Violation Wound: Projeto Punk/Hardcore de baterista do Autopsy

Resenha - Violation Wound - Violation Wound

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O emblemático vocalista e baterista do Autopsy, Chris Reifert, formou o Violation Wound no ano passado com intuito de fazer um som puramente Punk Rock, como o próprio disse em uma entrevista à Decibel Magazine. Aqui ele ataca de vocalista e guitarrista e conta ao seu lado com Joe Orterry (baixo) e Matt O’Connell (bateria), ambos do Fog of War.
5000 acessosBon Jovi: Jon está usando playback em shows ao vivo?5000 acessosFuturologia: como estariam Cobain, Hendrix, Joplin e Morrisson?

Como as influências do Metal extremo, de onde Chris vem, são inevitáveis, a sonoridade do trabalho tem um ‘quê’ disso e a música apresentada mescla algo de Ramones com o próprio Autopsy, porém com mais algumas coisas como uma pegada Rock ‘n’ Roll em algumas composições.

A produção é tosca (até demais), o instrumental simples e direto, o que coloca o trabalho como algo totalmente descompromissado, ou seja, pura diversão. São 18 composições sujas, agressivas, com bases simples, cozinha direta e com vocais raivosos.

Don´t Believe It, que abre o disco já impregna direto na mente, sendo que Seeing Scars, Glue Trap e In My Veins também merecem menção, principalmente essa última com uma ótima levada. A inclusão de gaitas em algumas faixas caiu como uma luva. Um trabalho bacana, mas que merecia uma produção um pouquinho melhor.

https://www.facebook.com/Violationwound
https://soundcloud.com/violation-wound

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Autopsy"

CarnificinaCarnificina
Revista elege as letras mais repulsivas do Heavy Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Violation Wound"0 acessosTodas as matérias sobre "Autopsy"

Bon JoviBon Jovi
Jon está usando playback em shows ao vivo?

FuturologiaFuturologia
Como estariam Cobain, Hendrix, Joplin e Morrisson?

Sid ViciousSid Vicious
Baixista é eleito o rockstar mais controverso

5000 acessosBlack Sabbath: em 1981, revista massacrava álbum Mob Rules5000 acessosGuns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda5000 acessosScorpions: baterista afirma ter saído por odiar as músicas5000 acessosMetallica: tudo sobre a icônica capa de ...And Justice For All5000 acessosGaleria - Tatuagens em homenagem a Pantera e Dimebag Darrell3620 acessosFutebol: designer cria camisas inspiradas em clássicos do Rock

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online