Lamia Culta: Segundo trabalho da banda ucraniana

Resenha - Woman Scarred - Lamia Culta

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

4


É difícil compreender algumas propostas, principalmente quando a banda investe em várias vertentes e chega a um determinado trabalho apostando somente em um lado que se propôs em seu início de carreira.

Este segundo trabalho do Lamia Culta, banda ucraniana de Lviv, retrata exatamente isso, já que o primeiro disco "Patre Satane" (2009) mostrava uma Black Metal de qualidade, que aliava agressividade com intervenções Dark Ambiente, sendo fiel ao que era feito quando o estilo explodiu na Escandinávia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Woman Scarred" traz uma sonoridade 99% Dark Ambiente mesclada com música erudita e algo de avantgarde. E, mesmo que as músicas sejam bem estruturadas e contem com uma boa produção, o troço é chato pra caramba. Com exceção de algumas passagens de She-Wolf, não há guitarras, bateria...

Vocais rasgados falados contrastam com vozes líricas femininas com instrumental voltado a arranjos de teclados e raras passagens acústicas. Não é mal feito, diga-se de passagem, mas é bem presunçoso e dificilmente classificável como Metal. Infelizmente fraco, fraquinho.

https://www.facebook.com/lamiaculta666?ref=stream
https://myspace.com/lamiaculta

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocarGuitarras
As 15 músicas mais complicadas para tocar

Ozzy Osbourne: Sharon conta como o Madman tentou assassiná-laOzzy Osbourne
Sharon conta como o Madman tentou assassiná-la


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin Goo336 GooAdHor