Bruto: Som da banda faz jus a seu nome

Resenha - Mundo Destruído - Bruto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Creio que todos que apertam o play pela primeira vez ao ouvir o som do BRUTO devem ter a mesma impressão que tive: como o nome escolhido para a banda combina com sua sonoridade!!! Ou seja, esqueça modernidades, experimentalismos, ou coisas do tipo: o negócio aqui é um som sujo, diretão, e BRUTO, trazendo influências que vão do thrash ao death metal, passando pelo hardcore.
5000 acessosÁlbuns ao vivo: 10 grandes registros da história do rock5000 acessosAs regras da NWOBHM

Como um verdadeiro “trator” passando sobre o ouvinte (como a própria capa sugere), com ótimo instrumental, e letras ácidas e críticas (embora bem clichês), a banda apresenta 11 faixas (incluindo a bônus a faixa “Brutality”) sem deixar o peso de lado em nenhum momento, e sem nenhuma concessão.

Os pontos que mais chamam a atenção no trabalho são as linhas técnicas e brutais de bateria, e aos ótimos riffs de guitarra, com destaque absoluto para as destruidoras (e “sutis”) “Vai se Fuder” (a melhor do trabalho, com uma levada empolgante) e “PQP Que Porra é Essa”.

Mas o grande problema do material fica mesmo para a gravação, bem abaixo do que se espera hoje em dia, mesmo das bandas que fazem propositalmente um som mais old school, sendo que as guitarras e os vocais soam abafado, e para se escutar o mínimo do baixo é preciso fazer um grande esforço, o que acaba tornando a audição cansativa após um certo tempo. Mas sem dúvida trata-se de uma boa banda, que com apenas alguns ajustes, e uma produção melhor, tem tudo para conseguir seu lugar ao sol.

E vale lembrar que o CD ainda traz o vídeo clipe de “Mundo Destruído”.

Mundo Destruído - Bruto (2013 - Independente - Nacional)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Mundo Destruído - Bruto

558 acessosBruto: Nome totalmente condizente à proposta musical709 acessosBruto: Thrash com veia Rock And Roll cantado em português

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Bruto"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Bruto"

Álbuns ao vivoÁlbuns ao vivo
10 grandes registros da história do rock

HumorHumor
As 101 regras para ser um fã da NWOBHM

Heavy MetalHeavy Metal
Os melhores álbuns de 2009 segundo o About.com

5000 acessosThrash Metal: 10 novas promessas - incluindo uma brasileira5000 acessosIvete Sangalo: "Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"5000 acessosFoo Fighters: Banda mita em protesto homofóbico religioso nos EUA2995 acessosRob Halford: "Led Zeppelin II é a raiz do Heavy Metal"5000 acessosJustin Bieber e Marilyn Manson: eles agora são melhores amigos5000 acessosLars Ulrich: As mulheres da vida do baterista

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online