Creature: Black Metal puro e simples

Resenha - Helioskron - Creature

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


"Helioskron" é o quarto álbum dos alemães do Creature que atualmente conta na sua formação com Alexander Barth (vocal), Sebastian Mörstedt e Marco Praher (guitarra), Gregor Lasczok (bateria), além do baixista Thomas Mörstedt. A banda é originária de Plüderhausen/Stuttgart e está na ativa desde 1997.

Cannibal Corpse: o pescoço gigante de George FisherO que os fãs de rock e suas vertentes pedem para beber em um bar?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Experientes, os músicos trazem em suas composições um Black Metal tradicional, sem arranjos orquestrados, mas com certa melodia que cai muito bem na sonoridade proposta. Tudo com uma boa produção, deixando evidentes as linhas instrumentais até de uma forma cristalina.

Com uma sonoridade estridente na medida certa, a banda alemã deixa se influenciar pelo Metal negro desenvolvido na Suécia. Logo nomes como Marduk e Dark Funeral virão à mente ao ouvir este trabalho. Lógico que há características próprias, como uma boa alternância de ritmos, além de mudanças de climas agressivos para outros mais melancólicos.

A estrutura das composições também merece destaque, todas de ótimo bom gosto mostrando uma ótima evolução e uma coesão de primeira. Vale lembrar que a banda canta em sua língua pátria, o que dá mais agressividade aos vocais rasgados de Barth. Destaque para Genesis, Mein Labyrinth e Zenith.

http://www.creature666.de/
https://www.facebook.com/CreatureOfficial




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cannibal Corpse: o pescoço gigante de George FisherCannibal Corpse
O pescoço gigante de George Fisher

O que os fãs de rock e suas vertentes pedem para beber em um bar?O que os fãs de rock e suas vertentes pedem para beber em um bar?


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor