RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de "Gita"

imagemVeja o que esperar da turnê do Mayhem no Brasil

imagemQuem ganhou e quem devia ter ganhado o Grammy de metal desde 1989, segundo Loudwire

imagemRodinha de mosh gigantesca em show do System of a Down viraliza e impressiona

imagemJimmy Page diz não haver gênio no rock - mas um gênio fez ele se contradizer

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemO show do Engenheiros do Hawaii sem Humberto, que eles achavam que havia sido sequestrado

imagemO ponto fraco de Yngwie Malmsteen segundo Ronnie James Dio, em 1985

imagemAs 20 melhores músicas do Nightwish, em lista da Metal Hammer

imagemA reação de King Diamond ao ouvir Metallica tocando músicas do Mercyful Fate

imagemRússia pede para que Roger Waters fale com a ONU sobre a situação da Ucrânia

imagemPor que Herbert Vianna gosta muito do riff de “Eu Quero Ver o Oco” do Raimundos?

imagemBruce Dickinson explica como cuida de sua voz

imagemRoger Waters ataca a Ucrânia e é ofendido por esposa de David Gilmour


Def Leppard Motley Crue 2

Abigail Williams: Um tributo ao legado de Varg Vikernes

Resenha - Becoming - Abigail Williams

Por Alisson Caetano
Postado em 02 de outubro de 2014

Nota: 9

O black metal vem dando mostras de que soube se reinventar e, melhor ainda, que soube envelhecer com a passagem do tempo, muito devido a grande quantidade de ótimas bandas novas com sonoridades intrigantes e desafiadoras, assim como os veteranos, que não fazem feio e nos proporcionam discos com muita qualidade.

Exemplo dessa vastidão de qualidade é o ABIGAIL WILLIAMS, banda que iniciou suas atividades como uma banda de deathcore e que atualmente aborda sonoridades mais atmosféricas e melódicas do black metal.

A sonoridade de seu último lançamento pode ser traduzida como um tributo a todo o legado construído por Kristian Vikernes (a.k.a VARG VIKERNES) à frente do BURZUM, mais especificamente do disco Filosofen em diante. Músicas longas, passagens contemplativas e pouca velocidade e pouco uso de blast beats são uma constante aqui.

Porém, longe de apenas copiar da cartilha escrita há anos pelo BURZUM, o ABIGAIL WILLIAMS segue além ao saber inserir sabiamente elementos melódicos, boas alternâncias de andamentos (mesmo que poucas) e até elementos sinfônicos em suas músicas, contribuindo e muito para que elas não se tornem enfadonhas (não raramente ultrapassando os 11 minutos de duração).

O disco abre com "Ascension Sickness", que ultrapassa 11 minutos de alternâncias atmosféricas fantásticas. O disco segue com "Radiance", música que investe em riffs gélidos e sentimentais, criando uma atmosfera depressiva muito interessante.

"Elestial" se desenrola lentamente em palhetadas sutis na guitarra, para, lentamente, se tornar um monstro em forma de black metal e um dos poucos momentos em que se vê o uso de blast beats. Porém, o ápice do disco vem com "Beyond the Veil", com mais de 17 minutos de duração, ela nos transporta para um mundo onde a trilha sonora é melancólica, depressiva e por vezes agonizante. Um belo encerramento para uma grande obra do black metal contemporâneo.

Tido por muitos como um gênero pouco desenvolvido e limitado, esses americanos do Abigail Williams estão ai para provar que o black metal mais rústico e clássico pode seguir por novas estradas e mostrar novas possibilidades. Uma ótima audição para uma noite onde você procura por algum tipo de sentimento novo.

Tracklist:

1. Ascension Sickness
2. Radiance
3. Elestial
4. Infinite Fields of Mind
5. Three Days of Derkness
6. Beyond the Veil

Lineup:

Zach Gibson – bateria
Ken Sorceron- guitarra / vocal / baixo
Ian Jekelis – guitarra
Bryan O’ Sullivan – baixo* (em Radiance)

"Para ler a matéria original, além de conteúdos e textos especiais sobre hard rock e heavy metal, acessem The Freak Zine:
http://www.thefreakzine.blogspot.com.br"


Outras resenhas de Becoming - Abigail Williams

Resenha - Becoming - Abigail Williams

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Black Metal: lista de cinco bandas do lado sinfônico do satanismo


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Alisson Caetano

Reside no município de Santo Antônio da Platina, PR. Apreciador de música de qualidade, independente do estilo (com maior ênfase nos sons extremos). Redator no blog iniciante The Freak Zine, além de enviar alguns materiais para o Whiplash.
Mais matérias de Alisson Caetano.