Concrete Icon: O fúnebre Death/Doom

Resenha - Perennial Anguish - Concrete Icon

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade


Este é o primeiro trabalho dos finlandeses do Concrete Icon que, apesar de parecer uma mescla comum, alia seu Death Metal com Doom Metal, só que incrementando com boas doses de Sludge. Hoje um quinteto, o grupo chegou a lançar trabalhos prévios e demonstrativos antes do full-length.

Kiss sobre Secos e Molhados: "há quem acredite em OVNIs"Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com uma consistência perceptível já na primeira audição, o forte do Concrete Icon é a variação rítmica que a banda impõe em suas composições. Há brutalidade, passagens totalmente Death Metal, mas quando resolve cadenciar seu som não perde o peso e a agressividade.

As guitarras fazem um bom trabalho, adotando linhas melódicas em doses certas, sendo que a cozinha faz sua parte mantendo o peso necessário. Destaque para o vocalista Jake (também guitarrista) que possui um vocal versátil, que vai do gutural ao rasgado como se fosse a coisa mais fácil do mundo, arriscando às vezes até vocais limpos.

Apesar do flerte com o Doom Metal, não temos muitos momentos depressivos em "Perenial Anguish" e sim partes mais soturnas. Destaque para Rapture and Torment, Sadness upon Us, The Choir of Serpents e Monarch in Emptiness. Um ótimo trabalho que merece atenção.

https://www.facebook.com/concreteicon
http://concreteicon.bandcamp.com/




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Kiss sobre Secos e Molhados: há quem acredite em OVNIsKiss sobre Secos e Molhados
"há quem acredite em OVNIs"

Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill WardBlack Sabbath
O dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor