Matérias Mais Lidas

O motivo pelo qual Regis Tadeu considera Phil Collins deprimenteO motivo pelo qual Regis Tadeu considera Phil Collins deprimente

Lista: 35 músicas que não são metal, mas o metaleiro pode ouvir em pazLista: 35 músicas que não são metal, mas o metaleiro pode ouvir em paz

Metallica: Jason Newsted conta o segredo para manter uma boa grana até hojeMetallica: Jason Newsted conta o segredo para manter uma boa grana até hoje

A banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício BrancoA banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício Branco

O recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilosO recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilos

Motörhead: o que Lemmy dizia a quem não queria cheirar cocaína com eleMotörhead: o que Lemmy dizia a quem não queria cheirar cocaína com ele

Gene Simmons: Os seus 13 álbuns favoritos de todos os temposGene Simmons: Os seus 13 álbuns favoritos de todos os tempos

AC/DC: as ordens de Malcolm para quem ia subir ao palcoAC/DC: as ordens de Malcolm para quem ia subir ao palco

Iron Maiden: Bruce Dickinson não vai pilotar avião da banda nas próximas turnêsIron Maiden: Bruce Dickinson não vai pilotar avião da banda nas próximas turnês

Acredite se quiser: Iced Earth lançou novo álbum; ouça A Narrative SoundscapeAcredite se quiser: Iced Earth lançou novo álbum; ouça "A Narrative Soundscape"

Anitta lança clipe de Boys Don't Cry, com estética rock e punk; assistaAnitta lança clipe de "Boys Don't Cry", com estética rock e punk; assista

Cannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metalCannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metal

A categórica opinião de Kiko Loureiro sobre SlashA categórica opinião de Kiko Loureiro sobre Slash

Steve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; Parecia um macarrãoSteve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; "Parecia um macarrão"

O principal motivo pelo qual o rock nacional falhou, segundo Diogo DefanteO principal motivo pelo qual o rock nacional falhou, segundo Diogo Defante


D.A.M.: Mostrando uma pura dedicação e paixão pela música

Resenha - Premonitions - D.A.M

Por Gisela Cardoso
Em 14/04/16

Então eis mais um trabalho da banda mineira D.A.M, que em pouco tempo já conseguiu firmar sua identidade por meio de uma sonoridade muito bem trabalhada e rica em seus mínimos detalhes. Atualmente com uma nova formação, o grupo liderado por Guilherme de Alvarenga apresenta o EP "Premonitions", o qual marca mais um capítulo excelente de sua trajetória musical.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Assim como em seus trabalhos anteriores, D.A.M continua investindo em melodias e arranjos magistrais. Mas, desta vez, é possível sentir um foco maior no peso de seu Death Metal Melódico, principalmente no que diz respeito aos riffs de guitarra. Aliás, podemos perceber uma complexidade ainda maior por detrás de todos os elementos que compõem a obra, o que exige uma produção cuidadosa para que seu trabalho tenha um ótimo resultado - e a D.A.M, mais uma vez, conseguiu alcançar tal objetivo.

Os teclados ainda continuam sendo a peça central das composições, proporcionando admiráveis solos e arranjos, além de gerar um elo entre a melodia e a agressividade (à qual se deve principalmente aos vocais de Guilherme de Alvarenga). Os solos de guitarra também recebem uma atenção especial, que juntos aos dos teclados, criam os grandiosos duelos entre os dois instrumentos, o que já é típico de seu estilo. Vale também destacar as vozes femininas presentes na música "Untouchable", o que contribui para que ela seja ainda mais grandiosa, tornando-se uma das melhores composições em "Premonitions".

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Também é incrível como toda a sonoridade do trabalho se casa perfeitamente aos temas líricos, e isso é transmitido fortemente por meio de uma atmosfera pesada e sombria presente ao longo do EP - como nas faixas "Untouchable e Frustration", "Anorexic Dysphoria (AElegy for the Brainless)" e "Frustration (Imprisoned Dreams)", por exemplo, - criando até um clima gélido e depressivo.

Mesmo tendo uma sonoridade muito comparada a de grandes nomes do mesmo estilo - como Children Of Bodom, Arch Enemy e Nightwish - o que também pode ser um reflexo de suas influências, vale ressaltar que a D.A.M revela sua própria identidade por meio de toda sua complexidade e a originalidade em agregar elementos de diversos gêneros - como, por exemplo, do Heavy e Power Metal, além de passagens progressivas e mais voltadas à música clássica. Além disso, toda a atmosfera transmitida pelas suas músicas ajuda também a construir o seu próprio Death Metal Melódico.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma obra tão grandiosa e digna de admiração, como o EP "Premonitions" da D.A.M, mostra evidentemente uma pura dedicação e paixão pela música, fruto de todos os seus detalhes minimamente trabalhados.

O EP "Premonitions" pode ser conferido na íntegra a seguir:

Tracklist:

1. Premonitions… (Under the Tree of Regrets)
2. The Cage (Breaking the Paradigms)
3. Untouchable (My Past Mistakes…)
4. Anorexic Dysphoria (AElegy for the Brainless)
5. Changing the Directions (Unresolved)
6. Frustration (Imprisoned Dreams)

Line-up:
Guilherme de Alvarenga – vocal, teclados
Edu Megale – guitarras
Caio Campos – baixo

Confira mais sobre a D.A.M em:

Facebook:
https://www.facebook.com/dametalband
Site:
https://damband.wordpress.com/
Soundcloud:
https://soundcloud.com/d-a-m-band/
Youtube:
https://www.youtube.com/channel/UCOxePLcQ4l342L6WhXrsuqA

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Gisela Cardoso

Headbanger, Jornalista, Crítica de Metal, vocalista, instrumentista, anarco-comunista, vegetariana, apaixonada por Mitologia Nórdica e adoradora do Deus Metal. A música me move e as palavras constroem! @GisaGrind.

Mais matérias de Gisela Cardoso.