Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemDavid Bowie recusou (mais de um) convite para produzir o Red Hot Chili Peppers

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks


Stamp

Pesta: primeiro disco mantém o ótimo nível do EP de estreia

Resenha - Bring Out Your Dead - Pesta

Por Mário Pescada
Em 23/04/16

No final de 2015, ao ouvir Here She Comes…, o EP de estreia do Pesta (link abaixo) fiquei com uma ótima impressão da banda: eram apenas 4 faixas que deixavam um belo cartão de visitas e um gostinho de quero mais. Pois bem, o ano virou e os mineiros acabaram de lançar seu primeiro disco completo, Bring Out Your Dead (2016).

Resenha - Here She Comes... - Pesta

O disco segue como uma sequência do EP Here She Comes…, mantendo o mesmo peso stoner/doom, os vocais limpos e bem encaixados de Thiago Cruz, a temática pesada das letras e até a mesma produção, novamente sob comando de André Cabelo – afinal, em time que está ganhando não se mexe, certo?

Falando em produção, não tem como não citar a qualidade desta. Tanto os vocais quanto os instrumentos ficaram muito bem gravados, cada um no seu devido lugar, sem se sobressair sobre os demais e de uma maneira que não soasse artificial e fria. É sempre bom lembrar às bandas que estão começando: investir na qualidade do material nunca é demais!

O disco todo é muito equilibrado, ficando difícil apontar destaques, mas particularmente eu gostei muito de Words Of A Madman com seu andamento mais cadenciado, March Of Death com uma pegada mais rápida e um ótimo riff e o grand finale Possession, a mais doom do disco e seu tétrico riff de abertura.

Bring Out Your Dead foi lançado em formato digital, mas será lançado pela Deathtime Records em CD até o meio do ano e ainda por cima terá como bônus o EP Here She Comes…!

Formação:
Anderson Vaca (baixo, backing vocals)
Thiago Cruz (vocais)
Daniel Rocha (guitarra)
Marcos Resende (guitarra)
Flávio Freitas (bateria)

Faixas:
01 – Black Death
02 – Words Of A Madman
03 – The Butler Did It (instrumental)
04 – Intimate
05 – March Of Death
06 – The End Is Near (instrumental)
07 – The 4th Horseman
08 – Possession

Nota: 9

Fonte: Mondo Metal
http://mondometal.com.br/news/review-bring-out-your-dead-pesta/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Mário Pescada

Mineiro, leitor compulsivo, ouvinte de todas as vertentes do rock - do blues ao grindcore. Valoriza mais a honestidade e entrega em cima do palco do que a técnica. Guarda os flyers dos shows que vai como se fossem relíquias.

Mais matérias de Mário Pescada.