CrossRock: "Come On Baby" é um disco que você precisa conhecer

Resenha - Come On Baby - Crossrock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Hananias Souza Santana
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Com o lançamento de vídeos no Youtube de músicas como “When Love Goes Away” e “Call You” a alguns anos atrás, a banda paulistana CROSSROCK foi chamando atenção de muitas pessoas e criando a expectativa de quando um álbum seria lançado. Em 2015 foi lançado “Come On Baby”, para a satisfação dos que aguardavam e uma agradável surpresa para quem não conhecia a banda.

5000 acessosFotos de Infância: Cradle Of Filth5000 acessosMetallica: Falha geral no sistema de som durante show no RIR

O CROSSROCK não é uma banda nova, o caras já estão na estrada a um tempo; lançaram no já longínquo ano de 2006 uma demo chamada “Our Rock Come From Heaven” e já foram conquistando fãs desde essa época. Atualmente o grupo é formado por Rane na voz e guitarra, Leary Rock como guitarrista, Junior Lima no baixo e J.P na bateria. O som é um hard rock como feito nos anos 80. Se me dissessem que se tratava de uma banda da década de oitenta obscura eu poderia acreditar, tamanha é a sensação de viagem no tempo ao ouvir os caras. Estamos no século 21, mas existem muitas pessoas que ainda gostam de música como era feita décadas atrás, e se for bem feito, como é o caso de “Come On Baby”, o resultado é muito positivo.

O disco tem boas guitarras, os riffs são competentes, tem bons solos, a cozinha não deixa a desejar em nenhum momento, e dou um destaque para o vocal, Rane é um ótimo vocalista. O disco tem uma boa produção, ótimos arranjos, tem composições inspiradas. Eles tem ótimas influências do hard rock anos 80 como RATT, FIREHOUSE, STRYPER, POISON, dentre outros, tem tudo desse estilo, músicas grudentas como “Any Road”, músicas pesadas como “Come On Baby” por exemplo, e belas baladas como “When Love Goes Away”. Não gostei do sax em “I Feel Your Cold”, a faixa “Let's Dance” não me convenceu, mas no geral não tive incômodos ao ouvir o disco.

CROSSROCK é uma das melhores bandas nacionais de hard rock na atualidade e “Come On Baby” é um disco que você precisa conhecer, provavelmente tenha dificuldade de parar de ouvir, muito recomendado.

Destaques: “Any Road”, “So Live” e “Never Give Up”.

TRACK LIST:
01. Call You
02. Tonight
03. It's All I Need
04. Any Road
05. My Life
06. So Live
07. When Love Goes Away
08. Without Love
09. Let's Dance
10. I Feel Your Cold
11. Come On Baby
12. Never Give Up
13. A Letter 4U

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Come On Baby - Crossrock

232 acessosCrossRock: Mantendo a chama do hard rock443 acessosCrossrock: Hard Rock made in Brazil para o mundo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Crossrock"

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Dani Filth antes de virar... Dani Filth

MetallicaMetallica
Falha geral no sistema de som durante show no RIR

HalfordHalford
O que há escondido sob a roupa de couro?

5000 acessosRoadrunner: os melhores frontmen de todos os tempos5000 acessosSlayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela banda5000 acessosMotley Crue: Atriz pornô comenta sua relação com Tommy Lee5000 acessosEm 26/10/1981: Bruce Dickinson faz primeiro show com a banda Iron Maiden5000 acessosBlack Sabbath: quem deveria interpretá-los em um filme?5000 acessosGene Simmons: como ele conheceu Shannon Tweed

Sobre Hananias Souza Santana

Hananias Souza Santana, nascido em 1990, estudante de administração na Universidade do Estado da Bahia, guitarrista, por ser negro, morar na periferia de Salvador e ser cristão batista, tinha tudo para curtir rap, pagode ou gospel, mas como o amor a música foge a rótulos, se tornou headbanger desde a adolescência. Os estilos de sua preferência são o Hard Rock e Heavy Metal anos 70 e 80, mas ouve um pouco de tudo dentro do rock and roll.

Mais matérias de Hananias Souza Santana no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online