Agnata Fides: Fazendo o diferencial nas Minas Gerais

Resenha - Agnata Fides - Agnata Fides

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

7


O Agnata Fides descende da tradição extrema que surgiu no estado de Minas Gerais (das cinzas do Abyssum). Porém, seu som não se influencia tanto pelas bandas ali surgidas e traz em suas fieiras influências do Black Metal europeu com a inserção de alguns elementos a mais, o que faz de sua sonoridade muito interessante.

Bandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palcoGigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Primeiro atentamos para a produção mediana do trabalho que pôs em risco a qualidade do disco. Afinal, oscila um pouco e deixou o timbre da bateria, principalmente na faixa Fly Beyond The Sky, ‘estranho’. Mas, não chega a ser algum ruim ou que atrapalhe a análise do trabalho.

Como o que interessa é o som, o Agnata Fides bebe em fontes como do DarkThrone e Emperor (começo de carreira) trazendo guitarras ríspidas, composições com alternâncias de ritmo e ótimos arranjos atmosféricos bastante influenciados por momentos do Burzum. Aliás, há um cover para Ea Lord of Depths da one-man-band de Varg Vikernes fechando o disco.

Voltando para as composições próprias, é exatamente quando a produção melhora que a banda se sai muito bem. Com climas angustiantes e melodias apocalípticas a banda se sai muito bem nas faixas Aurora Luciferiano (a melhor) e The Hand ov Satan (mais rústica e enraizada). Mais uma boa banda de Black Metal representando o Brasil.

https://www.facebook.com/AgnataFidesOficial
http://agnatafides.bandcamp.com/releases




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palcoBandas Novas
10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco

Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000Gigwise
As capas mais polêmicas dos anos 2000


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor