Crossrock: Hard Rock made in Brazil para o mundo

Resenha - Come On Baby - Crossrock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fabio Pitombeira
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Com a chegada de doutor Brown e Marty Mcfly ao futuro, neste ano de 2015, ouvir este disco de estreia do CROSSROCK soa como verdadeira viagem no tempo pra mim. Comecei a ouvir Hard Rock e Heavy Metal nos saudosos anos oitenta, e conferir uma banda tão fiel a estas raízes é algo reconfortante.

5000 acessosRhythm: os bateristas mais influentes de todos os tempos5000 acessosCrianças: veja como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras

Me referi ao termo “reconfortante” porque, mesmo com o passar do tempo, ainda existem bandas que resgatam toda aquela aura mágica, própria dos anos oitenta. Quem viveu a época, tenho certeza que está me entendo. E, neste quesito, os caras dão um show de musicalidade neste “Come on Baby”. O álbum, como um todo, é inspirador e triunfa no meio de tantos clones desta saturada geração mp3. Numa época em que se gravar discos inteiros no computador é possível, ver um grupo que soe analógico é algo digno de nota. O objetivo aqui não é o de se reinventar a roda, e acredito que é justamente ai que a CROSSROCK marca um gol de placa! Músicas como “Without Love” e “Let’s Dance” refletem muito bem o alto nível de composições aqui apresentado, e em muito nos remetem à bandas como Ratt, Mötley Crüe e Poison.

“Come on Baby” é um verdadeiro achado neste atual cenário inflado que temos hoje. Os caras agora assinaram com o selo da MS Metal Agency, então acredito que vamos ouvir falar muito nesses caras daqui por diante. E que venham novos álbuns como este… Nós, fãs, agradecemos!

TRACK LIST:
01. Call You
02. Tonight
03. It's All I Need
04. Any Road
05. My Life
06. So Live
07. When Love Goes Away
08. Without Love
09. Let's Dance
10. I Feel Your Cold
11. Come On Baby
12. Never Give Up
13. A Letter 4U

FORMAÇÃO ATUAL:
Rane (vocalista e guitarrista)
Leary Rock (guitarrista)
Junior Lima (baixista)
J.P. (baterista)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Come On Baby - Crossrock

232 acessosCrossRock: Mantendo a chama do hard rock347 acessosCrossRock: "Come On Baby" é um disco que você precisa conhecer

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Crossrock"

RhythmRhythm
Os bateristas mais influentes de todos os tempos

CriançasCrianças
Como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras

VinilVinil
Quais são os dez discos mais valiosos do mundo?

5000 acessosQuiet Riot: quebrando disco de banda brasileira em 19855000 acessosDavid Bowie: muito mais assustador que Michael Jackson5000 acessosSlipknot: banda trolla repórter da Multishow antes de show no RIR5000 acessosIron Maiden: "Gosto muito do Ghost", diz Steve Harris5000 acessosBillboard: Os 200 mais populares álbuns da história5000 acessosSebastian Bach: por que ele continua tocando "I Remember You"?

Sobre Fabio Pitombeira

Trabalha desde 2002 com produção de shows em Teresina. Teve a oportunidade de trabalhar com grandes nomes do Heavy Metal e Rock and Roll como Paul Di Anno, Ira!, Hangar, Angra, Shaman, Andralls, Drowned, Clamus, Dark Season, Megahertz, Anno Zero Empty Grace, Mordydia, Káfila, entre outros.

Mais matérias de Fabio Pitombeira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online