não é daqueles em que poucas audições são suficientes para assimilar todo o seu conteúdo. É claro que em músicas como "The Commandments", "Newborn Star" e "In The Depths Of Me", o ouvinte é fisgado de imediato por melodias mais simples, porém é na complexidade que o grupo desenvolve melhor a sua musicalidade e realmente convence.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tal complexidade instrumental ainda é abordada na excepcional "In God We Trust", onde temos em uma única composição, um pouco de todas as principais características apresentadas no trabalho. Com a mesma competência, a Aeon Prime ainda surpreende com a faixa mais direta do disco, "Deadly Sacrifice" e com a belíssima "About Dreams And Lies", uma canção que em uma primeira audição, pode parecer um pouco perdida, mas com o tempo, se torna uma das mais interessantes do registro.

"Future Into Dust" é um debut cativante e por sua variedade rítmica, não se torna enjoativo, é daqueles que você termina de escutar e sente vontade de apertar play novamente.

Os guitarristas Yuri Simões e Felipe Mozini executam um grande trabalho, com arranjos e linhas instigantes, onde apesar da técnica, o feeling sobrepuja a virtuose. Na parte rítmica, André Fernandes (baixo) e Anderson alarça (bateira) formam uma dupla extremamente correta e precisa, executando marcações e viradas cirúrgicas.

Com um time entrosado como este, fica fácil para que Michel de Lima possa trabalhar seus vocais, que se destacam por possuir um bom alcance e um timbre muito agradável, além disso o vocalista não se assemelha a nenhuma voz consagrada do Metal, transmitindo uma aura de originalidade ao som da banda.

A Aeon Prime é certamente mais um nome promissor que desponta na cena nacional, daqueles que servem como exemplo a ser mostrado para indivíduos que insistem em dizer que no Brasil não se faz Metal de qualidade. Recomendo audições cuidadosas, material de muita qualidade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nota 1: Anderson alarça (baterista do Liar Symphony) gravou a bateria do álbum, Rafael Negreiros entrou na banda logo após as gravações.

Nota 2: Resenha escrita em parceria com Rafaela Souza (Mundo Metal e Roadie Metal)

Integrantes:

Yuri Simões (guitarra)
Felipe Mozini (guitarra)
André Fernandes (baixo)
Rafael Negreiros (bateira)
Michel de Lima (vocal)

Faixas:

1. Coliseum
2. Future Into Dust
3. Revolving Melody
4. Ghost
5. The Commandments
6. Deadly Sacrifice
7. About Dreams and Lies
8. Newborn Star
9. In Gold W eTrust
10. In The Depths Of Me

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Future Into Dust - Aeon Prime

Aeon Prime: Metal atual e dinâmico

Aeon Prime: mais um dos destaques do cenário hard/heavy nacional


Stamp
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bizarre Magazine: Quão bizarro era... Ronnie James DioBizarre Magazine
Quão bizarro era... Ronnie James Dio

Metallica: os motivos da saída de Jason Newsted segundo Lars UlrichMetallica
Os motivos da saída de Jason Newsted segundo Lars Ulrich


Sobre Fabio Reis

Paulista, 32 anos, Editor do Blog Mundo Metal, fã de Rock Clássico e Diversos subgêneros do Metal. Banda favorita: Megadeth. Conheceu o Rock ainda quando criança por intermédio dos pais (amantes de Beatles) e com 11 anos já ia na galeria do Rock comprar seus primeiros LP's, desde sempre fez do Metal seu estilo de vida e até os dias de hoje essa paixão pela música só aumenta.

Mais matérias de Fabio Reis no Whiplash.Net.