Tak Matsumoto: Bem executado e de alto nível

Resenha - New Horizon - Tak Matsumoto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor de Andrade Lopes, Fonte: Sinfonia de Ideias
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Lançado quase um mês antes do álbum Singing Bird, de seu colega de banda Koshi Inaba, New Horizon marca o décimo trabalho de estúdio de Tak Matsumoto, guitarrista e metade da dupla musical de pop/hard rock japonesa B'z. Consistente, o lançamento é uma compilação de faixas serenas de jazz com uma guitarra muitíssimo mais suave do que os acordes de rock and roll que o músico costuma preparar para sua banda principal. Como acontece em boa parte de sua carreira, é claro.

Musculação: os músicos mais bombados do heavy metalRock, Revolução e Satanismo

O começo de New Horizon é variado e inconstante: uma abertura ("New Horizon") de jazz relativamente pulsante; um cover do clássico do compasso 5/4 "Take 5", do The Dave Brubeck Quartet; e "Feel Like a Woman Tonite", a única com letras (cantadas pela relativamente desconhecida Wendy Moten, dos EUA), lembrando até trabalhos recentes do mexicano emigrado para os EUA Carlos Santana, não fosse pela óbvia diferença de estilos nas seis cordas.

Da quarta faixa em diante, o álbum fica mais consistente e centrado no jazz, indo do sereno ("Island of Peace", "Gakuseigai No Kissaten") ao animado ("That's Cool"), encerrando tudo com a bela "Rain", um trabalho puxado para o progressivo que faz jus a qualquer grande guitarrista do gênero.

O único problema significativo de New Horizon é começar bem variado e no meio do caminho encontrar um denominador comum que vai até o fim. É como se o guitarrista dissesse: "Vou entregar um trabalho diverso, só que não". Mas isto não estraga a experiência auditiva de forma alguma, uma vez que se trata de música com "m" maiúsculo, independentemente da maneira como a lista de faixas foi organizada.

New Horizon pode até ter um som não tão digerível quanto o pop/hard rock a que Tak está acostumado no B'z, o que provavelmente o deixará longe de rádios. Mas bons apreciadores da música nunca ligaram muito para isso, e o mais importante aqui é reconhecer que este lançamento se trata de uma lista composta principalmente por peças de jazz bem executado e de alto nível.

Uma vez que não há clipes promocionais das faixas do álbum, tampouco as mesmas foram carregadas em sites de vídeos, fiquem com esta versão ao vivo (sem as imagens):

Track-list:
1. "New Horizon"
2. "Take 5"
3. "Feel Like a Woman Tonite"
4. "Rodeo Blues"
5. "Island of Peace"
6. "That's Cool"
7. "Shattered Glass"
8. "Tsuki No Akari
9. "Reason to Be..."
10. "Black Jack"
11. "Gakuseigai No Kissaten"
12. "Rain"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "B'z"


Musculação: os músicos mais bombados do heavy metalMusculação
Os músicos mais bombados do heavy metal

Rock, Revolução e SatanismoRock, Revolução e Satanismo
Rock, Revolução e Satanismo

Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Renato Russo: a história do maior nome do rock nacionalFilhas de Rockstars: conheça algumas das mais bonitasSteven Tyler: vocalista surpreende e canta com músico de rua em MoscouIron Maiden: brasileiros recriam "Somewhere in Time"

Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes no Whiplash.Net.

adGooILQ