UFO: O adeus ao Space Rock com o "Flying"

Resenha - Flying - UFO

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo M. Brauna
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Verdadeiramente inserido no Rock'n'Roll com melodia impactante e sentimental de seus compositores, este álbum é tido para muitos críticos como "uma vitrine da façanha de seus criadores". Suas cinco músicas vão da psicodelia tão venerada nos anos sessenta ao Blues Rock que daria forma ao Hard Rock dos anos setenta.

UFO: Kirk Hammett sobe ao palco com a bandaNightwish: Tarja Turunen fala sobre sua demissão da banda

'Flying' que em algumas versões vem acompanhado do subtítulo 'Space Rock' ou 'One Hour Space Rock', é um verdadeiro sinônimo da complexidade musical moderna, especialmente de Mick Bolton que progrediu consideravelmente como guitarrista em relação ao primeiro álbum, 'UFO 1' de 1970. Em 1972, misteriosamente o emergente guitarrista (não passou disso, infelizmente) e futuro cunhado do baterista da banda, Andy Parker, deixou o UFO e a vida profissional de músico, mas conta-se que em 1980 ele voltou a trabalhar com a banda como técnico de guitarra na turnê de 'No Place To Run', lançado naquele mesmo ano.

'Prince Kajuku' se tornou um grande hit na Alemanha chegando a despontar no 26º lugar das paradas germânicas. Até aqui o grupo não tinha alcançado o prestígio merecido em seu país, Inglaterra, mas no Japão já era "endeusado" tanto que foi lançado o álbum ao vivo 'Live' (1971) apenas lá, posteriormente lançado em outros países como 'Lands In Tokio' ou 'Live In Japan' em 1972 -, este acabou por se tornar o último trabalho definitivo com Bolton.

Em 2008, uma reedição de 'Flying' saiu com a música bônus 'Galactic Love', originalmente lançada em um compacto na Alemanha em 1971. Há quem diga que a melhor fase da banda termina aqui, outros já a acham muito ácida e fora do padrão apresentado no 'debut', mas por que não dizer que o UFO se superou na forma de fazer música?

Apesar de um conteúdo rico e expressivo, o líder e vocalista Phill Mogg resolveu arriscar um novo direcionamento para a banda ajudado convenientemente pela saída do ex-companheiro Mick Bolton e, com isso, tendo a colaboração de alguns guitarristas que posteriormente ficaram aclamados, como Larry Wallis (que gravou o primeiro álbum do Motörhëad, 'On Parole') e Bernie Marsden (ex-Whitesnake) que ficou até à chegada de Michael Schenker, mas isto é outra bela história!

Selo: Beacon Records.

PHIL MOGG - vocal;
MICK BOLTON - guitarra;
PETE WAY - baixo;
ANDY PARKER - bateria.

Track List:
01 - Silver Bird;
02 - Star Storm;
03 - Prince Kajuku;
04 - The Coming Of Prince Kajuku;
05 - Flying;
06 - Galactic Love (bonus).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ufo"


UFO: Kirk Hammett sobe ao palco com a bandaUFO
Kirk Hammett sobe ao palco com a banda

Michael Schenker Fest: projeto do lendário guitarrista lança o álbum Revelation

Motorhead: morre o guitarrista original, Larry WallisMotorhead
Morre o guitarrista original, Larry Wallis

Planet Rock: 40 melhores discos ao vivo de todos os temposPlanet Rock
40 melhores discos ao vivo de todos os tempos

Dave Mustaine: os dez álbuns que mudaram a sua vidaDave Mustaine
Os dez álbuns que mudaram a sua vida

Ozzy Osbourne: 7 guitarristas que quase entraram para a banda deleOzzy Osbourne
7 guitarristas que quase entraram para a banda dele


Nightwish: Tarja Turunen fala sobre sua demissão da bandaNightwish
Tarja Turunen fala sobre sua demissão da banda

Motorhead: a dieta que mantinha Lemmy jovem e viçosoMotorhead
A dieta que mantinha Lemmy jovem e viçoso

Avenged Sevenfold: 10 músicas que podem fazer você mudar de idéiaAvenged Sevenfold
10 músicas que podem fazer você mudar de idéia

Iron Maiden: o passado vergonhoso registrado em fotosIron Maiden
O passado vergonhoso registrado em fotos

Megadeth: Magia negra arruinou minha vida, diz MustaineMegadeth
"Magia negra arruinou minha vida", diz Mustaine

Behemoth: Lords of Chaos não é um filme ruim, mas a história toda é muito banalizadaBehemoth
"Lords of Chaos não é um filme ruim, mas a história toda é muito banalizada"

Judas Priest: banda pode seguir sem Rob Halford, Glenn Tipton e Ian Hill?Judas Priest
Banda pode seguir sem Rob Halford, Glenn Tipton e Ian Hill?


Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336