Bob Dylan: Ele foi muito bem sucedido em sua empreitada

Resenha - Shadows In The Night - Bob Dylan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Claudinei José de Oliveira
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Álbum lançado, em 2015, por Bob Dylan, com regravações de "standards"gravados anteriormente por Frank Sinatra.
127 acessosBob Dylan: Nobel de Literatura será entregue neste fim de semana5000 acessosBlack Sabbath: o talvez mais bizarro cover de "Paranoid"

Desde o final da década de 1990, quando lançou "Time Out Of Mind" e, segundo a crítica especializada, voltou a produzir conteúdo autoral relevante, Bob Dylan assumiu de vez a estética sonora à qual sempre afirmou pertencer: o rock'n'roll da década de 1950, particularmente o produzido na gravadora Sun Records, onde Elvis Presley iniciou sua carreira.

Nas sessões que gravou na Sun, Elvis despiu "Blue Moon", um "standard" do cancioneiro norte-americano, de todo e qualquer adereço, expondo, num minimalismo arrebatador, a alma da canção. Guardadas as devidas proporções, é este o caminho tomado por Bob Dylan no álbum "Shadows In The Night", tanto que, ao divulgá-lo, em seu "site", afirmou que o maior desafio foi "traduzir" canções gravadas originalmente com orquestrações de até quarenta músicos para a formação de cinco músicos de sua banda de apoio.

Ao todo, são dez "standards" gravados anteriormente por Frank Sinatra e, ao ouvi-los, pode-se dizer que Dylan foi bem sucedido em sua empreitada. Isto não significa preterir o trabalho de Sinatra em relação ao seu: são ângulos muito diferenciados.

A sustentação do álbum se dá pela presença da "steel guitar", cumprindo a função das orquestrações originais e, assim, atribuindo às canções um caráter mundano. É o clima de espelunca de beira de estrada, de músicos curtidos pelo pó do caminho, do qual Dylan e sua banda em sua Turnê Sem Fim são tão íntimos, que tira as canções do sossego dos catálogos de colecionadores a as joga no vórtice da vida. Não há beleza na interpretação de Dylan. Não esta beleza previsível à qual nossos ouvidos estão acostumados.

Tracklist do CD:
1."I'm a fool to want you"
2."the night we call it a day"
3."Stay with me"
4."Autumm leaves"
5."Why try to change me now"
6."Some enchanted evening"
7."Full moon and empty arms"
8."Where are you?"
9."What'll I do
10."That lucky old sun"

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

127 acessosBob Dylan: Nobel de Literatura será entregue neste fim de semana971 acessosFloyd, Beatles, Dylan: não gostariam de começar a carreira hoje0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Bob Dylan"

BeatBeat
Um termo conhecido mas que poucos conseguem definir

SupernaturalSupernatural
Ouça 10 músicas que marcaram a série

Total GuitarTotal Guitar
Os melhores e piores covers da história

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Bob Dylan"

Black SabbathBlack Sabbath
O talvez mais bizarro cover de "Paranoid"

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris odiava os punks

Ace FrehleyAce Frehley
Kiss atual é um bando de putas velhas e sujas?

5000 acessosBlack Sabbath: avó de Iommi era brasileira e pais eram católicos5000 acessosFotos de infância: rockstars em constrangedoras fotos de anuário5000 acessosPoison: Bret passa o cambão na mãe da Hannah Montana?5000 acessosRevolver Music Awards: Confira quem ganhou as premiações5000 acessosOzzy: comentando esclerose múltipla de seu filho Jack Osbourne5000 acessosRock Japonês: alguns instrumentos únicos dos músicos

Sobre Claudinei José de Oliveira

Claudinei José de Oliveira é graduado em História e aproveita o tempo vago para ouvir, ler e escrever rock´n´roll e conversar com seus cachorros. Criou e mantém o blog rollandorocha.blogspot.

Mais matérias de Claudinei José de Oliveira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online