Creature: Black Metal puro e simples

Resenha - Helioskron - Creature

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


“Helioskron” é o quarto álbum dos alemães do Creature que atualmente conta na sua formação com Alexander Barth (vocal), Sebastian Mörstedt e Marco Praher (guitarra), Gregor Lasczok (bateria), além do baixista Thomas Mörstedt. A banda é originária de Plüderhausen/Stuttgart e está na ativa desde 1997.
5000 acessosSeparados no nascimento: Kirk Hammet e Sky Blu (LMFAO)5000 acessosU2: Miley Cyrus dá vexame tentando cantar "One"

Experientes, os músicos trazem em suas composições um Black Metal tradicional, sem arranjos orquestrados, mas com certa melodia que cai muito bem na sonoridade proposta. Tudo com uma boa produção, deixando evidentes as linhas instrumentais até de uma forma cristalina.

Com uma sonoridade estridente na medida certa, a banda alemã deixa se influenciar pelo Metal negro desenvolvido na Suécia. Logo nomes como Marduk e Dark Funeral virão à mente ao ouvir este trabalho. Lógico que há características próprias, como uma boa alternância de ritmos, além de mudanças de climas agressivos para outros mais melancólicos.

A estrutura das composições também merece destaque, todas de ótimo bom gosto mostrando uma ótima evolução e uma coesão de primeira. Vale lembrar que a banda canta em sua língua pátria, o que dá mais agressividade aos vocais rasgados de Barth. Destaque para Genesis, Mein Labyrinth e Zenith.

http://www.creature666.de/
https://www.facebook.com/CreatureOfficial

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Creature"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Kirk Hammet e Sky Blu (LMFAO)

U2U2
Miley Cyrus dá vexame tentando cantar "One"

Trilhas rockTrilhas rock
As Top 10 eleitas pela LA Vynil Records Examiner

5000 acessosMotorhead: a opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhice5000 acessosHailMetal.com: Os cinqüenta melhores álbuns de Death Metal5000 acessosIron Maiden: em 1985, show "secreto" com Adrian no vocal5000 acessosBeatles: 10 coisas que você não sabia sobre Ringo Starr5000 acessosOs Melhores: Os álbuns destaques da primeira década do novo milênio4643 acessosDave Mustaine: reality show, filha em versão country do Megadeth

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online